LIVRO U2
55 pág.

LIVRO U2

Disciplina:<strong>direit</strong>10 materiais
Pré-visualização12 páginas
D
IREITO

 EM
PRESA

RIA
L

Direito
Empresarial

K
LS

KLS

Unidade 2

TÍTULOS DE CRÉDITO E AS
PESSOAS JURÍDICAS

Antes de darmos continuidade aos nossos estudos, é essencial
relembrarmos a história e o progresso de seu João, o qual, ao sair de
uma empresa que trabalhou por 10 anos, decidiu ser dono de seu próprio
negócio, materializando este sonho no pet shop “Dog&Cat”. É importante
percebermos que, ao auxiliarmos o seu João em suas indagações quanto
à abertura de sua empresa, conhecemos quais pessoas podem exercer
atividade empresarial, quais são as exigências legais quanto à constituição
de uma empresa, os tipos empresariais existentes em nossa legislação, bem
como quanto à responsabilidade e à capacidade civil que o empresário
deverá ter para que possa desenvolver a atividade empresarial.

E como as indagações não se finalizam em um processo de aprendizado,
seu João, ao abrir, está sujeito a outras situações de cunho do direito
empresarial. Assim, nesta unidade, veremos que o seu João precisará
compreender sobre as exigências do título de crédito e do protesto para que
possa exercer o seu direito quanto ao recebimento deste documento, bem
como compreender a questão do sigilo bancário entre cliente e instituição
financeira, visando à manutenção de toda a sociedade. Desta forma, nesta
segunda unidade de ensino, você terá a oportunidade de conhecer:

• Definição e requisitos legais dos principais títulos de crédito presentes em
nossa legislação (Nota Promissória, Letra de Câmbio, Cheque e Duplicata).

• Procedimentos e exigência quando ao instituto do Protesto.

• Definição e aplicabilidade quanto ao Endosso e o Aval.

Convite ao estudo

U2

60 Títulos de Crédito e as Pessoas Jurídicas

• Compreensão do Sistema Financeiro Nacional.

• Operações Bancárias e o Sigilo Bancário.

A importância destes títulos traz à tona a confiabilidade e exigibilidade
das relações comerciais, visto que a maior parte dessas negociações são
pagas por meio desses títulos de crédito. Sei que deve estar se perguntando:
“Que títulos são estes?”; “Quais são os seus requisitos?”; “Se fazem parte do
cotidiano empresarial, conheço tais títulos, já que consumo”; “Quais aspectos
que um título de crédito deve ter para que possam ser pagos?”.

Assim, nesta unidade de ensino, desenvolveremos a competência
relacionada ao conhecimento e à aplicabilidade dos títulos de crédito, suas
exigências legais e o seu emprego no cotidiano empresarial, analisando seus
reflexos quanto aos sujeitos do direito empresarial; empresa, empresário e
mercado consumidor.

E seu João? Será que compreende os aspectos legais quanto aos títulos
de crédito? Sabemos que ele está iniciando o seu negócio no segmento de
pets, o pet shop “Dog&Cat”, e tem conseguido boas vendas, mas se preocupa
quanto ao recebimento de cheque, pois sabe que é uma forma de dinheiro,
embora não compreenda se há exigências quanto ao preenchimento, bem
como a quem pode recorrer caso não receba pelo valor das mercadorias
vendidas, já que ao comprar recebe um boleto com data de pagamento,
e caso não pague não compreende quais as consequências para ele e seu
negócio.

A saúde financeira de uma empresa está atrelada ao recebimento de
suas vendas, bem como o pagamento correto de seus compromissos. Além
deste aspecto, temos a questão de relacionamento com os fornecedores da
empresa, as questões bancárias e os aspectos legais que implicam à empresa
o não cumprimento das exigências quanto à constituição dos títulos de
crédito. No decorrer de nosso estudo, discutiremos sobre a legislação, os
tipos de títulos de crédito e suas exigências legais a fim de responder às
inquietações de João, e acredito que, agora, suas inquietações também!
Vamos dar os primeiros passos?

