A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
8 pág.
Músculos da Expressão Facial

Pré-visualização | Página 1 de 2

Músculos da Expressão Facial
Situam-se logo abaixo da pele. Tem sua origem em ossos, e inserção em pele. São inervados pelo VII par de nervo craneano, Nervo Facial. Vascularizado pela artéria carótida externa.
Músculos do couro cabeludo 
M. occipitofrontal: músculo digástrico (dois ventres)
V. Frontal: 
O: Gálea aponeurótica / Aponeurose epicrânica
I: Pele do supercílio
V. Occipital: 
O: Linha nucal/ occipital superior
I: Gálea aponeurótica / Aponeurose epicrânica
Ação: eleva a pele da fronte e supercílios. Forma pregas horizontais.
Expressão: surpresa, espanto, atenção.
M. auriculares: 
Superior
Anterior
Posterior
Músculos das pálpebras
M. Orbicular do olho: 
O: Quase todo cutâneo; ligamentos palpebrais; lacrimais e maxila.
I: Pálpebras e pele periorbital.
Feixe orbital: proteção do bulbo do olho
Feixe palpebral: fechamentos das pálpebras
Feixe lacrimal: dilata o saco lacrimal
M. corrugador do supercílio:
O: Acima da porção medial da margem supra-orbital do frontal, mais precisamente no arco superciliar.
I: Pele da extremidade lateral do supercílio.
Ação: Puxa o supercílio medialmente. Forma prega vertical na glabela.
Expressão: Reflexão, sofrimento, raiva e dor.
Músculos do nariz
M. Prócero:
O: Osso nasal e cartilagem lateral do nariz.
I: Pele da glabela e supercílio.
Ação: Puxa a pele da glabela para baixo. Forma prega horizontal. 
Expressão: Ameaça, agressão.
M. Nasal:
O: Base do processo alveolar da maxila, próximo a abertura piriforme; Eminência canina.
I: Dirigi-se para o nariz, em duas partes:
Transversa (dorsal): dorso do nariz, porção inferior, unindo-se com o lado oposto. 
Ação: comprime o nariz.
Alar: asa do nariz, cartilagem alar do nariz. 
Ação: dilata o nariz. 
Expressão: desprezo, descontentamento e sensualidade.
M. depressor do septo nasal:
O: depressão entre as eminências alveolares dos incisivos.
I: cartilagem do septo nasal.
Ação: abaixa a asa do nariz.
Músculos da boca
M. Orbicular da boca:
O: Fossas incisivas da maxila e mandíbula.
I: Pele e mucosa dos lábios.
Constritor
Ação: comprime os lábios contra os dentes; fecha a boca; protrai os lábios.
Expressão: raiva, ira.
M. levantador do lábio superior e da asa do nariz:
O: Parte superior do processo frontal da maxila.
I: Pele da borda posterior da asa do nariz e na pele do lábio superior.
Ação: levanta o lábio superior e a asa do nariz (dilata a narina).
Expressão: desaprovação
M. levantador do lábio superior:
O: Margem infra-orbital.
I: Metade lateral do lábio superior.
Ação: eleva o lábio superior para lateral e para cima.
Expressão: desaprovação, desgosto, choro, riso, menosprezo.
M. levantador do ângulo da boca:
O: Fossa canina da maxila.
I: Ângulo da boca.
Ação: levanta o ângulo da boca; move lábio superior súpero-medialmente.
Expressão: riso.
M. zigomático maior:
O: na face lateral do osso zigomático. 
I: pele da região do ângulo da boca.
Ação: levanta e retrai o ângulo da boca (súpero-lateralmente)
Expressão: risada franca.
M. zigomático menor:
O: corpo do osso zigomático, próximo a sutura zigomaticomaxilar. 
I: pele do lábio superior (abaixo da asa do nariz).
Ação: levanta súpero-lateralmente o lábio superior.
Expressão: riso falso.
M. bucinador:
O: processos alveolares da maxila e mandíbula na região molar; ligamento/rafe pterigomandibular (se estende do hámulo pterigoide ao trígono retromolar). 
I: ângulo da boca, lábios superior e inferior.
Ação: estica os lábios (traciona lateralmente o ângulo da boca), provoca uma elevação da pressão interna da cavidade da boca, ao soprar ou mastigar. É perfurado pelo ducto parotídeo e ramos do nervo bucal.
Expressão: sorriso largo, gargalhada.
M. risório:
O: NÃO POSSUI ORIGEM ÓSSEA. Pele da bochecha e fáscia massetérica.
I: pele do ângulo da boca.
Ação: retrai o ângulo da boca.
Expressão: sorrir, riso grácil.
