Simulado av1 Adm 2
3 pág.

Simulado av1 Adm 2


DisciplinaAdministrativo 2206 materiais503 seguidores
Pré-visualização2 páginas
1a Questão (Ref.:201403095673)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	OAB/CESPE) - Considerando a responsabilidade civil do estado e o controle judicial, assinale a opção correta.
		
	
	Na ação de responsabilidade objetiva do Estado, conforme entendimento predominante no STJ, será obrigatória a denunciação à lide do servidor causador do dano.
	 
	A ação de responsabilidade objetiva, com fundamento na Constituição da República, não pode ser proposta contra o servidor causador do dano, conforme entendimento do STF.
	
	Conforme entendimento do STF, a responsabilidade do Estado por atos omissivos e comissivos de seus agentes será sempre objetiva.
	
	A responsabilidade objetiva das concessionárias do serviço público, segundo o STF, alcança os não-usuários do serviço público.
	
	
	
	2a Questão (Ref.:201403695386)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Astrobaldo, motorista de taxi há 25 anos, trafegava por via de rodagem como fazia por todos os dias de sua vida profissional, quando foi surpreendido pela queda de um galho de mangueira. A queda foi provocada pelo acúmulo de ¿erva de passarinho¿ por conta de falta de manutenção cuja competência é da Secretaria Municipal de Meio Ambiente. O galho atingiu em cheio o para-brisa de seu taxi. Tal acidente forçou Astrobaldo a submeter o veículo a reparos, onde o carro ficou parado por dois dias inteiros, impossibilitando o motorista de realizar suas tarefas laborais. Indique a alternativa correta:
		
	 
	Segundo a doutrina dominante, o Município deve ser responsabilizado subjetivamente por culpa do serviço, visto que a falta de manutenção configura omissão do Poder Público.
	
	Astrobaldo não pode responsabilizar o Município, pois a queda do galho ocorreu por situação de força maior, caso de excludente de responsabilidade.
	
	O agente público que deveria ter realizado a manutenção na árvore poderá ser responsabilizado objetivamente pelo dano causado a Astrobaldo.
	
	A doutrina majoritária entende que mesmo em caso de omissão do Poder Público, este será responsabilizado objetivamente, bastando Astrobaldo demonstrar o nexo de causalidade entre a conduta do Município e o dano sofrido.
	
	
	
	3a Questão (Ref.:201403203211)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	VI Exame de Ordem Unificado
Ambulância do Corpo de Bombeiros envolveu-se em acidente de trânsito com automóvel dirigido por particular, que trafegava na mão contrária de direção. No acidente, o motorista do automóvel sofreu grave lesão, comprometendo a mobilidade de um dos membros superiores. Nesse caso, é correto afirmar que
		
	
	existe responsabilidade objetiva do Estado em decorrência da prática de ato ilícito, pois há nexo causal entre o dano sofrido pelo particular e a conduta do agente público.
	 
	não haverá o dever de indenizar se ficar configurada a culpa exclusiva da vítima, que dirigia na contramão, excluindo a responsabilidade do Estado.
	
	está plenamente caracterizada a responsabilidade civil do Estado, que se fundamenta na teoria do risco integral.
	
	não se cogita de responsabilidade objetiva do Estado porque não houve a chamada culpa ou falha do serviço. E, de todo modo, a indenização do particular, se cabível, ficaria restrita aos danos materiais, pois o Estado não responde por danos morais.
	
	
	
	4a Questão (Ref.:201403095819)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	(OAB) Quanto às características da intervenção do Estado na propriedade privada, podemos afirmar que:
		
	 
	Além do poder de policia, as modalidades restritivas de intervenção do Estado na propriedade privada são consideradas impositivas, cabendo ao particular apenas o dever de tolerância.
	
	A propriedade é um direito fundamental consagrado na Constituição. Neste sentido, as modalidades de intervenção do Estado que objetivem restringir este direito são consideradas inconstitucionais, admitindo-se, apenas, caso haja acordo entre os Estado e o particular.
	
