A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
89 pág.
Kenneth E. Hagin - Sete Coisas Que Voce Deve Saber Sobre Cura Divina.pdf

Pré-visualização | Página 1 de 15

Sete Coisas Que 
Você Deve 
Saber Sobre 
Cura Divina 
Kenneth E. Hagin
 
Conteúdo 
1. .................................................................... É desejo de 
Deus curar você ..................................................... 7 
2. A doença vem de Satanás ..... ....... ........ .......................... 13 
3. A cura é provida no Novo Testamento ......... .......... ... ...... 
17 
4. Métodos pelos quais as curas podem ser obtidas ................. 43 
5. Saiba a diferença ...................... ..... ^ .............. .................. 69 
6. A cura não é sempre instantânea.......................................... 77 
7. A cura pode ser perdida .................. ...... ............................. 81
 
1. E desejo de Deus curar você. 
As Escrituras nos revelam a natureza de Deus. 
As Escrituras também revelam a atitude de Deus com 
relação ao pecado, à enfermidade, à doença. 
A natureza de Deus não mudou no decorrer dos anos. 
Nem mudou a Sua atitude para com o pecado, a 
enfermidade, a doença. 
Você precisa saber disso para compreender a cura 
divina. Há sete fatos principais que você deve realmente 
conhecer sobre cura divina. O primeiro é: 
1. É desejo de Deus curar você, porque a cura está no 
Seu plano de redenção. 
A Bíblia diz que, pela boca de duas ou três 
testemunhas, toda palavra será confirmada (Mt 18.16). 
Os seguintes textos de Isaías, Mateus e 1 Pedro 
concordam que Ele (Jesus) tomou nossas enfermidades 
e levou as nossas doenças. 
Verdadeiramente, ele tomou sobre si as nossas 
ENFERMIDADES e as nossas DORES levou sobre 
si; e nós o reputamos por aflito, ferido de Deus e 
oprimido. Mas ele foi ferido pelas nossas 
transgressões e moido pelas nossas iniqilidades; o 
castigo que nos traz a paz estava sobre ele, e, 
PELAS SUAS P1SADURAS, FOMOSSARADOS. 
— Isaías 53.4,5 
Para que se cumprisse o que fora dito pelo profeta Isaias, 
que diz: ELE TOMOU SOBRE SI AS NOSSAS 
ENFERMIDADES E LEVOU AS NOSSAS DOENÇAS. 
Mateus 8.17 
Isto é ainda mais claro. Mateus diz que ele está 
citando Isaías. Se você checar a referência, encontrará 
Isaías 53.4. Gosto de falar desta forma: Jesus tomou as 
minhas enfermidades e levou as minhas doenças. 
Li aquele versículo durante anos antes de entender o 
que ele estava dizendo: Jesus verdadeiramente — 
literalmente — tomou a causa da nossa enfermidade e 
doença. Ele tomou nossas enfermidades e levou as 
nossas doenças. 
Sabemos que Jesus foi feito pecado por nós. A razão 
pela qual Ele levou o pecado foi para que pudéssemos 
estar livres do pecado, e a razão dEle ter levado a doença 
foi para que pudéssemos estar livres da doença. 
Levando ele mesmo em seu corpo os nossos pecados sobre o 
madeiro, para que, mortos para os pecados, pudéssemos 
viver para a justiça; e pelas suas feridas FOSTES SARADOS. 
1 Pedro 2.24 
Então, Isaías, Mateus e Pedro — três testemunhas — 
nos contam que Jesus não apenas derramou o Seu 
sangue para a remissão dos nossos pecados, como 
também pelas Suas feridas fomos sarados. 
Algumas pessoas não crêem nisso. Li, certa vez, um 
comentário cujo autor disse que pelas sitas pisaduras 
fostes sarados (1 Pe 2.24) não significa cura física, 
significa cura espiritual. Nosso espírito é curado pelas 
Suas feridas. 
Deus, entretanto, não cura o espírito do pecador. De 
acordo com as Escrituras, Ele o recria e faz da pessoa 
uma nova criatura. 
Jeremias e Ezequiel, profetizando no Velho 
Testamento, disseram: Eis que dias vêm, diz o Senhor, 
em que farei um concerto novo com a casa de Israel (Jr 
31.31); ... e um ESPÍRITO novo porei dentro deles; e 
tirarei da sua carne o coração de pedra e lhes darei um 
coração de carne (Ez 11.19)/j 
