A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
140 pág.
TECNOLOGIA ASSISTIVA

Pré-visualização | Página 1 de 43

1
Presidência da República
Secretaria Especial dos Direitos Humanos
Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Comitê de Ajudas Técnicas 
Tecnologia Assistiva
Brasília
SEDH
2009
2
 
 Comitê de Ajudas Técnicas 
Presidência da República
Luiz Inácio Lula da Silva
Presidente
Secretaria Especial dos Direitos Humanos
Paulo de Tarso Vannuchi
Secretário
Subsecretaria Nacional de Promoção dos
Direitos da Pessoa com Deficiência
Izabel Maria Madeira de Loureiro Maior
Subsecretária
3
Presidência da República
Secretaria Especial dos Direitos Humanos
Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Tecnologia Assistiva
Brasilia
SEDH
2009
4
 
Presidência da República
Secretaria Especial dos Direitos Humanos
Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência
Esplanada dos Ministérios, Bloco T, Anexo II, 2º andar, sala 200
70064-900 – Brasília – DF
Fones : 61 – 2025-3669/2025-3684
E-mail: corde@sedh.gov.br
Homepage: http://www.direitoshumanos.gov.br
Reprodução autorizada, desde que citada a fonte de referência
Distribuição gratuita
Impresso no Brasil / Printed in Brazil
Copyright@2009 by Secretaria Especial dos Direitos Humanos
Tiragem: 4.000 exemplares em tinta e CD-ROM, 50 exemplares em Braille
Revisão ortográfica e normalização bibliográfica Maria Amélia Elisabeth Carneiro Veríssimo – CRB-1/ 303
Referência Bibliográfica:
Brasil. Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Comitê de 
Ajudas Técnicas. Tecnologia Assistiva . – Brasília: CORDE, 2009. 138 p.
Ficha Catalográfica:
 
 Brasil. Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência.
B823 t Comitê de Ajudas Técnicas
 Tecnologia Assistiva. – Brasília : CORDE, 2009. 
 138 p.
1. Deficiência – Ajuda técnica 2. Pessoa deficiente – Ajuda técnica 3. Deficiência – Tecnologia 
assistiva 4. Pessoa deficiente – Tecnologia assistiva 5. Deficiência – Instrumentos para vida 
diária 6. Pessoa deficiente – Instrumentos para vida diária 7. Acessibilidade 8. Inclusão social I. 
Brasil. Subsecretaria Nacional de Promoção dos Direitos da Pessoa com Deficiência. Comitê de 
Ajudas Técnicas
5
SIGLAS E ABREVIATURAS
SIGLAS:
AFO = Ankle Foot Orthoses.
A.P.R.O. = Anterior - Posterior - Rotational - Orthosis.
ARGO = Advanced Reciprocating Gait Orthosis.
FES = Functional Electrical Stimulation. 
IC Socket = Ischial Containment Socket.
KAFO = Knee Ankle Foot Orthoses.
KBM = Kondylen Bettung Münster.
PTB = Patellar Tendon Bearing.
PTS = Protése Tibiale Supracondilien.
SACH = Solid Ankle Cushion Heel.
SCAT-CAM = Skeletal Contoured Adducter Trochanteric - Controlled Alignment Method. 
S.O.M.I. = Sternal - Occiptal - Mandibular - Immobilizer.
SINONÍMIA
 1. Bengala Canadense = Bengala Lofstrand. 
 2. "Brace" = Colete.
 3. FES = Órtese Elétrica Funcional.
 4. Joelho Monocêntrico = Joelho Mono eixo = Joelho uniaxial.
 5. Joelho Policêntrico = Joelho multiaxial. 
 6. Órtese curta para MI = Tutor curto = AFO.
 7. Órtese longa para MI = Tutor longo = KAFO.
 8. Órtese longa para MMII acoplada em cinta pélvica ou colete, com articulações nos quadris, 
joelhos e tornozelos = HKAO.
 9. Órtese longa para MMII acoplada em cinta pélvica ou colete, com articulações nos quadris e 
joelhos = HIP, KAFO ou HKAFO.
10. Órtese tipo “Knee Brace” = Órtese para estabilização do joelho = KO. 
11. Prótese Endoesquelética = Prótese Modular = Prótese Tubular. 
12. Prótese Funcional Exoenergética = Prótese de Propulsão Artificial = Prótese Mioelétrica 
(em amputação de MMSS).
13. Prótese Funcional Mecânica = Prótese Endoenergética = Prótese ativa = Prótese de 
Propulsão Muscular.
14. Prótese Passiva = Prótese não Funcional = Prótese Cosmética = Prótese Estética.
15. Soquete = Encaixe = Receptáculo do coto de amputação.
16. "Splint" = tala (mais direcionadas para MMSS - dedos, mão, punho, antebraço...)
6
 
