A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
64 pág.
Sistema Esquelético

Pré-visualização | Página 1 de 1

Monitoria de Anatomia Humana
Monitor: William Bruno
Sistema Esquelético
Conceito
É o conjunto de estruturas orgânicas que permitem o ser humano locomover-se, movimentar-se e deslocar-se de um local ao outro.
Função
Ele tem função de sustentar o organismo e proteger os órgão internos como o Encéfalo(Crânio) e órgãos da caixa torácica(costela), além de produzir células sanguíneas e armazenar íons.
Esqueleto axial: é formado pela caixa craniana, coluna vertebral, caixa torácica(costelas, cartilagens costais e externo), sacro e cóccix;
O Esqueleto Humano
Esqueleto Axial - Crânio
Esqueleto Axial - Crânio
Esqueleto Axial - Crânio
Vômer
Zigomático
Parietal
Maxilar
Esfenoide
Esqueleto Axial - Crânio
Esqueleto Axial - Crânio
Esqueleto Axial – Coluna Vertebral
Esqueleto Axial – Vértebras e Discos
Esqueleto Axial – Costelas, cartilagens costais e externo
Esqueleto Axial – Sacro e Cóccix
Esqueleto apendicular: compreende-se em membros(Superiores e Inferiores), cintura escapular( escápula e clavícula) e cintura pélvica(Formada pelos osso da bacia);
Esqueleto apendicular – Membros (Superior)
Esqueleto apendicular – Membros (Inferior)
Esqueleto apendicular – Cintura Escapular
Esqueleto apendicular – Cintura Pélvica
Classificação dos Ossos
Ossos Longos: Tem o comprimento maior que a largura.
Classificação dos Ossos
Ossos Curtos: São parecidos com um cubo, tendo seus comprimentos praticamente iguais.
Classificação dos Ossos
Ossos Laminares(ou planos): Aqueles que apresentam largura e comprimento equivalentes, predominando sobre a espessura.
Classificação dos Ossos
Ossos irregulares: Apresentam formas complexas e não podem ser agrupados em nenhuma das categorias.
Classificação dos Ossos
Ossos pneumáticos: São osso ocos, com cavidades cheias de ar e revestidas por mucosa.
Classificação dos Ossos
Ossos sesamóides: São ossos que se desenvolvem em certos tendões ou cápsulas fibrosas.
Tipos de Substancias Ósseas
Compacta
Esponjosa
Revestimento Ósseo 
Periósteo: Camada de tecido conjuntivo que reveste toda a superfície dos ossos. Menos nas áreas onde apresentam articulação. 
Revestimento Ósseo 
Endósteo: camada de tecido conectivo vascular que reveste a cavidade medular do osso.
Articulações
HIPERLORDOSE
Escoliose
Sistema Articular (Junturas)
Conceito
As junturas ou articulações são estruturas que unem os ossos uns aos outros.
Função
As Junturas se intercalam entre os ossos e conferem estabilidade e movimento ao corpo. São formadas por vários tipos de tecidos.
Classificação
Há três grupos:
 Fibrosas: São articulações a base de tecido conjuntivo fibroso.
Tipos de Articulações Fibrosas
Sindesmoses: São tecidos conectivos que podem formar ligamentos interósseo ou membrana interóssea.
Tipos de Articulações Fibrosas
Suturas: Possuem menos tecidos conectivos que as sindesmoses e são encontradas principalmente nos ossos do crânio.
Tipos de Articulações Fibrosas
Esquindilese
Classificação
Cartilaginosas: São articulações a base de tecido conjuntivo cartilaginoso.
Tipos de Articulações Cartilaginosas
Sincondroses: Compostas por cartilagem Hialina.
Tipos de Articulações Cartilaginosas
Sínfises: Fina camada de cartilagem hialina que se articulam pela interposição de uma fibrocartilagem.
Classificação
Sinoviais: São Articulações que permitem movimentos maiores e com mais mobilidade.
Classificação
Capsula Articular: Meio de união em articulações sinoviais
Cavidade Articular: Fenda onde se encontra a sinóvia( liquido sinovial)
Capsula Articular
É uma membrana conectiva e apresentam duas camadas: membrana fibrosa(externa) e a membrana sinovial (interna), A 1ª é mais reforçada, em alguns pontos, por feixes, também fibrosos que constituem os ligamentos capsulares.
Capsula Articular
Há na capsula também, ligamentos extra e intra-articulares:
Principais movimentos realizados pelos segmentos do corpo
Movimentos de deslizamento: Ocorre em articulações sinoviais, quando as superfícies que entram em contato são planas.
Principais movimentos realizados pelos segmentos do corpo
Movimentos angulares: Esses movimentos permitem aumento e diminuição do ângulo existente:
Flexão: Diminuição do ângulo
Extensão: Aumento do angulo
Movimentos no Plano Sagital
FLEXÃO
EXTENSÃO
HIPEREXTENSÃO
Movimentos no Plano Sagital
TORNOZELO
DORSIFLEXÃO.
FLEXÃO PLANTAR
Movimentos no Plano Frontal
DESVIO ULNAR
DESVIO RADIAL
Principais movimentos realizados pelos segmentos do corpo
Movimentos de Rotação: é o movimento em que o seguimento gira em torno do eixo.
Rotação medial: quando a face anterior do membro gira para o plano mediano.
Rotação Lateral: quando a face posterior do membro gira para o plano lateral.
Movimentos no Plano Frontal
ADUÇÃO
Movimentos no Plano Frontal
ABDUÇÃO
Movimentos no Plano Frontal
INVERSÃO 
EVERSÃO
Movimentos no Plano Frontal
FLEXÃO LATERAL
EXTENÇÃO LATERAL
Principais movimentos realizados pelos segmentos do corpo
Movimento de Circundução: Envolve vários movimentos do corpo, e resulta na formação de um cone, cujo vértice(ponto de referencia) é representado pela articulação que se movimenta.
Classificação Funcional das articulações Sinoviais
Monoaxial: Quando a articulação se movimenta em volta de apenas um eixo(um grau de liberdade);
Biaxial: Quando a articulação se movimenta em dois eixos(dois graus de liberdade);
Triaxial: Quando a articulação se movimenta em três eixos(três graus de liberdade);
Classificação Morfológicas das articulações Sinoviais
Plana: São superfícies articulares planas ou levemente curvas que permitem um deslizamento em qualquer direção.
Classificação Morfológicas das articulações Sinoviais
Gínglimo: Articulação também denominada “em dobradiça”(significado de gínglimo) , e os nomes se referem mais aos movimentos que elas realizam do que com sua forma. 
Classificação Morfológicas das articulações Sinoviais
Elipsódea: Neste tipo as superfícies articulares possuem curvaturas desiguais, permitindo movimentos de flexão e extensão, adução e abdução.
Classificação Morfológicas das articulações Sinoviais
Selar: A superfície óssea desta articulação possui forma de sela, apesentando concavidade num sentido e a convexidade no outro, e se encaixa numa outra superfície com concavidade e convexidade oposta.
Classificação Morfológicas das articulações Sinoviais
Esferóide: Apresentam superfícies articulares em que seu segmento tem forma de esfera e se encaixam em receptáculos ocos.
Articulações sinoviais Simples, Composta e Complexa.
Simples: Quando apenas dois ossos entra em contato com a articulação.
Composta: Quando três ou mais ossos entram em contato com a articulação.
Complexa: Quando a cavidade articular esta parcialmente ou completamente dividida por meniscos ou por discos.
Valeu!✌

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.