Esqueleto Axial e Apendicular - Anatomia Humana
3 pág.

Esqueleto Axial e Apendicular - Anatomia Humana


DisciplinaAnatomia I37.401 materiais275.282 seguidores
Pré-visualização1 página
Esqueleto Axial
O componente axial e apendicular do sistema esquelético de um humano adulto consiste em 206 ossos individuais dispostos para formar o forte e flexível arcabouço do corpo.
 O esqueleto axial consiste nos ossos que formam o eixo do corpo, sustentam e protege os órgãos da cabeça, pescoço e tronco. Os componentes do esqueleto axial são os seguintes:
1. Crânio: O crânio consiste em dois conjuntos de ossos: os ossos do crânio que formam crânio, ou caixa encefálica, e os ossos da face que dão suporte aos olhos, ao nariz e formam o arcabouço ósseo da cavidade oral.
 Os ossos do crânio envolvem o encéfalo e os órgãos dos sentidos associados. Composto por ossos cranianos e ossos faciais. Os ossos do crânio são afastados por tecido fibroso na fase em que o feto está em desenvolvimento e também na infância. Entre os ossos em desenvolvimento, existem os fontículos, pequenas áreas de tecido conjuntivo membranáceo, que permitem ao crânio alterar sua forma durante o parto e adaptam o cérebro durante o crescimento da infância. Os fontículos sofrem a ossificação por volta dos 20 a 24 meses de idade.
Suturas: Articulação móvel que une os ossos do crânio. Temos:
Sutura coronal, Sutura sagital, Sutura lambdoide e Sutura escamosa.
No crânio á 22 ossos
14 ossos da face:
Maxila (2), palatino (2), zigomático (2), lacrimal (2), nasal(2), vômer(2), concha nasal inferior(2), mandíbula(2).
8 Ossos do crânio:
Frontal (1), parietal (2), occipital (1), temporal (2), esfenoide (1), etmoide (1).
2. Ossículos da audição: Três ossículos da audição (\u201cossos da orelha\u201d) estão presentes na cavidade da orelha média em cada orelha e servem para transmitir impulsos sonoros.
6 Ossículos da audição: martelo(2), bigorna(2), estribo(2).
3. Osso hioide: O osso hioide está localizado acima da laringe (\u201ccaixa de voz\u201d) e debaixo da mandíbula. Sustenta á língua e auxilia na deglutinação.
1 Osso hioide .
4. Coluna vertebral: A coluna vertebral consiste em 26 ossos isolados separados por discos intervertebrais cartilaginosos. Na região pélvica, várias vértebras estão fundidas para formar o sacro que é a porção de fixação do cíngulo do membro inferior. Algumas poucas vértebras finais estão fundidas para formar o cóccix (\u201cosso da cauda\u201d).
As vértebras dão sustentação ao crânio, envolvem e protegem a medula espinal, são móveis, possibilitam a fixação dos músculos do tronco e articulação com as costelas. Os discos intervertebrais permitem a flexibilidade da coluna vertebral e absorvem impactos verticais.
A coluna vertebral dispõe de 33 vértebras, sendo 26 móveis: 7 cervicais, 12 torácicas, 5 lombares e 5 sacrais fundidas(sacro) e 4 coccígenas fundidas(cóccix). Discos fibrocartilaginosos intervertebrais separam ás vértebras, as quais permitem movimentos limitados da coluna vertebral. Há entre as vértebras aberturas denominadas forames intervertebrais que proporcionam a passagem de nervos espinais.
Estruturas das vértebras: As vértebras diferem em tamanho, forma e detalhe de acordo com a região da coluna, mas são similares estruturalmente. Uma vértebra típica consiste em: corpo, arco vertebral e sete processos.
As vértebras são numeradas por região, da superior para a inferior.
Vértebras cervicais: São sete ás vértebras cervicais, c1 ( o atlas, que sustenta o crânio), c2( o áxis ( permite que a cabeça faça o movimento de rotação), e de c3 a c7 são semelhantes á vértebra típica, exceto a c7 que tem um processo espinhoso grande.
Vértebras torácicas: Há 12 vértebras t1a t12. São mais fortes que maiores que as cervicais, suas superfícies são denominadas fóveas, permitem a articulação das costelas.
Vértebras lombares: Há cinco vértebras, L1 a L5. São maiores e mais fortes da coluna vertebral.
Vértebras sacrais e coccígenas: A união de 5 vértebras, S1 a S5, origina o sacro. O saco proporciona uma base firme para o cíngulo pélvico.
5. Caixa torácica: A caixa torácica forma o arcabouço ósseo e cartilaginoso do tórax. Articula-se posteriormente com as vértebras torácicas e incluem os 12 pares de costelas, o osso plano esterno e as cartilagens costais que ligam as costelas ao esterno. Tem a função de envolver e proteger os órgãos torácicos e abdominais superiores, além de importante contribuição na respiração.
Caixa torácica \u2013 25 ossos
Costelas (24) e esterno (1).
O esterno é o osso alongado e plano, situado no centro da parede torácica anterior. Dividi-se em manúbrio, porção superior; o corpo, porção média; e o processo xifoide, porção inferior.
Costelas: A cavidade torácica contém 12 pares de costelas, que se articula com suas vértebras torácicas. Os primeiros setes pares de costelas são ligados ao esterno pela cartilagem costal, denominadas costelas verdadeiras. Os pares restantes são chamados de costelas falsas por não se fixarem ao esterno. Os dois últimos pares de costelas são chamados de costelas flutuantes por se fixarem somente ás vértebras torácicas. Os espaços entre as costelas são chamados de espaços intercostais, compostos por músculos, vasos sanguíneos e nervos intercostais.
Esqueleto Apendicular
 É constituído por ossos dos membros superior e inferior e pelos ossos dos cíngulos que firmam os membros ao esqueleto axial. Os componentes do esqueleto apendicular são os seguintes:
1. Cíngulo do membro superior: Os pares de escápulas e de clavículas são os componentes apendiculares do cíngulo do membro superior, e o esterno é o componente axial. A principal função do cíngulo superior é propiciar a fixação para os músculos que movimentam o braço e o antebraço.
2. Membros superiores: Cada membro superior contém o úmero (proximal) no braço, ulna e rádio no antebraço, e os ossos carpais, ossos metacarpais e as falanges (ossos dos dedos) da mão.
3. Cíngulo do membro inferior: Os dois ossos do quadril são os componentes apendiculares do cíngulo do membro inferior, e o sacro é o componente axial. Os ossos do quadril estão unidos anteriormente pela sínfise púbica e posteriormente pelo sacro. O cíngulo do membro superior suporta o peso do corpo através da coluna vertebral e protege as vísceras do inferior da cavidade pélvica.
4. Membro inferior: Cada membro inferior contém o fêmur (proximal) na coxa, a tíbia e a fíbula na perna, os ossos tarsais, os ossos metatarsais e as falanges no pé. Além desses, a patela está localizada na face anterior da articulação do joelho, entre a coxa e a perna.
Referências bibliográficas: 
VAN DE GRAFF, K.M; anatomia humana. 6° Ed. São Paulo: Manole (2003)
KAWAMOTO, E.E. Anatomia e fisiologia humana. 2° Ed. Ver e ampl. São Paulo: EPU, 2003.
Amanda
Amanda fez um comentário
muito bom
2 aprovações
Carregar mais