Farmacognosia   introdução
41 pág.

Farmacognosia introdução


DisciplinaFarmacognosia2.901 materiais27.022 seguidores
Pré-visualização2 páginas
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
FACULDADE MAURÍCIO DE NASSAU
CURSO DE FARMÁCIA
DISCIPLINA: FARMACOGNOSIA PURA
PROFª. DRª.: CAROLINE D. S. ARARUNA
@profcarolararuna caroline.dsiq@gmail.com
Deriva do grego
Pharmakón (fármaco)
gnosis (conhecimento)
É o ramo mais antigo das
ciências farmacêuticas e tem
como alvo de estudo os
princípios ativos naturais,
sejam animais, vegetais ou
microbianos;
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
DEFINIÇÃO	DE	FARMACOGNOSIA
Deriva do grego
Pharmakón (fármaco)
gnosis (conhecimento)
É o ramo mais antigo das
ciências farmacêuticas e tem
como alvo de estudo os
princípios ativos naturais,
sejam animais, vegetais ou
microbianos;
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
DEFINIÇÃO	DE	FARMACOGNOSIA
¨ Tem aplicação simultânea de várias disciplinas científicas
com o objetivo de conhecer fármacos naturais sob todos
os aspectos;
¨ É uma ciência multidisciplinar que contempla o estudo das
propriedades físicas, químicas, bioquímicas e biológicas
dos fármacos ou dos fármacos potenciais de origem
natural, assim como busca novos fármacos a partir de
fontes naturais.
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
DEFINIÇÃO	DE	FARMACOGNOSIA
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
IMPORTÂNCIA
Estudo e descoberta de
novos fármacos de origem
natural à Selecionar,
caracterizar e produzir
drogas novas para o
tratamento de doenças
humanas.
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
DIVISÕES	
FARMACOGNOSIA
GERAL OU PURA ESPECIAL OU APLICADA
Conhecimentos
básicos e comuns
necessários para o
estudo e pesquisa dos
produtos naturais
Estudo particular de cada uma das drogas vegetais
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
CONCEITOS	FARMACOGNÓSTICOS	BÁSICOS
MATÉRIA
PRIMA
VEGETAL:
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
CONCEITOS	FARMACOGNÓSTICOS BÁSICOS
MARCADOR: Composto ou classe
de compostos químicos (ex:
alcalóides, flavonóides) presentes
na matéria prima vegetal.
Paullinia cupana
FITOCOMPLEXO
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
CONCEITOS	FARMACOGNÓSTICOS BÁSICOS
MARCADOR: Composto ou classe de compostos químicos (ex:
alcalóides, flavonóides) presentes na matéria prima vegetal.
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
CONCEITOS	FARMACOGNÓSTICOS BÁSICOS
FITOTERAPIA: Terapêutica caracterizada pela utilização de plantas
medicinais em suas diferentes preparações farmacêuticas, sem a
utilização de substâncias ativas isoladas, ainda que de origem
vegetal.
FITOTERÁPICO: Medicamento obtido empregando-se
exclusivamente matérias-primas ativas vegetais.
FITOCOMPLEXO: Nos fitoterápicos, os P.A
não são isolados, mas coexistem com uma
série de outras substâncias presentes na
plantas, e esta diversidade de substâncias
existentes é chamada de fitocomplexo.
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
CONCEITOS	FARMACOGNÓSTICOS BÁSICOS
PRINCÍPIO ATIVO: Substância que possui estrutura química definida
e propriedades farmacológicas determinadas.
Cannabis sativa 
(Maconha)
Tetrahidrocanabinol
(\u25b39-THC)
Coffea arabica (Café) Cafeína
Droga vegetal Princípio ativo
Idade Antiga
Idade Média
Idade Moderna
Contemporânea
Atualmente
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Observando os hábitos dos animais selvagens
Idade Antiga
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Inúmeras espécies vegetais tiveram seus efeitos 
comprovados a partir de experiências efetuadas no 
próprio homem, baseando-se no uso empírico, no 
conhecimento intuitivo que, com o passar do tempo, 
aprenderam a diferenciar as ervas benéficas daquelas 
tóxicas à saúde.
Idade Antiga
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Primeiro relato escrito \u2013 650 a.C.
