A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
311 pág.
Exercícios UNO História

Pré-visualização | Página 21 de 50

com títulos religiosos.
d) Do ponto de vista militar, as Cruzadas obtiveram êxito total contra os mouros, expul-
sando-os da Europa e da Terra Santa.
55. Unifor-CE Assim como as Cruzadas dinamizaram o renascimento das atividades co-
merciais na Europa, a Expansão Marítima provocou uma verdadeira Revolução Comer-
cial, na medida em que a atividade mercantil passou a ser exercida em escala mundial.
Em meio a esse processo, estruturava-se uma nova ordem socioeconômica, que alguns
estudiosos denominam:
a) feudalismo
b) capitalismo industrial
c) capitalismo comercial
d) capitalismo financeiro
e) socialismo
HISTÓRIA – A alta e a baixa idade média
IM
PR
IM
IR
Voltar
GA
BA
RI
TO
Avançar
18
56. U.E. Ponta Grossa-PR
“A partir do século XI, a classe artesã e a classe dos mercadores, que se haviam tornado mais
numerosos e muito mais indispensáveis à vida de todos, afirmaram-se cada vez mais vigorosamen-
te no contexto urbano, em especial a classe dos mercadores, pois a economia medieval, a partir da
grande renovação desses anos decisivos, foi sempre dominada, não pelo produtor, mas pelo co-
merciante.”
BLOCH, Marc. A Sociedade Feudal.
Sobre o período histórico a que se refere este texto, assinale o que for correto.
(01) Conhecido como Renascimento Comercial, apresentou um revigoramento geral da
atividade mercantil, que se alastrou por toda a Europa Ocidental, repercutindo em
todos os níveis da sociedade feudal.
(02) A relativa estabilidade e segurança interna proporcionada pelo fim das invasões
escandinavas, húngaras e eslavas, bem como a retomada dos empreendimentos agrí-
colas, o crescimento demográfico e a melhoria nas condições climáticas foram
elementos integrantes desta nova conjuntura.
(04) O surto de desenvolvimento urbano, comercial e demográfico iniciado no século
XI atingiu seu apogeu nos séculos XIV e XV, preparando, assim, o advento dos
tempos modernos.
(08) Através do movimento comunal, processo de resistência que atingiu as cidades
européias, estendendo-se do século XI ao século XIII, as cidades tornaram-se inde-
pendentes da tutela da aristocracia feudal, e suas conquistas foram garantidas atra-
vés das cartas de franquia ou forais.
(16) Embora as cidades que surgiram a partir do século XI tivessem origens diversas,
todas elas cresceram em função do comércio.
57. UFCE Considere o texto:
“Aquilo que dominava a mentalidade e a sensibilidade dos homens da Idade Média, aquilo que
determinava o essencial das suas atitudes, era o seu sentimento de insegurança.”
LE GOFF, Jacques. A Civilização do Ocidente
Medieval. v. II. Lisboa: Estampa, 1984, p. 87.
A partir do texto acima, podemos dizer, corretamente que:
a) a insegurança dos homens da Idade Média era uma decorrência das invasões dos Bár-
baros no Império Romano do Ocidente;
b) a insegurança do homem medieval se explica pelo estatuto do servo, que estava preso
à terra e por isso não podia se deslocar para cuidar do seu gado;
c) a mentalidade e a sensibilidade do homem da Idade Média podem ser explicadas pelo
forte sentimento de individualidade;
d) o homem medieval tinha como resposta para a sua insegurança material e moral, con-
forme a Igreja, o apoio na solidariedade do grupo a que pertencia;
e) a insegurança do homem medieval restringia-se ao aspecto material, pois a salvação
da alma estava assegurada pela conduta correta e pelas boas obras.
58. Unifor-CE Nos últimos anos do século XI tiveram início as Cruzadas, expedições de
cunho religioso-militar organizadas como uma contra ofensiva cristã em relação ao cer-
co muçulmano. É correto afirmar que, ao mesmo tempo, essas expedições:
a) responderam pela ruralização da Europa Ocidental e deixaram como principal conse-
qüência o esfacelamento do sistema feudal;
b) promoveram a reunificação da Igreja romana do Ocidente e do Oriente e contribuíram
para o fortalecimento do poder papal;
c) foram um meio utilizado pela Igreja para reconstruir o Antigo Império Romano e
transformar o Mediterrâneo num mare nostrum cristão.
d) conquistaram as rotas comerciais terrestres das cidades italianas e impediram a difu-
são das crenças religiosas islâmicas no Mediterrâneo;
e) foram uma forma de aliviar as pressões demográficas sobre o sistema feudal e trouxe-
ram como principal conseqüência a reabertura do Mediterrâneo ao comércio europeu.
