A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
Relatorio De Estagio Supervisionado EI (1)

Pré-visualização | Página 1 de 2

UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
Prática de Ensino e Estágio Supervisionado em Docência de Educação Infantil
ANA LUCIA ANDRADE ALVES
SÃO GONÇALO DO AMARANTE 2017
UNIVERSIDADE ESTÁCIO DE SÁ
Prática de Ensino e Estágio Supervisionado em Docência de Educação Infantil
 
Relatório exigido como parte dos requisitos para conclusão da disciplina Prática de Estágio Supervisionado em Docência de Educação Infantil do curso de Pedagogia, da Universidade Estácio de Sá, sob a orientação da professora Maria de Fátima R. Fernandes. 
 
 
 
 Curso Pedagogia 
SÃO GONÇALO DO AMARANTE 2017
SUMÁRIO
1 - INTRODUÇÃO
O presente relatório refere-se ao Estágio Supervisionado em Docência na Educação Infantil, no Centro Educacional Poti Cavalcanti, em São Gonçalo do Amarante /RN no período de 25/09 e 19/10 de 2017. Cumprindo 66 horas de estágio, na turma do Pré II, onde estão matriculadas 26 crianças da faixa etária 5/6 anos.
São relatadas aqui as atividades dentro e fora de sala de aula, a relação com a equipe escolar e também com os responsáveis. E principalmente a interação com a turma e professora.
O estágio tem por objetivo observação e participação da rotina da instituição, tal como analisar a implementação do Plano Político Pedagógico, conhecer a estrutura e o funcionamento escolar, a oportunidade de planejar e oferecer uma atividade pedagógica.
A experiência de Estágio colaborou grandemente na minha formação, proporcionando a visão do confronto teoria-prática, de desenvolver e acumular conhecimento, apesar do curto período.
No primeiro Capítulo descrevo sobre o funcionamento, a estrutura e contexto sócio econômico, o cotidiano, apresentando também sobre o cuidar, brincar e educar. 
No segundo Capítulo, a descrição da turma, sua rotina, atividades e análise das mesmas. Está inserido neste capitulo o Projeto Pedagógico e os anexos, que desenvolvi com a turma.
E o terceiro Capítulo aborda as considerações finais acerca do Estagio, e bibliografia, concluindo o trabalho.
CAPÍTULO I - CARACTERIZAÇÃO DA ESCOLA E DO COTIDIANO
O Centro Educacional Poti Cavalcanti pertence à rede Municipal de ensino, é uma escola de porte pequeno, oferece Educação Infantil, Ensino fundamental I e EJA. Possui cerca de 481 alunos totalizados nos 3 turnos. Os alunos são da própria comunidade.
1.1 - Caracterização da escola
O Centro Educacional Poti Cavalcanti está localizado na Rua Bacharel Raimundo Mendes, 525, Novo Amarante, na cidade de São Gonçalo Do Amarante – CEP: 59290-000. A escola da rede municipal possui 481 alunos no Ensino Infantil, Ensino Fundamental I e EJA. Na educação infantil, o número de alunos matriculados é 65. O imóvel é térreo.
Possui abastecimento de agua, luz, rede de esgoto, coleta de lixo. Não oferece outros serviços à comunidade, além da educacional.
Conta com 11 salas de aula, 19 turmas, sendo 4 de Educação infantil, 2 em cada turno. Todas as salas possuem dois ventiladores e são bem arejadas. As mesas e cadeiras são de acordo com a idade das crianças.
O quadro funcional é composto por diretora, vice-diretora, secretário, coordenadora pedagógica, 11 professores, incluindo 7 estagiários. No apoio, são 3 cozinheiras (que também fazem serviços gerais) em horário integral, e 2 auxiliares de portaria, um por turno. A equipe se mostra muito entrosada e cooperativa, revelando ótima relação com as crianças.
Por não haver refeitório as crianças menores recebem a merenda na sala enquanto os maiores vão buscar. Há uma boa cozinha espaçosa. E bem equipada, com uma mesa para o café. A sala dos professores é um bom espaço, com livros e onde se reúnem e fazem os lanches. Possui também um banheiro, uma despensa, um almoxarifado e banheiros masculino e feminino para uso dos alunos.
A escola conta ainda com sala de vídeo com televisão, aparelho de dvd, aparelho de som e projetor onde em um dia especifico assistem filmes, laboratório de informática bem equipado com 10 computadores e 3 mesas interativas. E uma sala de recursos multifuncionais para Atendimento Educacional Especializado, para crianças especiais. Apesar de não possuir local para biblioteca, alguns livros estão dispostos em uma sala de aula designada para isso.
Há uma quadra coberta, na parte de trás da escola, onde ás segundas feiras é cantado o Hino Nacional e o de São Gonçalo. No local, também acontecem alguns eventos e as crianças brincam na hora do recreio.
A escola não possui Projeto Político Pedagógico, conforme informou a coordenadora, e as professoras fazem planejamento uma vez por semana. Reuniões com responsáveis são esporádicas, somente para tratar de assuntos sobre festas ou eventos que se necessite ajuda financeira, como por exemplo, a formatura de fim de ano. A avaliação se dá através de observação e registro de atividades. As professoras têm total autonomia para planejar e conduzir os planos de aula e atividades. 
1.2- Cuidar, brincar e educar.
 
