Buscar

RELATÓRIO DE ESTÁGIO EM FARMÁCIA DE MANIPULAÇÃO PRONTO

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 3, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 6, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes
Você viu 9, do total de 14 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você também pode ser Premium ajudando estudantes

Prévia do material em texto

1 
 
FACULDADE DE EDUCAÇÃO DE BACABAL – FEBAC 
CURSO DE FARMÁCIA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE FARMÁCIA MAGISTRAL 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
BACABAL-MA 
 2018 
2 
 
AMANDA NASCIMENTO DE SOUSA 
 ERIDIOSON SILVA DE VASCONCELOS 
 FRANCINEIDE VIEIRA GOMES DOS SANTOS 
 KASSIANE TRABULSI DA COSTA 
 TAYNARA LIMA DOS SANTOS 
 THALIA DINIZ DA SILVA 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO DE FARMÁCIA MAGISTRAL 
 
 
Relatório apresentado para demonstrar as 
atividades de Estágio Curricular obrigatório, 
desenvolvido no 7º período do curso de Farmácia 
como requisito para obtenção de nota tendo como 
orientador a professora Talita Fernandes Neulls. 
 
 
 
 
 
 
 
 BACABAL-MA 
 2017 
3 
 
RESUMO 
A farmácia magistral representa hoje um nicho de mercado para o profissional farmacêutico. 
Possibilita ao farmacêutico ascensão social e econômica com completa realização profissional, 
encontrando na farmácia a possibilidade de exercer com amplitude todas as atividades inerentes 
ao verdadeiro profissional do medicamento. No estágio realizado percebeu-se a importância do 
profissional farmacêutico habilitado para exercer as responsabilidades técnicas de uma 
farmácia de manipulação, planejamento da rotina de atendimento, produção dos medicamentos, 
bem como a prestação de serviços à assistência farmacêutica no que tange às informações sobre 
medicamentos, suas formas farmacêuticas, as vias de administração e posologia, primando 
sempre pelas boas práticas de manipulação, assegurando assim saúde e bem estar da população. 
O estágio de Farmácia Magistral deu aos acadêmicos a oportunidade de conviver com diversos 
tipos de situações aos quais serviram e servirão como experiência e aprendizado, destacando-
se um crescimento pessoal e profissional de cada aluno. 
 
PALAVRAS-CHAVES: Farmacêutico, profissional, estágio, manipulação, magistral. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
4 
 
 
Sumário 
 
1. INTRODUÇÃO ............................................................................................................ 5 
2. JUSTIFICATIVA ......................................................................................................... 6 
3. CARACTERIZAÇÃO DOS CAMPOS DE ESTÁGIO ............................................ 7 
3.1 Identificações do campo de estágio .......................................................................... 7 
4. OBJETIVOS ................................................................................................................. 8 
4.1 Objetivos gerais ....................................................................................................... 8 
4.2 Objetivos específicos ................................................................................................ 8 
5. ATIVIDADES DESENVOLVIDAS ............................................................................ 9 
5.1 Recebimento de receitas .......................................................................................... 9 
5.2 Manipulação de formulação .................................................................................. 10 
5.2.1 Formas sólidas ........................................................................................ 10 
5.2.2 Formas semi-sólidas ................................................................................. 10 
5.2.3 Formas líquidas ........................................................................................ 11 
5.3 Rotulagem das fórmulas manipuladas ................................................................... 11 
5.4 Dispensação das formulações ................................................................................ 12 
6. CONSIDERAÇÕES FINAIS ..................................................................................... 13 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS ..................................................................... 14 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
5 
 