HISTÓRIA – A alta e a baixa idade média
IM
PR
IM
IR
Voltar
GA
BA
RI
TO
Avançar
19
59. UFSC Leia o texto:
“Entre Adão e Deus, no paraíso, não havia mais que uma mulher; ela porém não encontrou um
momento de descanso enquanto não conseguiu lançar seu marido para fora do jardim das delícias
e condenar Cristo ao tormento da cruz.”
VITRY, Jacques. Apud: Mário C. Giordani. História do Mundo Feudal.
Petrópolis: Vozes, Vol. 02, 1983, p. 210.
Analisando o texto de Jacques Vitry, um autor do século XIII e o papel da mulher nas
sociedades da Antigüidade, na Idade Média e na Idade Moderna, assinale a(s)
proposição(ões) verdadeira(s).
01. Na maioria das sociedades da Antigüidade, com exceção da egípcia (onde algumas
mulheres tiveram papel de relevo), a mulher tinha pouca importância, sendo consi-
derada, freqüentemente, uma propriedade.
02. Como podemos perceber no texto, o preconceito contra as mulheres foi reforçado na
Idade Média.
04. A mulher teve, nas sociedades clássicas, papel de extrema importância, uma vez que
o núcleo básico da sociedade era a família do tipo matriarcal.
08. A visão preconceituosa do autor, em relação à mulher, é tão grande que atribui a ela
a expulsão do homem do paraíso e, até mesmo, a condenação de cristo à morte na
cruz.
16. Em alguns momentos da História da Europa a mulher foi identificada como encarna-
ção do mal. Muitas delas foram perseguidas, condenadas por heresias e bruxaria.
32. Com o advento da imprensa, o desenvolvimento urbano e a disseminação das idéias
liberais, as mulheres, gradativamente, passaram a ter condições iguais às dos ho-
mens. Já no início da Idade Moderna, na Inglaterra e na França, conseguiram o direi-
to ao voto e o de serem eleitas para a Câmara dos Comuns (Inglaterra) e para a
Convenção Nacional (França).
Dê, como resposta, a soma das alternativas corretas.
60. UFPE Durante a Idade Média (476 – 1353), a Europa Ocidental passou por diversas
invasões, organizou cruzadas e teve no feudalismo a base da organização social. Assinale
a alternativa correta:
a) A servidão, sistema de produção feudal, constituía-se no trabalho dos servos e senho-
res feudais e na apropriação do excedente econômico pelos servos, este último produ-
zido no sistema conhecido como corvéia.
b) As cruzadas ocorridas durante a primeira fase da Idade Média produziram efeitos
negativos para o comércio da Europa com o Oriente, transformando o poderoso co-
mércio das cidades italianas da alta Idade Média em esporádicas atividades comerciais
locais.
c) As cidades italianas Gênova e Pisa se destacaram na luta contra os muçulmanos e na
reconquista do comércio no mar Mediterrâneo.
d) Bruges, Lubek e Novgorov foram importantes cidades produtoras de tecidos de lã
abastecedoras das cidades italianas
e) O Renascimento comercial na Baixa Idade Média atingiu fortemente os centros urba-
nos, reforçando a relação de servidão e o poder senhorial feudal.
61. U. Salvador-BA Na Baixa Idade Média, o renascimento do comércio possibilitou:
a) a formação de associações corporativas, denominadas confrarias, que defendiam os
interesses dos mercadores;
b) a instituição, pela burguesia nascente, de governos próprios sob a proteção dos senho-
res feudais;
c) o retorno das transações financeiras com o reaparecimento da moeda;
d) o fortalecimento da nobreza feudal a partir da cobrança de impostos sobre as ativida-
des comerciais;
e) a cobrança de juros, nos empréstimos financeiros, com o apoio da Igreja.
HISTÓRIA – A alta