	A servidão administrativa é uma forma de expressão do poder de policia do Estado.
	
	A servidão administrativa corresponde a um direito de natureza pessoal.
	
	A função social da propriedade, a supremacia do interesse público e o direito incondicional à propriedade, fundamentam as diversas formas de intervenção do Estado.
	
	
	
	5a Questão (Ref.:201403095764)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	(OAB/CESPE) Em relação à desapropriação, pode-se afirmar:
		
	
	o processo de desapropriação pode ser contestado por motivo de evicção em relação ao imóvel expropriado;
	 
	a desapropriação é uma forma originária de aquisição da propriedade;
	
	o requerimento para imissão provisória na posse pode ser renovado por duas vezes, no prazo de 360 dias contados da alegação de urgência;
	
	é necessário que se conheça o proprietário da coisa para se ajuizar a ação expropriatória;
	
	
	
	6a Questão (Ref.:201403095672)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	(OAB /CESPE)- Quanto à responsabilidade extracontratual do Estado, assinale a opção correta.
		
	
	A vítima de dano causado por ato comissivo deve ingressar com ação de indenização por responsabilidade objetiva contra o servidor público que praticou o ato.
	
	Não há responsabilidade civil do Estado por dano causado pelo rompimento de uma adutora ou de um cabo elétrico, mantidos pelo Estado em péssimas condições, já que essa situação se insere no conceito de caso fortuito.
	
	Proposta a ação de indenização por danos materiais e morais contra o Estado, sob o fundamento de sua responsabilidade objetiva, é imperioso que este, conforme entendimento prevalecente, denuncie à lide o respectivo servidor alegadamente causador do dano.
	 
	Prevalece o entendimento de que, nos casos de omissão, a responsabilidade extracontratual do Estado é subjetiva, sendo necessário, por isso, perquirir acerca da culpa e do dolo.
	
	
	
	7a Questão (Ref.:201403205419)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	VII Exame de Ordem Unificado
O Município Y promove o tombamento de um antigo bonde, já desativado, pertencente a um colecionador particular. Nesse caso,
		
	 
	o proprietário do bem, mesmo diante do tombamento promovido pelo Município, poderá gravá\u2010lo com o penhor.
	
	o proprietário poderá alienar livremente o bem tombado, desde que o adquirente se comprometa a conservá\u2010lo, de conformidade com o ato de tombamento.
	
	o proprietário fica impedido de alienar o bem, mas pode propor ação visando a compelir o Município a desapropriar o bem, mediante remuneração.
	
	o proprietário pode insurgir\u2010se contra o ato do tombamento, uma vez que se trata de um bem móvel.
	
	
	
	8a Questão (Ref.:201403654234)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	O Poder Público Municipal lançou mão, urgente e transitoriamente, de um prédio de quatro andares, pertencentes a João da Costa, empresário do ramo de equipamentos de informática, para atender demanda de perigo iminente. Nesse caso, ele o fez, corretamente, por meio de:
		
	 
	Requisição
	
	Servidão administrativa
	
	Desapropriação indireta
	
	Limitação administrativa
	
	Tombamento
	
	
	
	9a Questão (Ref.:201403612361)
	Acerto: 0,2  / 0,2
	Sobre a responsabilidade civil do Estado, segundo entendimento dos Tribunais Superiores, assinale a alternativa correta:
		
	
	As prestadoras de Serviço Público responderão de forma subjetiva caso a vítima seja usuária do serviço e objetiva caso a vítima não seja usuária do serviço.
	 
	O oficial da polícia à paisana que se envolve em tiroteio em transporte público, com resultado morte de passageiro, obriga o Estado a indenizar a vítima ou sua família no caso de morte.
	
	O suicídio do preso sob custódia do Estado não caracteriza obrigação do Estado indenizar a não ser que fique provada a desídia da vigilância dos presos.
	
	O preso fugitivo que volta a cometer crime, a qualquer tempo após a sua fuga,