1º slides TSP I   2018.1 (1)
15 pág.

1º slides TSP I 2018.1 (1)

Disciplina:Psicologia de Tsp123 materiais37 seguidores
Pré-visualização1 página
TEORIAS E SISTEMAS PSICOLÓGICOS I

TSP I
professora: Marisa Braga
Plano de ensino
Ementa:
Definição e História do Behaviorismo. Princípios e Conceitos Básicos da Análise Experimental do Comportamento (AEC). Comportamento e Condicionamento respondente e operante. Habituação, modelagem, reforço, extinção. Esquema de reforçamento. Controle aversivo. Generalização e discriminação.

Objetivos Gerais:
Introduzir os princípios e conceitos mais relevantes do Behaviorismo ou AEC entendendo os tipos de behaviorismo de acordo com seus representantes teóricos, sua origem e importância para a construção futura de um conjunto de competências e habilidades necessárias para diagnosticar, intervir e promover a saúde dos seres humanos.

Objetivos Específicos:
1- Estabelecer um conceito do behaviorismo que possibilite compreender os princípios e a importância do behaviorismo para a Psicologia Experimental e para o surgimento de novas abordagens;
2- Identificar a diferença entre Behaviorismo Metodológico
e Behaviorismo Radical;
3- Conceituar o comportamento e condicionamento respondente
e operante;
4- Definir os princípios da Análise Experimental do Comportamento;
5- Reconhecer a importância das condições ambientais na determinação do comportamento dos organismos vivos;
6- conhecer as aplicações práticas da Teoria Behaviorista,
na atualidade.

Conteúdos:

1- Introdução ao Behaviorismo - Origem histórica e definição do behaviorismo. Livre arbítrio X Determinismo. Behaviorismo como filosofia e ciência. Behaviorismo radical e Behaviorismo metodológico. Eventos públicos, privados, mentais e fictícios.
2- comportamento e Condicionamento Respondente ou Clássico – reflexo inato, lei do reflexo e da intensidade-magnitude, habituação e potenciação, reflexo aprendido, generalização respondente, extinção e recuperação espontânea.
3- Comportamento e Condicionamento Operante – lei do efeito e o condicionamento operante, comportamento operante e suas consequências, reforços positivos e negativos, reforçadores naturais e arbitrários, condicionamento aversivo: fuga – esquiva – punição, extinção e resistência á extinção operante, recuperação espontânea, generalização e discriminação no condicionamento operante, modelagem.
Aula de hoje:
Behaviorismo radical e metodológico
Determinismo e livre-arbítrio
Behaviorismo contemporâneo
filosofia =>busca de entendimento a partir do raciocínio

FILOSOFIA - suposições para conclusões –
se isto fosse assim, então aquilo seria assim
- a verdade filosófica é absoluta -
CIÊNCIA => BUSCA DE ENTENDIMENTO A PARTIR
DA OBSERVAÇÃO / EXPERIMENTAÇÃO

CIÊNCIA – observações e confirmações –
isto foi observado; que verdade poderia levar a essa observação, e a que outras observações isso levaria?
- a verdade científica é sempre relativa e provisória –
Século XIX psicologia = ciência da mente

introspecção –
olhar dentro da mente; o que está ocorrendo

- muito subjetivo –

WILHELM WUNDT

primeiro laboratório de psicologia experimental
início da separação da filosofia
Alemanha - 1879
John Watson redefiniu o objeto do estudo da psicologia para algo objetivo, observável e mensurável: o comportamento

duas visões do homem:
livre-arbítrio e determinismo

Livre arbítrio ->radições culturais de longa data,
atos individuais, liberdade para escolher
o curso de suas ações

Determinismo -> comportamento determinado
unicamente pela hereditariedade e pelo ambiente
John Broadus Watson
Behaviorismo Metodológico

as experiências são causadas por um mundo objetivo e real => exterior separado do mundo subjetivo e interno
não nega a mente, mais não estudo
Burrhus Frederic Skinner
Behaviorismo Radical
pós watson

negação radical da existência da mente separada,
=> aceitação total dos fenômenos comportamentais
comportamental envolve todo o corpo
O realismo (behaviorismo metodológico)
busca descrever o comportamento
os métodos

O pragmatismo (behaviorismo radical)
utiliza conceitos criados para
estudar o comportamento

Behaviorismo Contemporâneo

Behaviorismo é um conjunto de ideias sobre
a ciência da análise comportamental,
portanto, não é uma ciência, mas
uma filosofia dessa ciência

aborda tópicos como:
por que fazemos o que fazemos,
e o que devemos ou não fazer

TERAPIA COMPORTAMENTAL
1960 - TÉCNICAS

combinação de procedimentos verbais
e de ação, enfatizando os determinantes atuais, surgindo uma nova forma de
intervenção clínica, com resultados
positivos no tratamento de
inúmeras patologias
Eventos públicos, privados,
mentais e fictícios

eventos públicos – cozinhar
eventos privados – amar

essa diferença não importa para os behavioristas radicais, não existem os mundos natural e mental,
os dois são eventos naturais

Para os behavioristas radicais - o comportamento de andar é realizado pelo ser humano como um todo e não somente pelas pernas, considera-se também a relação desse comportamento com o ambiente (andando por que, para que)
Segundo os behavioristas radicais

Vontade, psique, personalidade, ego, inconsciente
e outros são eventos fictícios (inobserváveis),
inventados, são inferidos no comportamento

Sentimento e pensamento
fazem parte do mundo natural - interno

A mente é oposta ao mundo natural, portanto, pode ser considerada fictícia; conceito inventado
não pode ser experimentado

Ufaaaaaaa!