Relatório Produção de amaciantes - Experimentalmente
6 pág.

Relatório Produção de amaciantes - Experimentalmente

Pré-visualização1 página
Fundação de Ensino de Contagem \u2013 FUNEC \u2013 Unidade CENTEC
Ensino Médio Integrado ao Ensino Técnico
Departamento de Química
Química Industrial
PI \u2013 Processos Industriais
PRODUÇÃO DE AMACIANTE DE ROUPAS E DESINFETANTE
Nomes: Agnes de Lima Alves N° 01 T-1 Turma: 3° Química 2015
Dayane Alves de Freitas 07
Fabricio Dantas da Silva Durval 10
Guilherme Miguel Ferreira 14
Igor Henrique Santos Gomes 15
Data do Procedimento: 13 de Novembro de 2015
Data de Entrega: 16 de Novembro de 2015
Contagem, 16 de Novembro de 2015.
Fundação de Ensino de Contagem \u2013 FUNEC \u2013 Unidade CENTEC
Ensino Médio Integrado ao Ensino Técnico
Departamento de Química
Química Industrial
PI \u2013 Processos Industriais
Agnes Lima Alves
Dayane Alves de Freitas
Fabricio Dantas da Silva Durval
Guilherme Miguel Ferreira
Igor Henrique Santos Gomes
\u201cPRODUÇÃO DE AMACIANTE DE ROUPAS E DESINFETANTE\u201d
Trabalho sobre produção a nível laboratorial de amaciante e desinfetante apresentado à Professora Kênia Lea como requisito parcial para formação dos alunos acima citados na matéria de Processos Industriais ministrada para a turma do Terceiro Ano Integrado do Curso Técnico de Química Industrial da Funec unidade Centec.
Contagem, 16 de Novembro de 2015.
INTRODUÇÃO
Saneantes segundo a ANVISA são substâncias ou preparações destinadas à higienização, desinfecção ou desinfestação domiciliar, em ambientes coletivos e/ou públicos, em lugares de uso comum e no tratamento de água, compreendendo.
Desinfetantes conforme a ANVISA são formulações que têm na sua composição substâncias microbicidas e apresentam efeito letal para microrganismos não esporulados. São eles: De uso geral, Para Indústrias Alimentícias, Para Piscinas, Para Lactários, Hospitalares para superfícies fixas e Hospitalares para artigos semicríticos. Os principais grupos de desinfetantes são:
Cloro e compostos clorados; O acido hipocloroso formado quando cloro livre é adicionado a agua é responsável pela ação antimicrobiana do cloro. Quando adicionado a agua este acido sofre a reação onde libera O´- que é um poderoso oxidante que pode destruir substancia celulares vitais. Quaternário de amônio; Serve como bactericida, são bacteriostáticos, ocorrendo desnaturação de proteínas Formaldeído; Funciona a partir da inativação de proteínas e acido nucleicos dos microrganismos.
Amaciante de roupa é um produto utilizado para tornar os produtos têxteis mais flexíveis e obter uma determinada maciez desejada. A adição de amaciante no final do enxágue faz com que os tecidos fiquem com sensação de maciez, conferindo-lhes propriedades dinâmicas. Isto impede o acúmulo de cargas eletrostáticas em fibras sintéticas, eliminando características desagradáveis, como a propriedade de grudar em vários objetos, barulhos tipo estalos e atração por sujeira os principais ingredientes ativos que estão disponíveis nos amaciantes de roupas são os surfactantes catiônicos de quaternários de amônio conhecidos como base. A formulação de produtos com alta quantidade desses materiais ativos requer um sistema de balanceamento de emulsificantes selecionados. Além dos compostos de amônio e imidazolinas clássicas, cresce o número de outros surfactantes catiônicos com propriedades de amaciamento que são descritos na literatura de amaciantes concentrados, como derivados de poliamônios bisimidazolinas e alquilpiridinas, bem como certos polímeros catiônicos. O Cloreto de Dialquilmetilamônio é um surfactante catiônico de cadeia longa geralmente com quatorze a dezoito carbonos na cadeia, este composto é um dos surfactantes mais utilizados na formulação de amaciante de roupa, e que exibe extraordinário poder de adsorção com respeito as mais variadas superfícies.
OBJETIVO
Realizar a produção de amaciante de roupas e desinfetantes a nível laboratorial.
MATERIAIS E REAGENTES
Materiais (Amaciante) Materiais (Desinfetante)
Béqueres grandes,
Misturador. 
Reagentes
Quaternário de amônio (cloreto benzalcônio 50%)
Renex 95
Brancol
Essência
Formol,
Água
Béqueres 
Misturador
Reagentes
Água
 Base para amaciante 
Corante
Essência 
Formol 37% 
PROCEDIMENTO
Amaciante:
	Procedimento (para 1L) Formulação Base para amaciante
	 40 g Essência 
	qs Corante
	qs Formol 37%
	1g Água 
	
Em 80% de água, adicionou-se a base para amaciante. Misturou-se até ficar homogêneo, evitando a formação de espuma. Adicionou- se o restante da água até completa homogeneização.
Desinfetante 
	Procedimento (para 1L):
	Quaternário de amônio -5 mL,
	Renex 10mL, 
	Brancol 5mL
	, essência 10 ml,
	Formol 1 ml 
	Água 1L.
Juntou-se quaternário de amônio, renex 95, essência e formol, e adicionou a água vagarosamente, sob agitação.
Adicionou-se o brancol e o corante, e depois o formo.
5. RESULTADOS
Obteve-se como resultado os produtos desinfetantes e amaciante com boa viscosidade.
6. DISCUSSÃO DOS RESULTADOS
-Pode-se tomar como discussão que para a produção dos saneantes deve-se tomar cautela para evitar o máximo possível a formação de espuma
-Atenção e cuidado durante as pesagens que precedem o procedimento
7. CONCLUSÃO
Conclui-se que para se obter os saneante de boa qualidade, deve se seguir ao procedimento, fazendo-se apenas ajustes dos reagentes Q.S.P. Utilização do mesmos em locais limitados, devido à validade de seus reagentes. Em suma todos os objetivos da pratica foram concluídos com sucesso
8. REFERÊNCIAS BIBLIOGRÁFICAS
http://www.anvisa.gov.br/saneantes/conceito.htm#O QUE SÃO SANEANTE Acessada em 13/11/2015 
www.crq4.org.br/downloads/saneantes_05_07.pdf Acessada em 13/11/2015
www.saobernardo.sp.gov.br/licenca-de-funcionamento-licenca-sanitaria Acessada em 13/11/2015