M. depressor do ângulo da boca:
O: região anterior da linha oblíqua externa, próximo a base da mandíbula. 
I: ângulo da boca.
Ação: puxa ínfero-lateralmente o ângulo da boca para baixo.
Expressão: pranto, angústia e tristeza.
M. depressor do lábio inferior: 
O: base da mandíbula medial por baixo do forame mental.
I: pele e mucosa do lábio inferior, pele do mento.
Ação: abaixa o lábio inferior para a lateral e para baixo.
Expressão: impaciência, soberba, cansaço.
M. mentoniano (mentual): 
O: fossa mentoniana (mentual), acima do tubérculo mentoniano.
I: pele do mento.
Ação: enruga a pele do mento; everte o lábio inferior. Forma prega horizontal.
Expressão: Dúvida ou choro.
M. patisma: 
O: base da mandíbula, fáscia parotídea.
I: pele do pescoço, fáscia peitoral. 
Ação: estica a pele do pescoço, forma pregas longitudinais.
Músculos da mastigação
São quatro. Todos ligam a mandíbula ao crânio, se originam no crânio e inserem-se na mandíbula. São inervados pelas fibras motoras do V par de nervo craniano, nervo Trigêmeo, através de sua raiz motora, o nervo mandibular (V3). Vascularizados pelo ramo da artéria carótida externa. São guiados pela oclusão dentária.
M. temporal:
O: Soalho da fossa temporal, osso temporal abaixo da linha temporal inferior, e superfície medial da fáscia temporal.
I: Bordas e face medial do processo coronóide (crista temporal) e borda anterior do ramo da mandíbula.
In: Nervos temporais profundos, ramos mandibular (trigêmeo).
F: Levantar a mandíbula – mais velocidade do que potência- retrai a mandíbula com a porção posterior.
M. masseter:
O: Inferior e medial do arco zigomático.
I: na face externa do ramo da mandíbula, próximo ao ângulo da mandíbula. 
Superficial: porção mais anterior e oblíqua, volumosa. O: borda inferior do arco zigomático (porção zigomática/ anterior do arco). I: no ramo mais inferiormente, atingindo o ângulo da mandíbula (tuberosidade massetérica).
Profunda: porção posterior e vertical, menor. O: borda inferior e face medial do arco zigomático (porção temporal/ posterior do arco). I: mais superiormente no ramo da mandíbula.
In: Nervo massetérico, ramo do mandibular (trigêmeo).
F: Eleva a mandíbula, e mov. de protrusão.
M. pterigóideo – medial:
O: Fossa pterigóidea, face medial da lâmina lateral do Proc. Pterigóide do osso esfenóide.
I: Face interna do ramo da mandíbula, próximo ao ângulo da mandíbula (tuberosidade pterigóidea).
In: Nervo pterigóideo medial, ramo do mandibular (trigêmeo).
F: Eleva a mandíbula, age como sinergista do masseter, e protrusão. 
M. pterigóideo - lateral: relaciona com a ATM. Dois feixes, antagonistas: 
Superior: O: Crista infratemporal do osso esfenóide, envolvendo também a face infratemporal da asa maior do esfenóide. I: Cápsula e disco da articulação temporomandibular. F: Estabiliza o disco articular. 
Inferior: O: Face lateral da lâmina lateral do Proc. Pterigóide do osso esfenóide. I: Fóvea Pterigóidea do Proc. Condilar da mandíbula (na face anterior do colo do côndilo da mandíbula). F: Abertura, protrusão, lateralidade.
In: Nervo Pterigóideo lateral, ramo do mandibular (trigêmeo).
Músculos supra-hióideos
São quatro pares de músculos. Unem ao osso hióide do crânio. Com exceção do estilo-hióideo, todos unem a mandíbula. Sendo classificados como músculos retrusores e abaixadores da mandíbula, portanto antagonistas dos músculos da mastigação.
M. digástrico: dois ventres unidos pelo tendão intermediário.
O: Incisura mastóidea do osso temporal (ventre posterior se continua com o tendão intermediário, que prende ao hióide por meio da alça fibrosa, continuando com o ventre anterior).
I: Fossa digástrica da mandíbula.
In: Ventre anterior: nervo milo-hióideo, ramo alveolar inferior, que é ramo do mandibular (trigêmeo). Ventre posterior: ramo digástrico, nervo facial. 
F: Retrai e abaixa a mandíbula.
M. milo-hióideo: assoalho da boca.
O: Linha milo-hióidea da mandíbula (face interna).
I: Rafe milo-hióidea e corpo do hióide.
In: Nervo milo-hióideo, ramo do alveolar inferior, que é do mandibular (trigêmeo).
F: Eleva o soalho da boca, hióide e língua. Protrai o hióide