1. INTRODUÇÃO 
 Em Farmácias de Manipulação, são produzidas as chamadas fórmulas 
magistrais, ou seja, os medicamentos prescritos pelo médico, especificando todos os seus 
componentes pelo nome químico, delimitando a sua concentração estabelecendo qual o veículo 
apropriado e a quantidade necessária para o tratamento completo. 
Historicamente, a manipulação é uma parte integrante da prática farmacêutica que, de 
acordo com a Lei nº 5991/73, o conceito de farmácia é: Estabelecimento de manipulação de 
fórmulas magistrais e oficinais, de comércio de drogas, medicamentos, insumos farmacêuticos 
e correlatos, compreendendo o de dispensação e o atendimento privativo de unidade hospitalar 
ou de qualquer outro equivalente de assistência médica (TOKARSKI, 2006). 
A farmácia magistral representa hoje um nicho de mercado para o profissional 
farmacêutico. Possibilita ao farmacêutico ascensão social e econômica com completa realização 
profissional, encontrando na farmácia a possibilidade de exercer com amplitude todas as 
atividades inerentes ao verdadeiro profissional do medicamento. 
O farmacêutico é o profissional apto para exercer a responsabilidade técnica sobre a 
produção, conservação, distribuição e comercialização dos medicamentos de uma forma geral, 
visto que os medicamentos não podem, de forma alguma, serem considerados como qualquer 
outra mercadoria à disposição no comércio, uma vez que atuam diretamente no processo de 
saúde/doença dos usuários. Além disso, o farmacêutico presta assistência aos usuários, no que 
tange às informações sobre medicamentos, suas formas farmacêuticas, vias de administração e 
posologia, além daquelas relacionadas às próprias enfermidades. 
6 
 
2. JUSTIFICATIVA 
No estágio realizado percebeu-se a importância do profissional farmacêutico habilitado 
para exercer as responsabilidades técnicas de uma farmácia de manipulação, planejamento da 
rotina de atendimento, produção dos medicamentos, bem como a prestação de serviços à 
assistência farmacêutica no que tange às informações sobre medicamentos, suas formas 
farmacêuticas, as vias de administração e posologia, primando sempre pelas boas práticas de 
manipulação, assegurando assim saúde e bem estar da população. 
É uma estratégia de profissionalização que complementa o processo de 
ensino/aprendizagem. Consiste na fase de preparação do aluno para o seu ingresso no mercado 
de trabalho, desenvolvendo ações que integram a formação acadêmica do aluno com a atividade 
prático-profissional. 
Este momento de aprendizado no estágio possibilitou a nós estudantes a aplicação 
prática da teoria dada em sala de aula, permitindo assim maior assimilação dos conteúdos, como 
uma avaliação ao acerto da escolha profissional, desenvolvendo habilidades, atitudes e postura 
profissional. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
7 
 
3. CARACTERIZAÇÃO DO CAMPO DE ESTÁGIO 
3.1 Identificação do campo de estágio 
A farmácia de manipulação Special Pharma, localiza-se na cidade de São Luís – MA, 
mais especificamente na Av. Colares Moreira, quadra 121 nº 12, bairro Jardim Renascença, 
com o horário de funcionamento das 08h às 18h de segunda a sexta, e aos sábados de 08h ás 13 
h. A localização Special Pharma está em local bem privilegiado, pois a mesma encontra-se 
próxima a uma das principais avenidas da capital, onde dar acesso a vários bairros, o queproporciona uma grande movimentação de pessoas e a afluência de uma população de utentes 
diversificada. 
Contudo, a farmácia de Manipulação Special Pharma em sua conformação dispõe de 
um escritório, dois banheiros (onde são apropriados com instalações para pessoas deficientes), 
uma copa, uma sala exclusiva para o farmacêutico, uma sala de marketing e RH, uma sala de 
Atenção Farmacêutica, um lavatório, uma sala de líquidos e semi-sólidos, uma sala de sólidos, 
um almoxarifado, uma quarentena e uma recepção, onde vale lembrar, que a mesma dispõe de 
um amplo balcão de atendimentos, prateleiras contendo medicamentos e produtos 
dermatológicos de exposição de desenvolvimento da empresa e demais manipulados. 
De acordo com as normas de segurança, o extintores ficam posicionados em locais 
estratégicos da farmácia. 
Constatou-se que a limpeza de piso, prateleiras, armários e demais localidades é feita 
diariamente mantendo assim um padrão de higienização adequado na farmácia de manipulação. 
 
