A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Avaliação On Line 3 (AOL 3)   Questionário

Pré-visualização|Página 1 de 5

Pe rg unt a 1 1 em 1 po ntos
As co nd uta s mor a is s ão re gra s de co nvivê nc ia so c ia l e esta s pode m e sta r
assoc iada s a um gr upo, a um a mb ie nte, a uma soc iedade, e nfim são for ma s de
agir para e vit ar a ind isc ip lina, o ma l co mpo rta me nto, os d es vios de co nd utas.
Tais co n d u t as ob e d ec em a t rê s p rin p io s , q u ais s ã o ?
Resp ost a Se lecio na da :
d.
A uto obr igação, universa lidade, inco nd ic io na lidade.
Resp ost as :
a.
Desobr igação, universa lidade, co nd ic io na lid ade.
b.
A uto obr igação, universa lidade, co nd ic io na lidade.
c.
A uto obr igação, r e gio na lidade, co nd ic io na lidad e.
d.
A uto obr igação, universa lidade, inco nd ic io na lidade.
e.
Desobr igação, universa lidade, inco nd ic io na lidade.
Pe rg unt a 2 1 em 1 po ntos
É o es t udo dos juízos de ap rec i ão q ue se re fere m à co nd ut a huma na
sus ceptíve l de q ua li ficação do po nto de vista do be m e do ma l, se ja
re lat iva me nte à de ter minada soc iedade, seja de modo abso luto ”.
Est e co nce ito da pro fessor a Fer na nda C intra La ur ia no S ilvadesc re ve o q uê?
Resp ost a Se lecio na da :
e.
Ét ica
Resp ost as :
a.
Filoso fia
b.
Consc nc ia mora l
c.
Mora lidade
d.
Mora l
e.
Ét ica
Pe rg unt a 3 1 em 1 po ntos
A do utr ina mode r na se co nso lid o u no séc ulo X VI e ter mino u no X IX, te ve Ka nt
co mo filóso fo ma is mar ca nte de vido pr inc ipa lme nte à s ua te n nc ia
antropocê ntr ic a, em q ue o ho me m apa rece no ce ntro da po t ica, da c nc ia, da
arte e da mora l.
Sendo ca racte r izada po r q uatro aspec tos, q ua is são?

Resp ost a Se lecio na da :
b.
Muda nç as eco nô micas, Soc ia is, Esta ta is e Re lig iosas.
Resp ost as :
a.
Muda nç as eco nô micas, Soc ia is, Re gio na is e R e ligiosas.
b.
Muda nç as eco nô micas, Soc ia is, Esta ta is e Re lig iosas.
c.
Muda nç as c limá t ica s, Soc ia is, Esta ta is e Re ligiosa s.
d.
Muda nç as eco nô micas, Ps ico ló gicas, Es tat a is e Re ligio sas.
e.
Muda nç as c limá t ica s, Soc ia is, Esta ta is e Peda gó gicas.
Pe rg unt a 4 1 em 1 po ntos
Os go ver na ntes de um pa ís d e ve m se guir le is e co nd uta s q ue est eja m
represe nta ndo os intere sses do gr upo soc ia l e as opo rt unidades histó r icas
dispo níve is para rea lizá- los e de ter mina r, co m bas e na le i os d ire itos e de ve res
de cada um em soc iedad e.
A respo ns ab ilidade dos go ve r na nte s é d ivid ida em t rês es feras, q ua is s ão?
Resp ost a Se lecio na da :
Resp ost as :
Pe rg unt a 5 1 em 1 po ntos
Foi fundada por K ar l Mar x, c r it ica va as mo ra is do p assado e e vide nc ia as base s
teór ic as e prá t ica s de uma no va mora l. O autor e nfat iza va q ue o ho me é um s er
produtor, tra ns for mado r, cr iador, soc ia l e his tór ico q ue me rece dese nvo lver s uas
fo as prod ut iva s e das r e laçõe s de prod ução, e nfatiza ndo as muda nças da ba se
econô mica, q ue tra r ia co nseq uê nc ia s co m muda nças na mora l.
A q ua l do utr ina fi losó fica co nt e mporâ nea se re fere o te xto a c ima?
Resp ost a Se lecio na da :
b.
Mar xis mo
Resp ost as :
a.
Exis te nc ia lis mo

b.
Mar xis mo
c.
Ps ica ná lise
d.
N eoposit ivis mo
e.
Pragmatis mo
Pe rg unt a 6 1 em 1 po ntos
Para ser uma pessoa é t ic a s ignific a tor nar me lhor o a mb ie nte em q ue vive em
um loca l sa u ve l, o c idadão de ve se guir tr ês e ixo s pr inc ipa is, q ua is são?
1. Ser um a mb ie nte ma ter ia lme nte s uste ntá ve l;
2. Ser um loca l a gitado e co m muita s pessoa s c irc ula ndo ;
3. Ser um loca l ps ico lo gica me nte inte grado;
4. Ser um a mb ie nte q ue não se gue as le is ;
5. Ser um esp aço esp ir it ua lme nte fec undo.
Resp ost a Se lecio na da :
a.
1,3,5
Resp ost as :
a.
1,3,5
b.
1,3,4
c.
2,4,5
d.
1,2,3
e.
3,4,5
Pe rg unt a 7 1 em 1 po ntos
S iste matizo u as ide ias sobre Ét ica a fir ma ndo q ue as p reoc upações é t ic as
devia m ter co mo ce nt ro a b usca da fe lic idade. Pa ra c he gar a essa co nc lusão e le
est uda va as noçõ es de pra zer, sabedo r ia p t ica e virt ude e se mpr e se
ques t io na va : o nde es tá o Be m? E as s im descre via q ue os ho me ns de ve r ia m
procurar d ura nte e sta vida a co nte mp la ção das id e ias do Be m, ass im co mo “o
astrô no mo co nte mp la os astros ”.
Q ua l filó so fo d isc ut ia a fe lic idade da desc r ição ac ima?
Resp ost a Se lecio na da :
c.
Ar istóte les
Resp ost as :
a.
Sócrates