EIXO DE TRANSMISSÃO
2 pág.

EIXO DE TRANSMISSÃO

Disciplina:Prova1232 materiais202 seguidores
Pré-visualização1 página
EIXO DE TRANSMISSÃO

Ao realizar sua função de transmitir os movimentos de rotação e torque, os eixos de transmissão são submetidos a um elevado esforço de torção e, por isso, devem ser fabricados com a precisão correspondente. Para isso, não somente o eixo, mas também a interface eixo-cubo deve ser desenvolvida e usinada com precisão.

TIPOS DE TRANSMISSÃO

Motor e eixo motriz dianteiro: se o motor estiver na frente do carro - e o eixo motriz for o dianteiro este sistema é mais pequeno, em tamanho e consequentemente mais económico.

Motor e eixo motriz traseiro: o modelo é exatamente igual, mas tido o sistema está na traseira do carro. Atualmente, este modelo é utilizado em automóveis com pretensões mais desportivas.

Motor dianteiro e eixo motriz traseiro: por norma este modelo é utilizado nos automóveis de marcas Premium, esta configuração é a imagem de marca da BMW. Com este sistema é inevitável a utilização de um veio de transmissão que atravessa o carro pela zona central, de forma a levar a potência do motor ao eixo motriz.

Motor central e tração traseira: este é modelo é utilizado nos automóveis puramente desportivos, com a intenção de deixar marcas de borracha a cada aceleração. Já que têm uma melhor distribuição de peso.

Eixo Cardan

São utilizados em equipamentos cuja necessidade de transmissão de força se dá entre dois pontos, o Gerador de força e o Receptor.

As suas extremidades contam com articulações denominadas juntas móveis universais, que podem possuir rolamentos, mangas de ligação, grampos ou anéis de pressão e guarda-pós para acompanhar o movimento unilateral dos mesmos

PRÓS E CONTRAS CARDAN
 + Livre de manutenção
 + Sistema limpo
 + Baixo índice de ruído
 + Suavidade do sistema
 + Alta durabilidade
 – Custo de reposição
 – Manutenção complicada (quando necessária)
 – Perda de potência.

https://youtu.be/Tcd7hSu6bNE