OLAVO DE CARVALHO-  Exercícios e Indicações Praticas do COF
344 pág.

OLAVO DE CARVALHO- Exercícios e Indicações Praticas do COF


DisciplinaFilosofia63.056 materiais1.937.869 seguidores
Pré-visualização50 páginas
Curso Online de Filosofia 
OLAVO DE CARVALHO 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Exercícios e Indicações 
Práticas 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
Mário Chainho e Juliana Camargo Rodrigues 
 
 
 
 
 
Curso Online de Filosofia \u2013 Exercícios e Indicações Práticas 2 
 
ÍNDICE 
 
 
 
INTRODUÇÃO 
 
 
4 
 
1. DISCURSO INTERIOR E DISCURSO EXTERIOR 
 
11 
1.1 Método da Confissão 12 
1.2 Rastrear a História das Próprias Ideias 25 
1.3 Encontrar a Própria Voz 30 
1.4 Voto de Pobreza em Matéria de Opinião 35 
 
2. POSICIONAMENTO EXISTENCIAL E MORAL 
 
46 
2.1 Exercício do Necrológio 47 
2.2 Exercício do Testemunho 54 
2.3 Exercício das 12 Camadas da Personalidade 57 
2.4 Vocação e Leitura do Livro A Vida Intelectual 64 
2.5 Exercício da Aceitação Total da Realidade 66 
2.6 Superação 67 
2.7 Moral e Religião 73 
2.8 Consciência de Imortalidade 103 
 
3. LINGUAGEM 
 
127 
3.1 Gramática Latina 128 
3.2 Imitação dos Grandes Escritores de Língua Portuguesa 129 
3.3 Aperfeiçoamento dos Meios de Expressão 133 
3.4 Aprendizagem de Línguas Estrangeiras 135 
 
4. EDUCAÇÃO DO IMAGINÁRIO 
 
137 
4.1 Aquisição de Cultura Literária 138 
4.2 Convívio com as Mais Elevadas Realizações Artísticas 165 
4.3 Leitura de Livros de História 169 
4.4 Desenvolvimento do Imaginário 177 
Curso Online de Filosofia \u2013 Exercícios e Indicações Práticas 3 
 
 
 
5. APROXIMAÇÃO AO CONHECIMENTO 
 
182 
5.1 Aulas - Sentido e Abordagem 183 
5.2 Exercício de Leitura Lenta 186 
5.3 Exercício da Densidade do Real 191 
5.4 Repertório de Ignorância e Status Quaestionis 194 
5.5 Exercício da Biblioteca Imaginária 203 
5.6 Exercício Descritivo 205 
5.7 Exercício de Rastrear a Origem dos Objectos de um Lugar 208 
5.8 Leitura de Textos de Filosofia 210 
5.9 Aprendizagem com a Realidade e Lições de Aristóteles 225 
5.10 Exercício de Classificação 247 
5.11 Memória e Notas 250 
 
6. POSICIONAMENTO HISTÓRICO E FILOSÓFICO 
 
254 
6.1 Enquadramento Histórico, Sociocultural e Psicológico 255 
6.2 Enquadramento Filosófico 277 
 
7. EDUCAÇÃO ATRAVÉS DO CORPO 
 
315 
7.1 Método de Relaxamento 316 
7.2 Disciplina Corporal 318 
7.3 Alimentação 321 
 