Aqueles que crêem que Deus cura o espírito humano 
não crêem que o homem tenha jamais falhado (ou 
pecado). Sua propaganda não escriturística diz que 
todos nós temos uma centelha da divindade que Deus 
precisa aperfeiçoar. 
Não! Um pecador necessita nascer de novo e se 
tornar um novo homem — a nova criatura descrita em 
2 Coríntios 5.17: Assim que, se alguém está em Cristo, 
nova criatura é; as coisas velhas já passaram; eis que 
tudo se fez novo. (Minha Bíblia anotada diz, na 
margem, que ele é uma "nova criação".) 
Quando uma pessoa fica curada, entretanto, as coisas 
velhas não passam e nem todas as coisas se tornam 
novas. Apenas as doenças se vão. A parte que estava 
doente se torna nova. 
(Se eu tiver um furúnculo no meu nariz e aquele 
furúnculo for curado, não ganho um nariz novo. E o 
mesmo nariz. Apenas a parte doente se vai.) 
Por conseguinte, 1 Pedro 2.24 não significa cura 
espiritual, significa apenas o que está dito. Pensei, 
quando li mais do comentário desse cavalheiro: Se isso 
significa cura espiritual, então o próprio Senhor não 
sabia e Ele cometeu um erro. Eu estava me lembrando 
de um incidente ocorrido durante uma reunião que eu 
dirigia em Oklahoma. 
Uma das sete igrejas cooperadoras era pastoreada 
por um casal que conheci no Texas. Eles disseram: 
"Vamos trazer uma mulher da nossa igreja para a 
oração desta noite, irmão Hagin. Ela é paralítica. Não 
dá um passo há sete anos. Nós a levamos aos melhores 
especialistas no Estado, e eles disseram que ela nunca 
andará novamente enquanto viver". 
Geralmente, ministro debaixo de unção. Na noite 
que ela veio, eu tinha tanto para ministrar que estava 
exausto quando fui até ela. 
Veja, o Senhor é o mesmo em todos os tempos, mas 
eu não. Potencialmente, a unção é a mesma o tempo 
todo, mas na manifestação não é, porque quando se fica 
cansado, é difícil se render a Deus. 
Já que a unção desapareceu na hora que cheguei até 
esta mulher, eu não podia conscientemente ministrar a 
ela como faria normalmente. Eles a tinham trazido de 
longe para a reunião, e o que eu ia fazer? Mandá-la 
embora, simplesmente? 
Não, não. Havia um jeito de ministrar a ela — porque 
a Palavra de Deus nunca falha! A unção pode diminuir, 
desaparecer e ir-se, mas a Palavra de Deus é sempre 
ungida; aleluia; e Suas palavras são Espírito e Vida. 
Tudo o que fiz foi me sentar no altar ao lado da 
mulher, abrir a minha Bíblia neste versículo das 
Escrituras (1 Pe 2.24), colocar a Bíblia no seu colo e 
pedir que ela o lesse. 
E desejo de Deus curar você 
Então, lhe perguntei: "A Palavra fostes está no 
pretérito, no futuro ou no presente?" 
Uma expressão de reconhecimento resplandeceu 
pelo seu rosto como uma luz de néon brilhando na 
escuridão. "Ora — disse ela — está no pretérito! E se 
nós FOMOS sarados, EU FUI!" (Isso é crer alinhado 
com a Palavra de Deus). 
Eu disse: "Irmã, você vai fazer o que eu lhe disser 
?" 
"Bem, ela falou, farei, se for fácil". 
Eu disse: "E a coisa mais fácil que você já fez na sua 
vida. Simplesmente levante as suas mãos e comece a 
louvar a Deus, porque você está curada — não será — 
ESTA!" 
Gostaria que você tivesse visto aquela mulher 
paralítica. Ela não tinha nenhuma evidência de cura — 
não tinha dado ainda nenhum passo — mas levantou as 
suas mãos, olhou para o alto, e enquanto um sorriso 
irrompia no seu rosto, ela disse: "Ó, Deus Pai querido 
— ei! Estou tão feliz de estar curada! Ó, Senhor, tu 
sabes como estava exausta de ficar sentada nestes 
últimos anos. Estou tão contente de não estar 
desamparada e não precisar mais de assistência" (está 
vendo? Ela estava agindo na Palavra. Isso é fé). 
Pus-me de pé e disse à congregação: "Vamos todos 
levantar nossas mãos e louvar a Deus com ela, porque 
ela está curada" (e, contudo, a rigor, ela ainda estava 
sentada no altar, paralítica). 
Depois de pararmos,