Avaliação Semana 04
2 pág.

Avaliação Semana 04

Pré-visualização1 página
A. (2.0) Você concorda com a afirmação de Panizzolo? Argumente 
valendo-se do que estudamos. 
Sim, pois o brincar é um direito da criança e é um processo natural no 
desenvolvimento do ser humano. É destacado no texto que a brincadeira deve 
ter um espaço central na Educação Infantil, contudo, este brincar não é um 
brincar sem sentido ou por si só, mas tem objetivos pedagógicos, e quem 
intermedeia este processo é o professor, que garante o aprendizado, valorizando 
os momentos e espaços chaves onde ocorrem as brincadeiras, estas aulas 
requerem um planejamento bem elaborado, além da disponibilização de 
matérias diversificados para organização dos espaços, interações e trocas de 
experiências entre os alunos. 
 
B. (2.0) Quantos tipos de brincar estão presentes na prática da 
professora Amanda? 
Há três áreas do Brincar relacionadas e suas especificidades: 
O primeiro é o brincar fisico; o segundo é o brincar intelectual; por fim 
o terceiro e último é o brincar social/emocional. 
A professora utiliza todas as áreas do brincar e suas especificidades para 
a construção do conhecimento de seus alunos. Primeiro ela utiliza o intelectual 
linguístico na roda onde cada uma fala por sua vez. O segundo momento é 
iniciado a chamada com uma espécie de jogo (relacionado ao brincar 
social/emocional) incentiva ainda o criativo das crianças com a pintura de flores, 
reforçando o habito de higiene antes e depois da refeição, onde ainda se utiliza 
o brincar terapêutico/paralelo , trabalhando o motor amplo com a utilização de 
contato com a areia e a modelagem de massinhas e continua o processo até o 
final do dia relacionando as sub áreas do brincar. 
 
C. (4.0) Considerando a importância do brincar, melhore este dia. Em 
primeiro lugar, a professora Amanda precisa interagir mais com as 
crianças, brincar junto, estar mais próxima. Reescreva o relato inserindo 2 
tipos de brincar físico, 2 intelectuais e 1 social/emocional. Ao fazê-lo, é 
importante indicar entre parênteses o tipo de brincar. 
Amanda é professora de um grupo de 32 crianças de 4 anos. Quando 
chegam à escola, as crianças se sentam na quadra e ficam esperando todos os 
outros amigos chegarem para que possam entrar na sala juntos, de forma 
organizada. Na sala, ao iniciar a rotina, fazem uma roda, em que cada criança 
fala por sua vez, uma após a outra. Em seguida, a professora faz a chamada, 
pedindo que cada criança coloque o seu nome no quadro de feltro. Depois,fazem 
uma contagem para ver quais colegas faltaram no dia(Brincar intelectual/jogos 
de números), convida uma criança para preencher a \u201cjanelinha do tempo\u201d, 
perguntando se chove ou faz sol lá fora, completando o dia da semana e o dia 
do mês. Como o Dia das Mães se aproxima, em seguida a professora entrega 
um desenho mimeografado de flores para as crianças pintarem. Enquanto isto, 
alguns alunos estão brincando com os animais da escola (simpatia e 
sensibilidade) e a professora está em sua mesa, preenchendo o Semanário. 
Saem da sala, fazem a higiene das mãos e vão para o lanche. As crianças 
fazem uma fila e vão para o refeitório. Ao chegar, cantam a música \u201cmeu 
lanchinho vou comer...\u201d. O cardápio é pão com manteiga e laranja. A professora 
serve um lanche e uma laranja para cada criança. Depois do lanche, as crianças 
vão escovar os dentes e depois parque. Brincam de cozinha(brincar intelectual) 
no trepa-trepa, gira-gira, escorregador e com areia. Enquanto brincam, a 
professora fica cuidando para que não se machuquem. 
Depois, voltam para a sala e ela conta uma história e pede para que façam 
um desenho da história. Após o término, entrega ligue-ligue para as crianças. 
Trabalham numa mesa de exposição de quebra cabeça (Brincar físico/motor 
fino) passados vinte minutos, recolhe e entrega massinha. Depois de trinta 
minutos, cantam e dançam a música do final do dia(Brincar físico/Psicomotor). 
Uma a uma pega a sua mochila, se despede da professora com um toque de 
mãos e vai embora. Fim do dia! 
 
Referências: 
MOYLES, J. R- Só Brincar? O Papel Do Brincar Na Educação Infantil. Porto 
Alegre: Artmed, 2002. 
PANIZZOLO, C. O - O Direito À Infância E Ao Brincar. Recife: Pipa, 2013. 
SARMENTO, M. J - As Culturas Da Infância Nas Encruzilhadas Da 2a 
Modernidade- Instituto De Estudos Da Criança Universidade Do Minho.