Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Unicesumar - Ensino a Distância exercicio 2

Pré-visualização | Página 1 de 2

ATIVIDADE 2 - SSOC - SERVIÇO SOCIAL E FORMAÇÃO PROFISSIONAL - 2018C1
Período:14/09/2018 22:30 a 21/09/2018 23:59 (Horário de Brasília)
Status:ABERTO
Nota máxima:0,50
Gabarito:Gabarito será liberado no dia 23/09/2018 00:00 (Horário de Brasília)
Nota obtida:
1ª QUESTÃO
Buscando compreender e decifrar a intervenção do Serviço Social nas múltiplas expressões da questão
social, Iamamoto (1999, p. 115) “salienta que, as múltiplas expressões da questão social é o objeto sobre o
qual incide o trabalho profissional”.
  
CUNHA, M. C. A. B.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional. Maringá: Unicesumar,
2016.
 
 Com base na reflexão da autora, assinale a alternativa que apresente o fator determinante da questão
social.
ALTERNATIVAS
É a ampliação do desemprego e a ampliação da precariedade das relações de trabalho desencadeado pelo processo de globalização
e pela falta de uma política protetora do emprego e da indústria nacional.
É um fenômeno social que surgiu a partir do processo imigratório na década de 30, que provocou a divisão de classes sociais sem
precedentes, através do mercado flexível.
As contradições da sociedade capitalista não determinam as manifestações sociais.
As relações internacionais para a globalização aumentaram na Revolução Industrial.
As relações internacionais pelas fusões e parcerias de agentes econômicos. 
2ª QUESTÃO
A formulação de um pensamento crítico no serviço social, vinculado à luta de classes, faz parte da
perspectiva constitutiva do processo de renovação profissional, conhecida como intenção de ruptura,
buscando romper com seus parametros teóricos, metodológicos, técnicos e políticos.
 
 CUNHA, M. C. A.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional. Maringá: Unicesumar, 2016.
 
O projeto ético politico do Serviço Social, que buscar romper com a herança conservadora da profissão,
seus fundamentos históricos e teóricos-metodológicos são hauridos:
 
 
 
 
ALTERNATIVAS
Do positivismo.
Do neotomismo.
Da igreja católica.
Da tradição marxista.
Da enciclica rerum novarum.
3ª QUESTÃO
 Na História do Serviço Social a atitude investigativa está presente desde muito cedo. Entretanto, um maior
impulso no que diz respeito à sistematicidade da pesquisa e à produção de conhecimento adveio somente
a partir dos anos 1980/1990, com a expansão da pós-graduação na profissão, provocando a maturidade
profissional do Serviço Social. 
  
CUNHA, M. C. A. B.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional. Maringá: Unicesumar,
2016.
 
 O processo de produção de conhecimentos, no Serviço Social, possui um grande potencial de
  
ALTERNATIVAS
testar metodologias interventivas de políticas sociais.
desenvolver práticas pautadas na fenomenologia.
experimentar novas técnicas específicas.
produzir teorias de Serviço Social.
intervir na realidade analisada.
4ª QUESTÃO
O Programa Nacional de Capacitação Técnica, o PRONATEC é um programa de governo que prevê de forma
estratégica a reinserção no mercado de trabalho dos beneficiários do Bolsa Família.
  
CUNHA, M. C. A. B.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional. Maringá: Unicesumar,
2016.
 
 A intervenção do assistente social através dos programas de governo federal, estadual e municipal, aos
demandatários da Política de Assistência Social consiste em: 
ALTERNATIVAS
Orientar os beneficiários do bolsa família para inclusão no cadastro nacional de benefício eventual.
Identificar os usuários do bolsa família para fins de dados censitários conforme previsto no Código de Ética profissional.
Cadastrar os cidadãos desempregados em situação de vulnerabilidade social para tutelar indivíduos e famílias.
Orientar os indivíduos e famílias ao acesso às políticas públicas para sua efetiva emancipação.
Identificar os usuários do BPC para fins de tutela previsto no Código de Ética profissional.
5ª QUESTÃO
A institucionalização da profissão remeteu, de forma gradativa, à formação acadêmica, construindo, ao
longo dos tempos, embasamento teórico-cientifico, pelas leis que regulamentam a profissão.
  