Cuidar, educar e brincar está relacionado em uma só ação que é de promover e estimular o desenvolvimento e aprendizagem da criança. E inicia desde a entrada, com a maneira de recepciona-los, até o momento de entregá-los aos responsáveis. No Centro Educacional Poti Cavalcanti, nas turmas de educação infantil, a professora aguarda na sala para receber as crianças com um bom dia e passando alguma informação aos responsáveis, enquanto as crianças procuram seus lugares. É oferecido um desjejum. Logo após, formam a rodinha para dar início a rotina escolar. Várias músicas são acompanhadas pelas crianças alegremente, uma delas é a Janelinha, a professora pergunta como está o tempo, depois o dia da semana. Caso seja segunda feira, cada um é estimulado a contar sobre seu fim de semana. Ao final, é escolhido um menino para contar quantos meninos vieram, uma menina para contar quantas meninas e outra criança para contar o total, terminando com uma oração. Continuando sentados, a professora escolhe um livrinho e conta a história, interagindo bastante com as crianças que são muito participativas. Num segundo momento, eles brincam com os poucos brinquedos ou é distribuído joguinhos pedagógicos, formando-se duplas. Essa ação visa ensinar o conceito da divisão e equipe. Às nove horas, levamos em fila para lavar as mãos e aguardamos a chegada da merenda, que é servida na sala de aula. Ao terminar, os alunos vão ao pátio brincar por 15 minutos. Na volta começam as atividades, estas podem ser folhinhas ou atividades colocadas pela professora no quadro da sala de aula.
As brincadeiras são livres, não há um direcionamento. Nessas horas, notei que elas ficam bastante agitadas, falam alto e preferem correr pela sala, ou na quadra. Geralmente a professora tira esse tempo para fazer outra coisa. Jogos e brincadeiras orientados pela professora, a meu ver, teriam maior importância se inseridas nesse espaço de tempo. Segundo Velasco (1996, p78):
Brincando a criança desenvolve suas capacidades físicas, verbais ou intelectuais. Quando a criança não brinca, ela deixa de estimular, e até mesmo de desenvolver as capacidades inatas podendo vir a ser um adulto inseguro, medroso e agressivo. Já quando brinca a vontade tem maiores possibilidades de se tornar um adulto equilibrado, consciente e afetuoso.
CAPÍTULO II - DESENVOLVIMENTO E ANÁLISE DAS ATIVIDADES OBSERVADAS E REALIZADAS
Nesse capitulo, apresento analise, observações e o desenvolvimento das atividades vivenciadas por mim como estagiaria.
 2.1 –