Direitos humanos e ralcoes etnico raciais
3 pág.

Direitos humanos e ralcoes etnico raciais


DisciplinaDireitos Humanos14.292 materiais49.317 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Parte superior do formulário
QUESTÃO 1
(ENADE-2005) Os papéis sociais foram, no passado, conhecidos como o resultado de uma divisão "natural" do trabalho. Para os cientistas sociais que estudam gênero, a divisão sexual de tarefas, longe de ser consequência natural de diferenças biológicas, é construção criada e mantida pela sociedade.
Nesse sentido, assinale a opção correta com relação aos objetivos da pesquisa de gênero, no âmbito das ciências sociais.
a )A pesquisa de gênero tem como objetivo mostrar para a sociedade que as mulheres possuem características inatas diferentes no que tange à divisão social do trabalho.
 
b )Nas ciências sociais, a pesquisa de gênero procura estudar a distribuição de poder e de recursos entre homens e mulheres em uma dada sociedade, considerando a questão de gênero como uma dimensão da análise fundamental de toda organização social.
c ) Os estudos de gênero têm como objetivo exclusivo a distribuição do poder feminino no conjunto da sociedade.
d )Os estudos de gênero realizados no âmbito das ciências sociais têm como objetivo restrito e exclusivo a introdução das mulheres no mercado de trabalho.
e )A pesquisa de gênero tem como objetivo básico demonstrar que as diferenças entre homens e mulheres no mercado de trabalho são biologicamente determinadas.
QUESTÃO 2
Entre os povos indígenas, existem diversos papéis de liderança. Eles estabelecem uma distinção entre lideranças às quais chamam "tradicionais" e outras às quais chamam "novas lideranças". As lideranças tradicionais adquirem seu poder com base
a ) na sua capacidade de aconselhar, orientar e dirigir certas atividades de interesse comum e acordadas pela coletividade.
b )no seu domínio do português e maior acesso à educação escolar, que lhes permite atuar como interlocutores entre a comunidade e a sociedade não indígena.
c ) na sua capacidade de mando e poder soberano sobre o grupo.
d )no uso da força e a submissão violenta dos membros do grupo.
QUESTÃO 3
As relações de parentesco são a base da estrutura social dos povos indígenas e, em geral, se constituem com base na família extensa. Uma família extensa se caracteriza por ser
a ) uma unidade social hierárquica, na qual cada membro do grupo ocupa posições e responsabilidades distintas.
b ) um grupo de parentesco no qual os laços sociais são frouxos e seus membros se vinculam principalmente com outros grupos.
 c )uma unidade social articulada em torno de um patriarca ou de uma matriarca por meio de relações de parentesco consanguíneas e de afinidade política ou econômica com outros grupos aliados.
d )um grupo de parentesco constituído por numerosos membros.
QUESTÃO 4
(ENADE-2005) A imaginação sociopolítica brasileira formou-se no contexto da sociedade pós-colonial, refletindo os desafios de construção de um pensamento sobre a sociedade nacional, sobre a identidade do povo brasileiro e sobre a política.
Em decorrência desse pensamento, surgiu uma série de noções nas ciências sociais, tais como miscigenação, eugenismo, democracia racial, homem cordial, cultura popular e pensamento autoritário.
Considerando a temática do texto acima, assinale a opção correta.
a ) O pensamento autoritário foi concebido para emancipar as classes populares e conduzi-las à luta pela democracia racial no Brasil.
b )A Semana de Arte Moderna, que apresenta elementos constitutivos da identidade nacional, aconteceu nos fins do século XX.
c )A miscigenação contribuiu para a melhoria da qualidade genética racial do povo brasileiro e, por isso, constitui uma referência de valor para as ciências sociais.
d )A visão do brasileiro como homem cordial é uma proposta interpretativa de Mário de Andrade.
e )Segundo as tendências dominantes das ciências sociais contemporâneas no Brasil, o discurso da democracia racial funda-se em uma ideologia que esconde o preconceito racial.
QUESTÃO 5
O Brasil tem obtido avanços em relação ao tratamento dados às denúncias relativas à violência contra a mulher com medidas como, por exemplo, a instituição da Lei 11.340/2006, a chamada Lei Maria da Penha. No entanto, existe um tipo de violência difícil de combater, que incide sobre a identidade social das mulheres, que é a violência simbólica, que
a ) causa dano emocional, diminui a autoestima, humilha, persegue, controla suas ações, manipula, compromete sua autodeterminação.
b )expõe a mulher de forma negativa por meio da calúnia, difamação ou injúria.
c )constrange a mulher mediante intimidação, ameaça ou uso da força, para induzi-la a exercer sua sexualidade ou a limitar seus direitos reprodutivos.
d ) retém ou destrói seus bens pessoais, recursos econômicos, objetos e documentos pessoais
e ) impõe comportamentos e papéis sociais resultantes da lógica de dominação do masculino sobre o feminino em toda a esfera social.
QUESTÃO 6
O indianismo é uma expressão
 
