APOL TEORIAS  DA  COMUNICAÇÃO
3 pág.

APOL TEORIAS DA COMUNICAÇÃO


DisciplinaTeoria da Comunicação I1.994 materiais92.537 seguidores
Pré-visualização1 página
\u201cA teoria hipodérmica surgiu no início do século XX, com forte influência da psicologia comportamental. Foi a primeira tentativa de explicar os efeitos dos meios de comunicação de massa sobre a sociedade\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: OLIVEIRA, Ivan Carlo Andrade de. A teoria Hipodérmica. In: In: SOUZA, R. M. V.; MELO, J. M.; MORAIS, O. J. (Org.). Teorias da comunicação: Correntes de pensamento e metodologias de ensino. São Paulo: Intercom, 2014. p. 34. 
Considerando o extrato de texto e os conteúdos do livro-base Teorias da comunicação: aplicações contemporâneas sobre o nascimento das teorias de comunicação social e a teoria da agulha hipodérmica, leia as alternativas que seguem. Na sequência, assinale aquela que apresenta a assertiva correta:
	
	A
	A teoria da agulha hipodérmica recebeu esse nome devido  à analogia realizada entre sua forma de ação com o efeito de uma injeção; essa teoria foi comprovada e,  até hoje, é válida e utilizada.
	
	B
	A primeira teoria de comunicação foi chamada de Paradigma dos Efeitos Limitados e deu origem à teoria da agulha hipodérmica.
	
	C
	A teoria da agulha hipodérmica prevê a disseminação de uma mensagem de forma circular de um centro até as periferias das massas, de forma homogênea.
	
	D
	A teoria da agulha hipodérmica trabalhava com a perspectiva crítica, reflexiva e, a longo prazo, para o convencimento das massas.
	
	E
	A teoria da agulha hipodérmica previa uma sociedade com fortes laços sociais.
 \u201cTal como um indivíduo, com todas as suas características pessoais, o consumidor traz, dentro de si mesmo, elementos que vão interagir com estímulos exteriores (produtos, propagandas, marcas etc.) e que vão fazer com que ele tenha um comportamento, até´ certo ponto, previsível\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: KARSAKLIAN, Eliane. Comportamento do consumidor. 2. ed. 6. reimpr. Sa~o Paulo: Atlas, 2012. p. 14. 
Após a leitura dessa informação e dos conteúdos do livro-base Teorias da comunicação: aplicações contemporâneas, analise as afirmativas que seguem sobre comportamento de compra dos consumidores. Na sequência, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas: 
I. ( ) Market share consiste no grau de participação de uma empresa no seu mercado consumidor.
II. ( ) O \u201cporquê\u201d da compra não é visível, mas o comportamento de compra de um indivíduo pode ser mensurável.
III. (  ) Os comportamentos de compra são difíceis de serem visualizados e também são pouco previsíveis.
IV. ( ) As campanhas publicitárias tentam induzir o consumidor ter respostas aleatórias e de longo prazo.
Agora, marque a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	V \u2013 F \u2013 V \u2013 F
	
	B
	V \u2013 F \u2013 V \u2013 V
	
	C
	F \u2013 V \u2013 V \u2013 F
	
	D
	V \u2013 V \u2013 F \u2013 F
	
	E
	F \u2013 V \u2013 F \u2013 F
\u201cAssim se especificam as duas coordenadas que orientam esta teoria dos mass media: a primeira representada pelos estudos sobre as características dos destinatários que intervêm na obtenção do efeito; a segunda, representada pelas pesquisas sobre a organização ótima das mensagens com finalidades persuasivas\u201d.
 Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: WOLF, M. Teorias da Comunicação. Lisboa: Editorial Presença, 1999. p. 35.
 Considerando a passagem de texto anterior e os conteúdos do livro-base Teorias da comunicação: aplicações contemporâneas sobre os estudos da persuasão dos meios de comunicação na década de 1940, percebeu-se uma mudança na abordagem das teorias de comunicação e uma ampliação da teoria da agulha hipodérmica. Sobre essas mudanças, leia as alternativas que seguem e, na sequências, assinale aquela que contém a assertiva correta:
	
	A
	Os efeitos ilimitados dos meios de comunicação já foram observados na década de 1940, quando pesquisas apontaram para a fraca influência da comunicação face a face.
	
	B
	A abordagem dos meios de comunicação, por meio da comunicação global, ganhou força e aceitação com as massas.
	
	C
	O viés comportamentalista, apesar de ser suficiente para análise do mercado, acabou substituído por outras formas de pesquisa.
	
	D
	A abordagem adotada deixa de lado as questões individuais, reorganiza a cultura de massa e a mensagem padronizada para diferentes indivíduos.
	
	E
	A abordagem adotada tem base nas questões subjetivas e no indivíduo e, agora, busca adequar a mensagem ao sujeito.
\u201cO conceito de fluxo em duas etapas (two step flow) foi e continua sendo muito importante na compreensão da dinâmica de influência dos meios, no papel de mediadores e estimulou estudos e intervenções voltados para o trabalho junto aos líderes de opinião [...]\u201d. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FRANÇA, V. V. Curso básico de teorias da comunicação. Belo Horizonte: Autêntica Editora, 2016. p. 69. 
Considerando o fragmento de texto apresentado e os conteúdos do livro-base Teorias da comunicação: aplicações contemporâneas sobre a teoria da comunicação em duas etapas (two-step flow), analise as alternativas que seguem. Na sequência, assinale aquela que apresenta a assertiva correta:
	
	A
	A teoria da comunicação em duas etapas tem sido utilizada, atualmente, nas redes sociais.
	
	B
	Essa teoria prevê duas etapas para a comunicação: a percepção e a interpretação.
	
	C
	Os líderes de opinião são os receptores finais das mensagens emitidas.
	
	D
	Os grupos de relações são os que primeiro recebem e decodificam as mensagens que são, depois, enviadas para os líderes de opinião.
	
	E
	As duas etapas dessa teoria consistem na emissão da mensagem e na recepção diretamente pelo grupo destinatário final.
\u201cDe concepção totalmente diversa \u2013 que não critica, mas adula a realidade social da sociedade de consumo \u2013 é o fenômeno da pop art, que é expressão não da criatividade popular, que tendemos, com ou sem razão, a idealizar como enraizada num mundo pré-industrial, mas sim da não criatividade, que tem a massa como destinação [...]\u201d.
 Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: DALDEGAN, V. Elementos de história das artes. Curitiba: Intersaberes, 2016. p. 195.
 Considerando estas informações e os conteúdos do livro-base Teorias da comunicação: aplicações contemporâneas, sobre a pop art, assinale a alternativa correta sobre esse movimento artístico e sua relação com as mudanças nos meios de comunicação:
	
	A
	A pop art assumiu elementos da cultura clássica como forma de protesto às mudanças que estavam ocorrendo nos meios de comunicação.
	
	B
	Andy Warhol entendeu as mudanças nos meios de comunicação como uma forma de banalização das belas artes.
	
	C
	A pop art assumiu as mudanças na comunicação como parte do processo da arte e adotou essas mudanças como inspiração estética.
	
	D
	A pop art recebeu esse nome por incorporar elementos da elite da arte e da literatura em suas pinturas.
	
	E
	A estética das obras de Andy Warhol se aproxima da pintura realista.