8 
 
4. OBJETIVOS 
4.1 Objetivos gerais 
 Manipular e garantir a qualidade de insumos farmacêuticos e medicamentos 
magistrais, oficinais e homeopáticos, utilizando as Boas Práticas de Manipulação em Farmácia, 
de acordo com a legislação vigente; 
 Administrar e responder tecnicamente pelas funções especializadas em 
estabelecimentos farmacêuticos; 
4.2 Objetivos específico 
 Atuar na preparação e no controle de qualidade de produtos manipulados; 
 Garantir a dispensação dos produtos manipulados, prestando atenção 
farmacêutica ao paciente; 
 Efetuar atividades de controle de estoque; 
 
9 
 
5. ATIVIDADES DESENVOLVIDA 
5.1 Recebimento de receitas 
Toda receita que chega a Farmácia Special Pharma é computadorizada no sistema de 
receitas recebidas, e também do controle do estoque das matérias primas. Sendo assim 
registrado no sistema os componentes da formulação (princípio ativo e excipientes) de modo 
que o sistema informa a quantidade da matéria prima e o orçamento da compra. 
Após a confirmação da compra o sistema é alimentado informando que a manipulação 
será manipulada e recebe todos os critérios de controles (número da requisição) que cada ficha 
recebe, permitindo assim sua identificação para melhor rastreação. 
A receita é passada também pelo farmacêutico, sendo analisada e em caso de dúvidas 
ou alterações o farmacêutico deve entrar em contato com o profissional responsável. 
O sistema possuem também o fluxograma seguinte, além de permitir a impressão da 
ficha de formulação e também permite a impressão dos rótulos a ser utilizados na embalagem 
do produto final. Assim que o farmacêutico verifica a formulação, é rubricada a ficha, sendo o 
10 
 
responsável pela análise da formulação. Já prontas são encaminhadas para mesa de conferência, 
onde será conferidas e rotuladas. 
5.2 Manipulação de formulação 
A Farmácia Special Pharma possui procedimentos operacionais padrão para todas as 
atividades desenvolvidas na farmácia, inclusive para manipulação das formulações. 
Sendo assim durante os procedimentos o farmacêutico, estagiários e auxiliares de 
laboratório devem seguir os procedimentos descritos pelos os POPs. 
Durante a manipulação das formulações, foram seguidos os procedimentos operacionais 
para cada tipo de manipulação (POP de preparo de produtos liquidas , POP de preparo de 
produtos semi-sólidos e POP de preparo de produtos sólidos) de forma resumida foram 
realizadas da seguinte forma. 
5.2.1 Formas sólidas 
Pós 
a) separar todos os componentes pertencentes à formulação; 
b) pesar cada um deles; 
c) triturá-los em gral; 
d) passar os pós em tamis; 
e) homogeneizar os pós; 
f) acondicionar e rotular. 
Cápsulas 
a) separar os componentes pertencentes à formulação; 
b) pesar os componentes em balança de precisão; 
c) tamisá-los adequadamente; 
d) homogeneizar os componentes com o auxílio de um saco plástico; 
e) colocar as bases das cápsulas a serem utilizadas no encapsula dor (previamente 
limpo com álcool); 
f) preencher todas as cápsulas de maneira uniforme; 
g) fechar as cápsulas cuidadosamente para evitar a perda dos princípios ativos; 
5.2.2 Formas semi-sólidas 
Emulsões 
a) separar os componentes da fase aquosa e oleosa; 
b) pesar em separado cada uma das fases; 
c) juntar os componentes hidrossolúveis; 
d) juntar os componentes lipossolúveis; 
11 
 