8. TRABALHO E RELAÇÕES PESSOAIS 
 
322 
8.1 Trabalho 323 
8.2 Amizade 329 
8.3 Vida Amorosa e Familiar 332 
 
Curso Online de Filosofia \u2013 Exercícios e Indicações Práticas 4 
 
INTRODUÇÃO 
Este é um trabalho de natureza pessoal e de forma alguma deve ser entendido como um 
conjunto de instruções oficiais do Curso Online de Filosofia. Não pretendemos algo de 
original, uma vez que apenas nos limitamos a fazer uma colagem das indicações que têm 
sido dadas pelo professor Olavo nas aulas do curso. Contudo, é a nós, como 
compiladores, que devem ser pedidas responsabilidades quando a exposição se torna 
menos clara e dúbia, ou quando pecamos pelas repetições inconsequentes, pelas lacunas e 
pelos elementos deslocados. A estruturação, classificação e designação dos exercícios e 
das indicações práticas é também largamente da nossa responsabilidade, e mais adiante, 
nesta introdução, trataremos de justificar a estruturação que seguimos com base em 
indicações também dadas pelo professor Olavo. 
O núcleo original em que nos baseamos é constituído dos exercícios que o professor 
Olavo nos deu nas primeiras aulas. Mas o número de indicações práticas que nos têm sido 
dadas é tal que reformulamos o projecto inicial, como base na frase de Goethe: \u201cO 
talento desenvolve-se na solidão; o carácter na agitação do mundo.\u201d Aos exercícios 
viemos juntar um sem número de indicações práticas, que complementam e enquadram 
os exercícios, mas que também fornecem inúmeras pistas para enfrentarmos a agitação do 
mundo. Os principais obstáculos da vida intelectual não são de ordem intelectual mas de 
ordem moral e psicológica. A filosofia é uma coisa perigosa, tanto pelos seus efeitos a 
longo prazo, como para quem a pratica, que pode se meter em confusões sofisticadas das 
quais não conseguirá mais sair. O objectivo do Curso Online de Filosofia é precisamente 
o oposto: fazer um saneamento da vida intelectual brasileira trabalhando a saúde espiritual 
dos alunos, de modo a que estes recuperem o senso de integridade das suas pessoas e se 
consigam orientar na vida, irradiando estas qualidades na sociedade em torno. 
Não é possível cumprir estes objectivos apenas fornecendo um conjunto de técnicas, 
porque o fulcro da vida intelectual tem que ser a sinceridade. As técnicas que devemos 
começar por adquirir não são as do estudo da filosofia mas algumas da vida intelectual em 
geral, visando o aperfeiçoamento da inteligência assim como a integração da consciência. 
Mas isto tem que ser conjugado com uma série de considerações sobre o aspecto 
existencial da vida intelectual, tendo em conta o estado actual da sociedade brasileira e 
mundial. Ou seja, é necessária uma fase de integração social para não ficarmos à mercê da 
sociedade, já que, caso isso aconteça, até poderemos vir a ser pessoas de uma certa cultura 
mas sem a capacidade de assumirmos a responsabilidade pelo conhecimento que 
adquirimos. O processo educativo é uma ascensão de lucidez, um conhecimento e uma 
tomada de posse das nossas dimensões; um adquirir de uma transparência a nós mesmos 
que nos permita ter noção das nossas possibilidades e incapacidades, assim como das 
nossas deficiências. 
Não pretendemos apresentar uma simples lista de exercícios e indicações práticas prontas 
a aplicar, sendo possível, no entanto, fazer uma lista desse género a partir deste material. 
A abordagem que seguimos privilegiou a \u201ccontextualização\u201d, de modo a que cada coisa 
seja apresentada com as suas várias ligações e implicações, para desta forma estimularmos 
nos leitores um estudo das aulas mais integrado. Este esforço de contextualização \u2013 que, 
em si, deixa implícitas uma série de outras indicações práticas \u2013 faz com que este trabalho 
possa ser lido sem recorrer a outras fontes. Contudo, o que aqui apresentamos é um 
Curso Online de Filosofia \u2013 Exercícios e Indicações Práticas 5 
 
material de segunda ordem, que só pode ser bem aproveitado para quem já conhece as 
aulas que nos serviram de matéria-prima \u2013 sendo também um convite para revisitar as 
mesmas e fazer delas uma abordagem mais pessoal e unificada \u2013 e assim sabe o peso das 
palavras, o contexto geral e o desenrolar do curso, caso contrário, a leitura irá coisificar o 
conteúdo, que aparecerá como um manual disciplinar, o que de todo se quer evitar. As 
explicações fornecidas incluem uma parte da teoria mas não podem esgotá-la, uma vez 
que existe uma parte intransmissível e que só se revela na própria prática. As explicações só 
podem ir até determinado ponto daí em diante há um salto que tem que ser dado por nós, 
e para isso temos que experimentar uma vez, duas, as vezes que forem necessárias. Não 
existe uma técnica de estudo que possa ser passada por inteiro, pelo que temos de criar 
uma nossa, e que pode ser totalmente desadequada para outras pessoas. Mas não vamos 
fazer isso a partir do zero; devemos aproveitar um conjunto de saber de experiência feita 
que o professor Olavo nos tem passado e que aqui reunimos. 
*** 
A educação deve seguir a ordem dos quatros discursos, que corresponde também à 
sequência de desenvolvimento da filosofia na Grécia. Aristóteles desenvolveu a lógica em 
cima da dialéctica que ele e Platão criaram. Mas antes disto foram necessários séculos de 
prática retórica, e esta, por sua vez, desenvolveu-se em cima de uma linguagem poética e 
mítica. Dentro deste espírito e de acordo com a Aula 8, a vida intelectual desenvolve-se 
numa série de blocos, que são independentes mas devem ser articulados e trabalhados
Luh
Luh fez um comentário
Me ajude. Como podemos definir com a alegoria da caverna as diferenças entre o dualismo platônico?
0 aprovações
Fred
Fred fez um comentário
Excelente material!
0 aprovações
Nícolas
Nícolas fez um comentário
Bu a buceta da sua mãe
0 aprovações
Bru
Bru fez um comentário
Incluir um ser destes na categoria de filósofo só mostra como estamos condenados.. um ultraje à filosofia.
4 aprovações
Bru
Bru fez um comentário
O cara que nem p astrólogo deu e quer se passar por filósofo... só se for dos idiotas, realmente. enfim.
1 aprovações
Carregar mais