Logo Passei Direto

A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
Aula - Campo de estudo da antropologia

Pré-visualização | Página 1 de 1

O campo da Antropologia no contexto das ciências sociais e naturais
Prof.: Marcela 
Por que estudar antropologia?
O grande antropólogo francês Claude Lévi-Strauss, no seu texto Raça e História (1975), relata uma história vivida pelos colonizadores e os índios americanos que mostra claramente como ambos os grupos estavam interessados buscando entender esse outro. No momento da “descoberta”, a pergunta que os colonizadores e os índios estavam se fazendo era sobre se os outros eram homens. Os colonizadores buscavam a resposta a partir da existência da alma nos ditos selvagens; isto é, se tem alma então são homens. E os índios buscavam na resposta no corpo, afundando os corpos dos europeus mortos na água para observar se acontecia o mesmo que com os corpos dos índios; se apodrecer, como eles próprios, podiam concluir que também eram homens. 
O que essa anedota nos mostra é que a curiosidade movia, e ainda move, os homens quando se encontram com aqueles que são diferentes.
Que diferenças são essas?
Pés de lótus
Ritual da tucandeira
Fonte: http://cistematizando.wordpress.com/2013/10/30/imagem-04-jpg/
O contato que a cultura européia estabelecia com a cultura dos outros, dos índios, fazia necessário que se pensasse sobre como cada um vivia no mundo. Assim, não faltaram pensadores que se puseram a pensar a diferença entre os homens.
A tradição nasceu com o hinduísmo. Os Vedas, coletânea de textos religiosos de cerca de 1500 a.C., comentam a fertilidade do animal e o associam a várias divindades. Outra escritura hinduísta fundamental, o Manusmriti, compilado por volta do século I a.C., também enfatiza a importância da vaca para o homem. Nos séculos seguintes, foram criadas leis elevando gradualmente o status religioso bovino. No sistema de castas que ainda vigora na sociedade indiana, a vaca é considerada mais "pura" até do que os brâmanes (indivíduos pertencentes à casta mais elevada, dos sacerdotes) - por isso, não pode ser morta nem ferida e tem passe livre para circular pelas ruas sem ser incomodada. O leite do animal, sua urina e até mesmo suas fezes são utilizados em rituais de purificação.
Ainda sobre as diferenças entre os homens...
Por que a vaca é sagrada na Índia?
McAloo Tiki: hambúrguer feito de uma massa de batatas, ervilhas e pimentas, acompanhado de especiarias indianas.
Massala Grill Veg: hambúrguer vegetariano empanado acompanhado de folhas de louro, pimenta e garam massala (mix típico de especiarias moídas) servido entre pães caramelizados.
McEgg: isso mesmo, um hambúrguer de ovo servido com maionese, cebola e massala.
Chicken Maharaja Mc: é o Big Mac indiano, com dois hambúrgueres (de frango), alface, queijo e molho especial (defumado), cebola, sem picles, num pão com gergelim.
McSpicy Paneer: pão caramelizado, hambúrger de frango, maionese com o famoso tempero tandoori (comumente utilizado em receitas com frango) e queijo paneer.
Filet-O-Fish: hambúrguer de peixe empanado servido com queijo e molho tártaro. Sim, igual ao nosso McFish.
Cardápio McDonald’s na Índia
9
Se a Antropologia é a ciência humana e social que busca conhecer a diferença e alteridade, então estudá-la pode nos fazer compreender que, longe de haver somente uma formação cultural que dê sentido às ações dos homens, toda e qualquer cultura é coerente em si mesma quando vista de forma total e a partir de seus próprios pressupostos. Mais ainda, podemos aprender que nossa cultura e sociedade não são as únicas, nem as mais verdadeiras, originais e autênticas; não obstante, a Antropologia nos ensina que todo e qualquer esquema cultural e ou classificatório é mais um dentro dos inúmeros outros, que também coabitam o mundo juntamente conosco.
Para que estudar a antropologia?
A antropologia pode nos ensinar uma importante lição: nossa sociedade não é superior a qualquer outra, seja ela uma tribo do Sudão, na África, ou uma tribo indígena no Mato Grosso do Sul, no Brasil.
A antropologia nos ensina a nos descentrarmos de nós mesmos assim como de nossa própria sociedade e cultura. Isso é um exercício fantástico e que nos abre as portas para novos universos, novas possibilidades e alternativas de aprendermos com os outros e de nos vermos através dos outros, conhecendo-nos mais profundamente.
O homem apreende o mundo a partir de esquemas simbólicos que ordenam o mundo, mas que jamais são os únicos possíveis.
Anthropos – homem / Logos – estudo
Antropologia = estudo do homem, ciência da humanidade.
Se preocupa em conhecer o ser humano em sua totalidade, o que lhe confere três aspectos: 
Ciência social-> conhecer o homem enquanto elemento integrante de grupos organizados
Ciência humana –> volta-se especificamente para o homem como um todo: sua história, suas crenças, usos e costumes, filosofia e linguagem. 
Ciência natural -> interessa-se pelo conhecimento psicossomático do homem e sua evolução.
Antropologia
A antropologia é a ciência que estuda o homem, suas produções e seu comportamento.
 Seu interesse está no homem como um todo – ser biológico e ser cultural – preocupando-se em revelar traços da natureza e da cultura. 
Tenta compreender a existência humana em todos os seus aspectos, no espaço e no tempo, partindo da estrutura biopsíquica. 
Busca também a compreensão das manifestações culturais, do comportamento e da vida social.
Conceituação
O homem e suas obras;
As formas físicas primitivas e atuais do homem e suas manifestações culturais; 
Objeto de estudo