e) aquecê-los separadamente até 70ºC; 
f) adicionar uma fase a outra agitando constantemente; 
g) esfriar sob agitação até completa solubilização; 
h) acondicionar e rotular. 
Pomadas 
a) separar todos os componentes da formulação; 
b) pesá-los de maneira adequada; 
c) triturar os pós; 
d) preparar uma pasta dos pós com uma pequena quantidade do próprio veículo da 
formulação ou coadjuvante adequado; 
e) espatular estes componentes com a pomada base até completahomogeneização; 
f) acondicionar e rotular. 
Pastas 
a) pesar as substâncias de natureza sólida e líquida; 
b) triturar os pós; 
c) incorporar uma a outra; 
d) agitar até homogeneizar; 
e) acondicionar e rotular. 
5.2.3 Formas líquidas 
Soluções 
a) pesar as substâncias sólidas e líquidas; 
b) triturar os pós; 
c) incorporar os componentes; 
d)agitar até solubilização total; 
e) filtrar, acondicionar e rotular. 
Suspensões 
pesar os pós; 
a) triturar no almofariz; 
b) tamisar; 
c) misturar no liquído; 
d) agitar; 
e) acondicionar e rotular com a informação: “Agite antes de usar”. 
5.3 Rotulagem das fórmulas manipuladas 
12 
 
Depois que a manipulação é finalizada e a formulação é acondicionada na embalagem 
primária, a mesma é encaminhada para a mesa de conferência, onde será conferida, rotulada e 
embalada. 
O responsável pela manipulação deve encaminhar para a mesa de conferência: a 
embalagem contendo a fórmula manipulada, a ficha da formulação e o rótulo 
(impresso juntamente com a ficha, no início do processo). O manipulador deve rubricar a ficha, 
indicando que foi o responsável pela manipulação da fórmula. O responsável pela conferência 
deve checar: se a quantidade de cápsulas manipuladas está de acordo com a ficha, se o peso/ 
volume da formulação está de acordo com o descrito na ficha (em caso de cremes, loções e 
soluções, por exemplo) e se o rótulo contém as informações equivalentes às da ficha. 
5.4 Dispensação das formulações 
A dispensação de medicamentos está diretamente associada à Assistência Farmacêutica. 
A assistência farmacêutica consiste na orientação e no esclarecimento sobre o medicamento ao 
paciente. As dúvidas referentes à administração, posologia, interações medicamentosas ou 
efeitos colaterais são esclarecidas com o auxílio de bibliografias presentes na farmácia, e 
também através da consulta ao farmacêutico responsável. 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
13 
 
6. CONSIDERAÇÕES FINAIS 
Conclui-se que o estágio de Farmácia de Magistral é essencial no histórico estudantil do 
acadêmico de Farmácia, tendo como principal objetivo a experiência dentro da Farmácia de 
Manipulação, contribuindo em um treinamento que permite que o aluno vivencie a teoria vista 
em sala de aula, colocando-a em prática. 
Em uma Farmácia Magistral deve-se assegurar qualquer terapêutica medicamentosa 
possível, efetuando serviços que possam contribuir para o bem-estar dos pacientes. O 
profissional farmacêutico deve prestar uma excelente assistência farmacêutica, tirando dúvidas 
de pacientes quanto a princípios ativos para a formulação dos medicamentos, qual a melhor 
forma farmacêutica para cada paciente, etc. O Farmacêutico é o responsável pela Farmácia 
Magistral,o mesmo deve estar apto para auxiliar, informar e orientar o paciente desde o 
recebimento de receitas até a dispensação, permitindo um bom atendimento, produtos de 
qualidade, medicamentos individualizados e principalmente a fidelização de clientes. 
O estágio de Farmácia Magistral deu aos acadêmicos a oportunidade de conviver com 
diversos tipos de situações aos quais serviram e servirão como experiência e aprendizado, 
destacando-se um crescimento pessoal e profissional de cada aluno. 
 
14 
 
REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS 
 
ANSEL, H. C.; POPOVICH N. G.; ALLEN JR, L.V. Formas Farmacêuticas &Sistemas de 
Liberação de Fármacos. 6ª ed. São Paulo: Editora Premier, 2000. 568p. 
DIAS, J. P. SOUSA. A farmácia e a história. Disponível em: < 
http://www.ff.ul.pt/~jpsdias/docs/hft_programa.pdf > Acesso em: 17 de ago. 2018. 
TOKARSKI, E. Manipulação amplia participação no mercado. Pharmácia Brasileira, a. III, 
n. 31, Brasília, abril/maio de 2002. 
.

Outros materiais