A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
9 pág.
Ética, Política e Sociedade Avaliação I   Individual FLEX UNIASSELVI

Pré-visualização | Página 2 de 3

social através dos costumes e das instituições sociais, a exemplo da família. Observe a figura e analise as afirmativas a seguir:
I- A figura pode representar a moral contemporânea que manifesta o desejo de ampliação dos direitos das mulheres. 
II- Segundo a moral atual, as reivindicações das mulheres estão perdendo espaço de negociação no mercado de trabalho.
III- A figura representa os avanços e lutas pelos direitos de igualdade entre homens e mulheres.
IV- Na história dos países ocidentais, a moral social supervalorizou os direitos dos homens em prejuízo das mulheres.
Assinale a alternativa CORRETA:
FONTE DA IMAGEM: Disponível em: <http://andorinharosa.blogspot.com.br/2009/03/umpoema-
em-homenagem-ao-dia.html>. Acesso em: 27 maio 2013.
	
	 a)
	As afirmativas I, III e IV estão corretas.
	 b)
	As afirmativas II, III e IV estão corretas.
	 c)
	As afirmativas I, II e III estão corretas.
	 d)
	As afirmativas I, II e IV estão corretas.
	 
	 
	10.
	Para uma convivência sustentável, a humanidade precisa fazer uso de acordos e, por isso, ao longo da história, a humanidade tem refletido acerca da ética. Considerando o conceito de ética, assinale a alternativa CORRETA:
	 a)
	A ética está muito distante das ações humanas, ela é uma realidade conceitual apenas, e não se aproxima com o cotidiano.
	 b)
	A ética explica o que é o bem e o mal, indicando condutas que devem ser seguidas pelas pessoas em sociedade.
	 c)
	A ética se faz presente nas interações humanas, participando do cotidiano e se aproximando dos seres humanos em todas as suas atividades.
	 d)
	A ética é uma reflexão sobre as ações humanas, sobre a filosofia e sobre a ciência, realizada a partir do conhecimento científico.
	Acadêmico:
	
	Disciplina:
	Ética, Política e Sociedade (ADG18)
	Avaliação:
	Avaliação II - Individual FLEX ( Cod.:423585) ( peso.:1,50)
	Prova Objetiva:
	7957016
Parte superior do formulário
	1.
	O sentido inicial do termo ética está ligado ao termo reflexão e questionamento sobre a realidade em que estamos inseridos. A ética nos tempos atuais ou ética contemporânea tem essa característica básica de questionar todas as dimensões da sociedade. Os problemas atuais presentes e comprometedores da civilização em que vivemos sugerem a necessidade de questionamento da forma de ser e estar do ser humano no mundo. Esta é a maneira de pensar da perspectiva ética contemporânea. Partindo deste pressuposto, associe os itens, utilizando o código a seguir:
I- Crítica à razão.
II- O fim da história.
III- O fim da política.
IV- Efemeridade e liquidez.
(     ) A decepção com relação às promessas modernas em torno de ideais societários que garantissem aos seres humanos a felicidade, a segurança, o progresso e o bem-estar.
(    ) A racionalização do mundo modificou-se em razão instrumental, diferente da razão, que se destacou com os gregos por estabelecer uma relação objetiva com o mundo.
(    ) Foi reduzida apenas a um meio de se garantir as satisfações biológicas dos corpos que compõem o povo, a nação.
(    ) Tudo transcorre num fluxo contínuo e ininterrupto, efêmero e líquido, que escapa às possibilidades da experiência humana com o mundo.
Assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	II - I - III - IV.
	 b)
	I - II - III - IV.
	 c)
	I - IV - III - II.
	 d)
	III - IV - II - I.
	 