U2

61Títulos de Crédito e as Pessoas Jurídicas

Seção 2.1

Conhecendo os títulos de crédito

Em nossos encontros anteriores, conhecemos o seu João, que deu início à sua
empresa, o pet shop “Dog&Cat”. Ele, junto a você, conheceu os requisitos iniciais
do Direito Empresarial, isto é, as pessoas que podem ou não exercer a atividade
empresarial, as exigências e os tipos de constituição empresarial presentes em nossa
legislação e aspectos relacionados à capacidade e à responsabilidade civil da atividade
econômica e do empresário. Em todos esses requisitos, o seu João foi “aprovado”,
bem como compreendeu cada um desses fatores como essencial, não apenas para a
sua vida empresarial, mas para sua vida pessoal, já que estava inserido no mundo dos
negócios como empresário, consumidor e fornecedor.

Neste momento, temos de concentrar os esforços na compreensão do que
vem a ser os títulos de crédito e seus reflexos de acordo com as exigências previstas
no Código Civil e na legislação específica a cada título de crédito para a atividade
empresarial, já que a maioria das negociações no comércio de compra e venda de
produtos ocorre utilizando tal instituto.

Seu João, neste momento, tem à sua frente Grazi, a sua esposa, que o está
auxiliando quanto à estrutura da empresa. Um fato que ela desconhecia é que seu
João locou o prédio no qual localiza o seu pet shop “Dog&Cat”, mas o contrato
ainda não estava formalizado, pois o motoboy tinha deixado aos seus cuidados um
envelope da imobiliária “Negócio Justo” com o contrato de locação e com um post-
it dizendo “FALTA DE FIADOR”. Assim, os “grilos”, que eram exclusivos de seu João,
foram divididos com sua esposa, traduzidos em pensamentos como: “Quem pode
ser fiador?”; “Há exigências legais?”; “Quais são as obrigações do fiador?”; “Se não for
casado, não pode ser fiador?”.

Assim, é essencial, para darmos continuidade em nossa caminhada junto ao
seu João, na realização de sua empresa, conhecermos as questões referentes aos
seguintes assuntos:

• Legislação e conceitos dos títulos de crédito.

Diálogo aberto

U2

62 Títulos de Crédito e as Pessoas Jurídicas

• Classificação dos títulos de crédito.

• Natureza, características e princípios dos títulos de crédito.

Ansioso para começar a trilhar os novos caminhos que possibilitarão ao seu João
realizar o seu objetivo de ter um pet shop? Vamos iniciar os estudos!

No Código Civil brasileiro, o assunto referente aos títulos de crédito é tratado no
título VIII da primeira parte especial no livro chamado “Do Direito das Obrigações”,
embora tal assunto também seja tratado em leis esparsas, como o Decreto-lei
n° 57.663/1996, que aborda sobre a letra de câmbio e a nota promissória; a Lei n°
5.474/1986, que fala sobre a duplicata; e a Lei n° 7.357/1985, que se refere ao cheque
(VIDO, 2013).

Podemos conceituar o título de crédito de acordo com o Código Civil em seus
artigos 887 a 903, como sendo um documento necessário para o exercício literal e
autônomo que nele está contido, devendo este apresentar os seguintes requisitos:

• Data de Emissão.

• Indicação precisa dos direitos que confere.

• Assinatura do emitente.

O não cumprimento de tais exigências poderá modificar alguns fatores do título
de crédito, como: se não conter a data de vencimento, o título torna-se à vista; não
havendo local de emissão e de pagamento, considera-se como local o domicílio
do emitente, fator importante quanto a questões jurídicas que serão abordadas nas
demais unidades.

Os principais tipos de títulos de créditos presentes no direito brasileiro são:

1. Letra de Câmbio.

2. Nota Promissória.

3. Cheque.

4. Duplicata.

Diante da definição, podemos conceituar e compreender os princípios que
constituem os títulos de crédito, os quais são:

Não pode faltar

U2

63Títulos de Crédito e as Pessoas Jurídicas

Quanto à classificação dos títulos de crédito, temos:

• Modelo.

• Estrutura.

• Cartularidade ou incorporação.

• Literalidade.

• Autonomia.

• Abstração.

A cartularidade ou incorporação