ÓRTESES
CLASSIFICAÇÃO DAS ÓRTESES
ÓRTESES PARA A COLUNA VERTEBRAL:
1. HCO - Head Cervical Orthoses - contato com a cabeça e região cervical. 
2. CO - Cervical Orthoses - contato com a região cervical. 
3. HCTO - Head Cervical Thoracic Orthoses - contato com a cabeça, região cervical e torácica. 
4. CTO - Cervical Thoracic Orthoses - contato com a região cervical e torácica. 
5. CTLO - Cervical Thoracic Lumbar Orthoses - contato com a região cervical, torácica e lombar
6. CTLSO Cervical Thoracic Lumbar Sacral Orthoses - contato com a região cervical, torácica, lombar 
e sacra. 
7. TO - Thoracic Orthoses - contato com a região torácica.
8. TLO - Thoracic Lumbar Orthoses - contato com a região torácica e lombar.
9. TLSO - Thoracic Lumbar Sacral Orthoses - contato com a região torácica, lombar e sacra.
10. LSO - Lumbar Sacral Orthoses - contato com região lombar e sacra.
11. HCTLSO - Head Cervical Thoracic Lumbar Sacral Orthoses - contato com a cabeça, e região cer-
vical, torácica, lombar e sacra.
12. SIO - Sacroiliac Orthoses - contato na região sacra e ilíaca.
ÓRTESES PARA MEMBROS INFERIORES:
1. FO - foot orthosis - Órtese de pé
2. AFO - Ankle foot orthosis - Órtese de tornozelo e pé
3. AO - Ankle orthosis - Órtese de tornozelo
4. KO - Knee orthosis - Órtese de joelho
5. KAFO - Knee Ankle foot orthosis - Órtese de joelho, tornozelo e pé
6. HO - Hip Orthosis - Órtese de quadril
7. HKAFO - Hip Knee Ankle Foot Orthosis - Órtese de quadril, joelho, tornozelo e pé
8. THKAFO - Thunk hip knee ankle foot orthosis - Órtese de tronco, quadril, joelho, tornozelo e pé
ÓRTESES PARA MEMBROS SUPERIORES:
1. HO - Hand orthosis - Órtese de mão
2. WO - Wrist orthosis - Órtese de punho
3. WHO - Wrist Hand Orthosis - Órtese de punho e mão
4. EO - Elbow Orthosis - Órtese de cotovelo
5. EWHO - Elbow Wirst Hand Orthosis - Órtese de cotovelo, punho e mão
6. SO - Shoulder Orthosis - Órtese de ombro
7
Sumário
1. Apresentação ................................................................................................................................ 9
2. Introdução ................................................................................................................................... 11
3. Comissão Temática 1 - Conceituação e estudo de normas
1. Introdução .......................................................................................................................... 13
2. Bases para a formulação conceitual de TA ......................................................................... 13
3. Classificações de TA ............................................................................................................ 16
3.1. ISO 9999 ..................................................................................................................... 17
3.2. Classificação HEART .................................................................................................... 18
3.3. Classificação Nacional de Tecnologia Assistiva, do Instituto Nacional de Pesquisas 
em Deficiências e Reabilitação, dos Programas da Secretaria de Educação Especial 
- do Departamento de Educação dos Estados Unidos ............................................... 23
4. Conceituação e Terminologia ............................................................................................. 25
5. Sistemas de Prestação de Serviços ..................................................................................... 27
6. Mapeamento de Referências Normativas .......................................................................... 29
7. Conclusões .........................................................................................................................