 CUNHA, M. C. A.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional. Maringá: Unicesumar, 2016.
 
Considerando a história do Serviço Social, assinale a afirmativa adequada:
ALTERNATIVAS
O surgimento do Serviço Social não foi marcado como uma criação tipica do capitalismo.
O Serviço Social é uma profissão que nasceu de forma articulada com o projeto hegemônico da classe trabalhadora.
O Serviço Social se constituiu como uma importante estratégia de controle social.
O Serviço Social surge como uma estratégia da burguesia de luta contra a consolidação do sistema capitalista.
Nos primórdios da formação da profissão, o Serviço Social era visto como uma prática humanitária sancionada pela igreja e rebatida
pelo Estado.
6ª QUESTÃO
A IV Conferência Nacional de Assistência (2004) tem um significado histórico para o Serviço Social por
representar uma grande vitória para os assistentes sociais face ao cumprimento das deliberações
aprovadas pelo Conselho Nacional de Assistência Social, pelo o seu significado e importância. Esse
episódio está se referindo a um evento histórico.
 
CUNHA, M. C. A. B.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional. Maringá: Unicesumar,
2016.
 
 Analise as afirmativas a seguir:
 
I.   Da Constituinte de 1988, mais conhecida como a Carta Cidadã.
 II.  Da Política Nacional de Assistência Social.
 III.  Aprovada a Política Nacional de Assistência Social que, em seu escopo, apresentava a perspectiva de
implantação do Sistema Único da Assistência Social.
 IV.  Aprovação do Estatuto da Criança e Adolescente e das medidas socioeducativas.
  
 É correto o que se afirma em:
  
ALTERNATIVAS
I e IV, apenas.
I e III, apenas.
II e III, apenas.
I, II e III, apenas.
II, III e IV, apenas.
7ª QUESTÃO
O Serviço Social foi cooptado ao aparato estatal como instrumento de difusão da ideologia da classe
detentora dos meios de produção e que também detinha o poder de construir o modo de pensar
convenientes aos seus interesses classistas.  Assim, como um produto do modo de produção capitalista ao
lado das demais profissões, o Serviço Social se desenvolveu para atender as necessidades do capital, desta
maneira desde sua profissionalização grande parte dos assistentes sociais vendem sua força de trabalho
às instituições empregadoras.
CUNHA, M. C. A.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional. Maringá: Unicesumar, 2016.
 
Considerando o cenário, foi necessário desenvolver um instrumento normatizador de atuação que balizasse
sua relação com os sujeitos. Sobre o Código de Ética  a seguir analise as seguintes afirmações:
 
I - No Código de Ética são explicitados apenas os deveres das categorias profissionais liberais.
 II - Os primeiros códigos de ética profissionais surgem via Estado e são formas de controlar a atuação
destes profissionais frente a sociedade.
 III - Os códigos de ética refletem pensamentos e posturas profissionais predominantes nos diferentes
períodos e momentos históricos, e por ser uma profissão inserida na divisão social e técnica do trabalho, o
Serviço Social é diretamente influenciado pelo contexto social e histórico.
 
É correto o que se afirma em:
ALTERNATIVAS
I, apenas.
II, apenas.
III, apenas.
I e II, apenas.
II e III, apenas.
8ª QUESTÃO
Para Mota (1998), o Serviço Social tem sido requisitado para atuar em áreas estratégicas de
gerenciamento, visando o aumento da qualidade e da produtividade por meio da formação de atitudes que
geram um clima favorável para que alcancem as metas da organização. Sobre as demandas empresariais,
o assistente social tem buscado aperfeiçoar sua ação profissional frente às novas exigências impostas
pelo mercado.
  
CUNHA, M. C. A. B.; HERNANDEZ, F. C. B. Serviço Social e Formação Profissional.
Página12