	 
	2.
	A Patrística é um movimento filosófico cristão ocorrido na Idade Média, que discutia as verdades da fé do cristianismo, e foi desenvolvido pelos Santos Padres da Igreja Católica. Um destes expoentes foi Santo Agostinho. Sobre este filósofo e padre, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Uma das reflexões de Santo Agostinho diz respeito a indicar a vida humana como ensaio para uma vida posterior na cidade divina. Assim, não se deve fazer ao outro o que não se deseja para si, pois amar ao próximo é amar a Deus.
(    ) Para Santo Agostinho, a política deve ser exercida a partir de interesses da coletividade, garantindo os valores humanos que preservam a vida, criação maior de Deus e que garante a dignidade humana.
(    ) O homem público, conforme o entendimento político de Santo Agostinho, não deve se deixar levar pela bondade divina. Ele deve ser conduzido pelos valores da coletividade e pela sua individualidade.
(    ) Conforme o pensamento agostiniano, são as escolhas humanas que concretizam ou não a possibilidade de se fazer o bem ou o mal, garantindo sua liberdade de opção e fundamentando suas escolhas éticas. 
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - F - V - F.
	 b)
	V - V - F - F.
	 c)
	V - V - F - V.
	 d)
	F - F - V - V.
	 
	 
	3.
	Novas formas de comunicação foram estabelecidas a partir da contemporaneidade, baseando-se no entendimento de um ser concreto, real e histórico. Estas novas formas resultam na construção da consciência moral. Sobre estas considerações, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) As definições de conduta ocorrem a partir de consensos estabelecidos pelos homens por meio do diálogo.
(    ) A ética na contemporaneidade se define a partir da coletividade, no pensamento do bem comum, nas virtudes sociais.
(    ) O dever ético baseia-se nas responsabilidades individuais e coletivas, embora muitas vezes o individual se sobressaia nos dias de hoje. 
(    ) As instituições históricas, como família, sociedade civil e Estado, garantem a realização da ética individual.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	V - V - F - V.
	 b)
	F - F - V - F.
	 c)
	F - F - V - V.
	 d)
	V - F - V - F.
	 
	 
	4.
	A ideia de dever, introduzida pelo cristianismo na política, busca garantir segurança para a vontade, dividida sempre entre o bem e o mal. Para garantir o alcance da virtude, os princípios estabelecidos pelo divino devem ser seguidos. Temos assim uma ética coercitiva, determinada por um poder externo. Acerca das soluções para esta coercitividade, classifique V para as sentenças verdadeiras e F para as falsas:
(    ) Rousseau indica que o homem nasce bondoso, pois sua consciência moral e a noção de dever são a manifestação divina no indivíduo. A sociedade corrompe o homem e o dever nos auxilia a retornar à posição inicial, aceitando a imposição externa.
(    ) Kant teoriza que, por natureza, o homem é desprovido de bondade, e o dever é que o controla e permite que haja uma ordem social. É assim que o ser egoísta, destrutivo, e que cobiça muitos prazeres é controlado.
(    ) A consciência moral e o dever permitem aos humanos conter sua maldade inata e, conforme Rousseau, esta maldade acompanha-os desde o nascimento. O controle moral é exercido pela sociedade, neste caso.
(    ) Para Kant, o homem é bom por natureza, ou seja, nasce bondoso. No entanto, à medida que se desenvolve, a sociedade o torna um ser destrutivo, desordenando a sociedade e corrompendo suas virtudes.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência CORRETA:
	 a)
	F - F - V - V.
	 b)
	F - F - F - F.
	 c)
	V - F - V - F.
	 d)
	V - V - F - F.
	 
	 
	5.
	Ao propor uma ética que leve em conta instituições como empresas e a necessidade de superar obstáculos, burocracias e erros administrativos, Srour se torna um autor que reflete sobre a moral e define a chamada moral da parcialidade, uma reflexão sobre o relativismo moral da sociedade dos negócios. Assinale a alternativa CORRETA sobre o conceito de moral da parcialidade:
	 a)
	Esta moral entende que a falta de caráter das autoridades é geral e deve ser compreendida como inerente à sociedade.
	 b)
	A moral da parcialidade exige lealdade entre as pessoas internas a uma empresa, enquanto que permite a malícia nas relações com o mundo externo.
	 c)
	A moral da parcialidade defende que existem erros

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.