a ) política em que o Estado dá assistência aos povos indígenas.
 b )literária do século XIX que idealizou o índio enquanto símbolo de nacionalidade.
c ) artístico-literária criada por Oswald de Andrade na década de 1920.
d ) literária iniciada pela sociedade civil em defesa dos direitos indígenas.
QUESTÃO 7
(ENADE-2010) Conquistar um diploma de curso superior não garante às mulheres a equiparação salarial com os homens, como mostra o estudo "Mulher no mercado de trabalho: perguntas e respostas", divulgado pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), quando se comemora o Dia Internacional da Mulher.
Segundo o trabalho, embasado na Pesquisa Mensal de Emprego de 2009, nos diversos grupamentos de atividade econômica, a escolaridade de nível superior não aproxima os rendimentos recebidos por homens e mulheres. Pelo contrário, a diferença acentua-se. No caso do comércio, por exemplo, a diferença de rendimento para profissionais com escolaridade de onze anos ou mais de estudo é de R$616,80 a mais para os homens. Quando a comparação é feita para o nível superior, a diferença é de R$1.653,70 para eles.
(Disponível em: . Acesso em: 19 out. 2010. Com adaptações.)
Considerando o tema abordado acima, analise as afirmações seguintes.
I. Quanto maior o nível de análise dos indicadores de gêneros, maior será a possibilidade de identificação da realidade vivida pelas mulheres no mundo do trabalho e da busca por uma política igualitária capaz de superar os desafios das representações de gênero.
II. Conhecer direitos e deveres, no local de trabalho e na vida cotidiana, é suficiente para garantir a alteração dos padrões de inserção das mulheres no mercado de trabalho.
III. No Brasil, a desigualdade social das minorias étnicas, de gênero e de idade não está apenas circunscrita pelas relações econômicas, mas abrange fatores de caráter histórico-cultural.
IV. Desde a aprovação da Constituição de 1988, tem havido incremento dos movimentos gerados no âmbito da sociedade para diminuir ou minimizar a violência e o preconceito contra a mulher, a criança, o idoso e o negro.
É correto apenas o que se afirma em
a ) I e II.
b ) II e IV.
c ) I, II e III.
d ) III e IV.
e ) I, III e IV.
QUESTÃO 8
(ENADE-2012)
Poeminha sobre o trabalho
Chego sempre à hora certa,
contam comigo, não falho,
pois adoro o meu emprego:
o que detesto é o trabalho.
Millôr Fernandes
Três apitos
Nos meus olhos você lê
Que eu sofro cruelmente
Com ciúmes do gerente
Impertinente
Que dá ordens a você.
Noel Rosa
Fábrica
Quero trabalhar em paz
Não é muito o que lhe peço
Eu quero um trabalho honesto
Em vez de escravidão.
Renato Russo
A partir dos textos acima, avalie as afirmações que se seguem.
I. No trecho "gerente / Impertinente / Que dá ordens a você" do texto de Noel Rosa, há referência indireta a um dos elementos caracterizadores da figura do empregado, que, conforme os termos da legislação trabalhista vigente, é o pressuposto da subordinação.
II. No texto de Noel Rosa e no de Renato Russo, há referências a temas de ordem trabalhista e constitucional,
Heloisa
Heloisa fez um comentário
só consigo ver a primeira página. Pode postar o restante?
0 aprovações
Carregar mais