A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
36 pág.
eletroterapia

Pré-visualização | Página 11 de 11

da condução nervosa. As fibras A delta são as mais suscetíveis ao frio, pois são pequenas e pouco mielinizadas e conduzem dor e temperatura.
Sistema motor -> a força muscular é diminuída pelo resfriamento do membro dentro da agua a 10-15ºC, provavelmente devido ao seu efeito na viscosidade e taxa metabólica, mas há evidencias que a força aumenta acima do valor original cerca de uma hora ou mais após o resfriamento cessado. 
Efeitos terapêuticos:
Durante a crioterapia, dependendo da modalidade usada e da área a ser tratada, os primeiros dois minutos provocarão sensação de queimação e dor, isso pode manter-se até aproximadamente 5 minutos numa intensidade cada vez menor. Após essa fase, começará a ter acomodação da dor e surgirá a analgesia ou uma sensação de anestesia.
Dosimetria:
Entre 10 a 20 min é o período mínimo necessário para ocorrer o resfriamento e proporcionar efeitos terapêuticos.  Deixar passar esse tempo, ou seja, mais que 20, 25 minutos levará há efeitos prejudiciais no tecido, como queimaduras ou dores exacerbadas.
Contraindicações:
Ferida aberta;
Pós-cirúrgico imediato;
Infecções;
Má circulação sanguínea;
Doença imunológica;
Hipotireoidismo;
Psoríase;
Doença cardíaca;
Tratamento para o câncer;
Alergia ao frio.
Indicações: 
Inflamação aguda, 
dor aguda ou crônica, 
edema e dor, em conjunto com a cinesioterapia, 
queimaduras de primeiro grau, pequenas e superficiais, 
espasmo muscular agudo ou crônico, 
restauração da amplitude de movimento.