API PRÁTICA ENSINO II 2017.1 GABARITO
2 pág.

API PRÁTICA ENSINO II 2017.1 GABARITO


DisciplinaPratica de Ensino 2306 materiais229 seguidores
Pré-visualização1 página
Universidade do Estado do Rio de Janeiro 
 Centro de Educação e Humanidades 
Faculdade de Educação / Coordenação das Licenciaturas \u2013 EAD 
 
GABARITO (AP1 Avaliação) 1º Sem/2017 
 
Disciplina: Prática de Ensino 2: currículo 
Coordenador: Professora Therezinha Carlomagno Garcia 
 
ATENÇÃO: Todas as questões deverão ser respondidas a partir do conteúdo do caderno 
didático (até a aula nº 08), da bibliografia indicada e das leituras complementares das aulas 
da plataforma. 
 
QUESTÃO I: A partir das situações fictícias( a, b, c e d) baseadas no cotidiano escolar, 
responda às perguntas (cerca de cinco linhas em cada resposta). (Valor total 4,0 pontos). 
 
a). A foto, abaixo, representa a sala de aula de Silvia, professora de português do ensino médio da Escola 
Estadual Lima Rodrigues. A partir do segundo bimestre, Silvia observou que a maioria dos alunos não 
participavam das suas aulas nem faziam os exercícios propostos. 
Como a professora poderá tornar suas aulas mais dinâmicas e prazerosas, contando com a participação dos 
alunos? CAD.1 /págs. 14 _ 21 
 
\uf0b7 organizar a sala de aula em espaços coletivos de estudo com disponibilidade de várias fontes 
de consulta. Utilizar estratégias de ensino mais dinâmicas, como o jogo, por exemplo. Facilitar 
a troca de ideias e o debate entre os alunos etc. 
 
b). Os professores das diferentes disciplinas da escola estadual Clemente Pereira, resolveram tornar suas 
aulas mais interessantes, a partir da construção de relações entre os diferentes conteúdos presentes nas 
diversas disciplinas do currículo. 
Que estratégia didática estes professores poderão utilizar, envolvendo todas as turmas da escola e garantindo 
a construção do conhecimento de maneira global? CAD. / Págs. 99 ,100 _108 
 
\uf0b7 Trabalhar por meio da estratégia chamada COMPLEXO TEMÁTICO em que os professores 
selecionam problemas a serem estudados por todas as turmas da escola 
\uf0b7 Concretizar a interdisciplinaridade, aprofundando os objetivos comuns às diversas disciplinas. 
Promover o diálogo entre os conteúdos das diferentes disciplinas para solucionar um mesmo 
problema. 
 
c). A professora Lucia, ao planejar suas aulas, se apoia, quase que exclusivamente, nos livros didáticos 
disponíveis na biblioteca da escola. Porém, ela sente necessidade de enriquecer seu trabalho, a partir de 
outras fontes de consulta. 
Que outra ou outras fontes importantes, além do conteúdo destes livros, deveriam dar apoio ao planejamento 
pedagógico da professora Lucia? CAD. 1/ págs.94, 95 
 
\uf0b7 As diretrizes curriculares da rede de ensino da escola, as expectativas e propostas 
aspiradas pelo PPP da sua escola etc. 
 
 
 d). Avaliando o livro utilizado na sala de aula, a professora Maria Ivone, percebeu que alguns textos 
reforçam a representação do masculino como sendo a figura que detém a força, o provimento da casa etc. 
Que outras crenças (no mínimo duas), ligadas à figura masculina, encontradas em alguns livros didáticos, 
devem ser analisadas e discutidas pela professora na sala de aula? 
\uf0b7 A capacidade do homem no trabalho remunerado, ganhando, às vezes, mais do que a mulher 
pelo mesmo trabalho. O homem considerado como provedor da casa, tendo autoridade sobre a 
família. 
\uf0b7 Crenças como: \u201cA menina tem que brincar com boneca etc.\u201d 
 Ca1/ págs. 73, 74 
 
 
 
 
 
QUESTÃO II: Complemente cada espaço pontilhado, utilizando quantas palavras forem necessárias: 
(valor total: 3,0 pontos) 
 
Analisando o currículo de uma escola observamos que, além da relação com os conteúdos, ele envolve, 
também, relações de poder entre o professor e o aluno de natureza desigual, porém, 
 Assim, é importante o professor estar ciente de que, 
a \u2013 encontramos em muitas salas de aula o tipo de educação, chamada por FREIRE, bancária, em 
que o educador é aquele que detém o conhecimento e o educando é aquele que ..deve receber de 
forma passiva a educação que o educador impõe...CAD. 1/ pág. 60 
 
b \u2013 ao iniciar um diálogo na sala de aula, sobre um determinado conhecimento, o professor tem que 
.refletir sobre os significados das palavras que utiliza , o universo cultural, os preconceitos e 
os mitos que elas contêm CAD. 1/ pág. 61 
c \u2013 as teorias curriculares críticas se alinham à denúncia dos processos de exclusão social e do 
modo como o currículo contribui com esses processos. CAD.1 /pág. 68 
QUESTÃO III: Marque dentro dos parênteses (F) FALSO ou (V) VERDADEIRO, acrescentando outras 
informações importantes sobre a opção escolhida (1, 2 e 3) (cerca de três linhas em cada resposta. Valor 
total: 3,0 pontos). 
 
1 \u2013 ( V ). As práticas de ensino do currículo tradicional orientam-se pelo ensino simultâneo, e pelas buscas de 
padronização na organização escolar, na tentativa de ensinar a todos como iguais, que podem prejudicar o 
aprendizado dos alunos e também a atuação dos professores. CAD.1/ pág. 45 
Estas práticas unificam o conhecimento da turma, dos tempos escolares. Exemplo: a escola seriada. 
 
2 \u2013 ( V ) A escola deve se comprometer com a formação do aluno, tornando-o competente para exercer sua 
cidadania, não o excluindo dos muros escolares. Neste sentido, para superar a exclusão social e escolar, 
precisamos pensar novos processos de escolarização. CAD.1/ pág. 66 
\uf0b7 Processos mais democráticos, dialogados e solidários etc. 
 
3 \u2013 ( F ) É necessário que os professores atentem para uma dinâmica de ensino que favoreça aos alunos o 
descobrimento das potencialidades através do trabalho individual. 
 CAD. 1/ pág. 133 
\uf0b7 Porque não é apenas o trabalho individual, mas principalmente o trabalho coletivo, em que os 
alunos têm a oportunidade de interagir de modo orgânico e integrado num trabalho de equipe, 
aprendendo atuar em níveis mais complexos e diferenciados