A criminologia é uma ciência empírica que se ocupa do crime  resumos para fichamento
2 pág.

A criminologia é uma ciência empírica que se ocupa do crime resumos para fichamento

Pré-visualização1 página
A criminologia é uma ciência empírica que se ocupa do crime, do delinqüente, da vítima e do controle social do delitos. Baseia-se na observação, nos fatos e na prática, mais que emopiniões e argumentos, é interdisciplinar e, por sua vez, formada por outra série de ciências e disciplinas, tais como a biologia, a psicopatologia, a sociologia, política, etc.
Quando nasceu, acriminologia tratava de explicar a origem da delinqüência, utilizando o método das ciências, o esquema causal e explicativo, ou seja, buscava a causa do efeito produzido. Pensou-se que erradicando a causase eliminaria o efeito, como se fosse suficiente fechar as maternidades para o controle da natalidade.
Academicamente a Criminologia começa com a publicação da obra de Cesare Lombroso chamad"L'Uomo Delinquente", em 1876. Sua tese principal era a do delinqüente nato.
Já existiram várias tendências causais na criminologia. Baseado em Rousseau, a criminologia deveria procurar a causa dodelito na sociedade, baseado em Lombroso, para erradicar o delito deveríamos encontrar a eventual causa no próprio delinqüente e não no meio. Um extremo que procura as causas de toda criminalidade nasociedade e o outro, organicista, investigava o arquétipo do criminoso nato (um delinqüente com determinados traços morfológicos)... (Veja Rousseau, Personalidade Criminosa)
Isoladamente, tanto astendências sociológicas, quanto as orgânicas fracassaram. Hoje em dia fala-se no elemento bio-psico-social. Volta a tomar força os estudos de endocrinologia, que associam a agressividade do delinqüente àtestosterona (hormônio masculino), os estudos de genética ao tentar identificar no genoma humano um possível "gene da criminalidade", juntamente com os transtornos da violência urbana, de guerra, dafome, etc.
De qualquer forma, a criminologia transita pelas teorias que buscam analisar o crime, a criminalidade, o criminoso e a vítima. Passa pela sociologia, pela psicopatologia, 
 Texto 2
Cabe definir como ciênciaempírica e interdisciplinar, que se ocupa do estudo do
Crime, da pessoa do infrator, da vítima e do controle do comportamento delitivo, e 
Que trata de subministrar umainfração valida, contrastada, sobre a gênese, dinâmi-
ca e variáveis principais do crime contemplando este como problema individual e 
Com problema social.Sendo que ele tem esse modo empírico pelo anseio da observação dos fatos ocorridos, na qual se veem observar esses fatos presentes nessa pesquisa na cidade deItabaiana, caracterizando desse modo um levantamento de criminalidade da cidade, bem como tentar solucionar essa questão que é muito abrangente sempre se focando a criminalidade esse autor traz trechos bemespecíficos para essa pesquisa, como um levantamento breve para fundamentações.
A criminologia estuda o crime bem como tudo o que a envolva, bem como o comportamento de quem cometeu essa infração.Passando assim para a sociedade um equilíbrio entre essa criminalidade destacando-se desse modo o controle entre esses crimes cometidos entre os delinquentes que as cometeu.
Seguindo a lógica bem como oseu conceito, trazendo à tona o empirismo, vale ressaltar também o método interdisciplinar, focalizando também seus principais objetivos que são; de lito, delinquente, vítima e o controle social,sendo que visam pesquisar cada um deles mais profundamente, como é válido ressaltar a segurança pública da cidade de Itabaiana que por muitos delitos ocorridos a cidade deixa de ter certo controle,havendo um desajustando desse modo a sociedade como um todo.
Pois o exposto trabalho tem como finalidade principal levantar apontamentos sobre o controle da criminalidade em Itabaiana, tentando...
LER DOCUMENTO COMPLETO