O rei assírio Assurbanipal fundou uma biblioteca na cidade
de Nínive, que contava com 30.000 ladrilhos de escritura
cuneiforme, dos quais, 200 se referiam ao uso de plantas
medicinais
Idade Antiga
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Dioscórides à primeiro grande
tratado sobre plantas e medicina
¨ De Materia medica - principal
fonte sobre drogas medicinais
desde o século I até o século
XVIII.
¨ 600 plantas, 35 fármacos de
origem animal e 90 de origem
mineral.
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Idade Antiga
¨ Período compreendido entre 476 e 1453 d.C.
¨ Carlos Magno, imperador de Roma (800 d.C.),
aconselhou em seu veredicto Capitulares de Villis, o
cultivo de plantas medicinais em toda Europa Ocidental
¨ Foi nesse período que surgiu o \u201cElixir da longa vida\u201d (70 
plantas)
Idade Média
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ As novas descobertas botânicas e farmacognósticas desta
época, surgiram com as grandes viagens e colonizações de
novas terras
Idade Moderna
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Conhecimento de novos alimentos e novas drogas
Idade Moderna
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Paracelso (\u201cPai da Farmacoquímica\u201d)
TEORIA DA ASSINATURA (Signatura Rerum)
¨ \u201cDeus criou as plantas e também proporcionou a chave,
em sua aparência e morfologia, para saber qual era a
virtude interna pela qual, poderiam aplicar-se a
determinados males\u201d
Idade Moderna
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Idade Moderna
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Idade Moderna
Cenoura rica em vitaminas e
antioxidantes como o betacaroteno.
Reduz o desenvolvimento de
cataratas e fortalece a irrigação
sanguínea.
Tomate rico em licopeno que
reduz o risco de doenças
cardiovasculares.
Figo têm a capacidade de
aumentar a mobilidade, o número
do esperma e prevenir a
infertilidade.
Batata doce rica
em betacaroteno que
previne a degeneração
do pâncreas e libera
açúcar gradualmente,
diminuindo a resistência
à insulina.
Abacate é uma boa
fonte de ácido
fólico
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Idade Moderna
Gengibre é um do
principais benefícios do
gengibre é ajudar na
digestão. Tônico e calmante
do estômago para casos
de enjôo e vômitos.
Cogumelo consumo pode melhorar
a audição. Isto porque o cogumelo
é rico em vitamina D. Esta vitamina
ajuda a fortalecer os ossos.
O Aipo é extremamente parecido
com os ossos do corpo humano.
Ambos são compostos por 23% de
sódio. O Aipo é também composto
por silício que faz parte da
estrutura molecular dos ossos.
Este fortalece e dá resistência.
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ A Farmacognosia consolidou-se com o estabelecimento do
estudo da histologia vegetal e isolamento dos princípios
ativos
Idade Contemporânea
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Idade Contemporânea
FARMACOGNOSIA
FARMACOLOGIA
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Final do século XIX
¨ Surge a Química Farmacêutica com a síntese de um
grande número de substâncias orgânicas, tendo algumas
atividades terapêuticas.
Idade Contemporânea
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Idade Contemporânea
FARMACOGNOSIA
FARMACOLOGIA
QUÍMICA 
FARMACÊUTICA
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ \u201cMorte\u201d da Farmacognosia
(Déc. 40 50 e 60)
¨ Com o surgimento da Química Farmacêutica e o
aprimoramento e desenvolvimento tecnológico
Atualmente
Consegui criar o que 
a Natureza cria
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
¨ Insatisfação com a eficácia e o custo da medicina moderna
¨ Reconhecimento pela Indústria Farmacêutica do valor das
plantas de uso popular
¨ Uso das plantas como fonte de medicamentos ou uso dos
constituintes como protótipos de novos fármacos
Atualmente
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Atualmente¨ A farmacognosia é interdisciplinar
Botânica
Farmacotécnica
Farmácia clínica
Farmacologia
Etnofarmacologia
Zoologia
Agronomia
Química
Física
Toxicologia
INTRODUÇÃO À FARMACOGNOSIA
HISTÓRICO
Atualmente¨ A farmacognosia é interdisciplinar
Botânica
Farmacotécnica
Farmácia clínica
Farmacologia