Patologias
5 pág.

Patologias


DisciplinaPropedêutica II58 materiais283 seguidores
Pré-visualização1 página
PROPEDÊUTICA CLÍNICA
					TUMOR BENIGNO
	Conceito: de causa desconhecida, contínua, de progressão lenta e autolimitada
FIBROMA
	Conceito: lesão nodular (maior que 5mm e menor que 3cm), em geral submucosa, séssil ou pediculada, apresentando coloração normal da mucosa ou ligeiramente mais clara, composta de tecido conjuntivo denso fibroso (com pouca vascularização), o que determina a consistência firme e elástica
	Localização: mucosa jugal maior ocorrência 
	Etiologia: fator irritante local ou trauma.
	Tratamento: remoção cirúrgica conservadora envolvendo a base da lesão.
	Diagnostico diferencial: Lipoma 
	Idade: Adultos e mulheres
	Prognostico: Favorável
FIBROMA DE CÉLUCAS GIGANTES 
	Conceito: é tumor com características clínico patológicas distintas, apresentando numerosos fibroblastos grandes e de formato estrelado, no TC
	Local: Gengiva maior ocorrência 
	Tratamento: Remoção cirúrgica conservadora envolvendo a base da lesão
	Prognostico: Favorável
	* NÃO É ASSOCIADO A FATORES IRRITANTES LOCAL*
FIBROMA OSSIFICANTE PERIFÉRICO 
	
	Conceito: É um crescimento gengival relativamente comum, que é considerado mais como uma lesão de natureza reacional do que de natureza neoplasica
	Local: Gengiva
	Etiologia: é incerta. Provavelmente o produto mineralizado origina-se de células do periósteo ou do ligamento periodontal
	Caracteristicas Clinícas: lesão nodular, pediculada, com coloração avermelhada, entremeada de áreas esbranquiçadas. Possui pontos de calcificação ou ossificação dentro da lesão 
		* cor varia do vermelho ao rosa (vermelho confundido com granuloma piogenico e as rosas com fibromas)
	Exame complementar: Radiografico. Pois permite visualizar os pontos de mineralização dentro da lesão
	Tratamento: Remoção cirúrgica conservadora envolvendo a base da lesão mais raspagem vigorosa dos dentes adjacentes
HIPERPLASIA FIBROSA INFLAMATÓRIA
	Conceito: Hiperplasia do TC fibroso, semelhante a um tumor, que se desenvolve em associação com as bordas de uma prótese total ou parcial mal adaptada
	Etiologia: prótese mal adaptada 
	Tratamento: Remoção cirúrgica conservadora + prótese nova.
LIPOMA
	Conceito: É um tumor benigno de gordura, sendo uma neoplasia mesênquimal muito comum. Mais frequente no tronco e nas porções terminais.
	Etiologia: incerta
		* metabolismo dos lipomas é completamente independente da gordura normal corporal *
	Local: Mucosa jugal
	Diagnostico diferencial: Fibroma 
	Coloração: Se superficial amarelado, se profunda coloração da mucosa (rosa)
	Tratamento: Remoção cirúrgica conservadora envolvendo a base da lesão
				 GRANULOMAS
GRANULOMA PIOGÊNICO
	Conceito: crescimento comum da cavidade bucal semelhante a um tumor, considerado de natureza nao neoplásica
	Etiologia: fator irritante local ou trauma
	Aparência Clinica: superfície lisa ou lobulada, podendo ser pediculada ou sesil
		*sangramento ao toque fácil
	Coloração: varia de rosa a vermelho ou roxo, dependendo do tempo da lesão
	Sintomatologia: ausente
	Gênero: maior ocorrência em mulheres devido aos efeitos vasculares dos hormônios femininos
	Local: gengiva maior ocorrência 
	Tratamento: remoção cirúrgica envolvendo a base da lesão, com raspagem vigorosa nos dentes adjacentes
GRANULOMA GRAVÍDICO
	Tratamento: remoção deve ser feito somente após a gravidez pelo risco de hemorragia e alta taxa de recidiva, salvo se tiver envolvimento estético e funcional
		- Remoção cirúrgica envolvendo a base da lesão, com raspagem vigorosa nos dentes adjacentes
GRANULOMA PERIFÉRICO DE CÉLULAS GIGANTES 
	Conceito: lesão de tecido mole periférico, com celulas gigantes multinucleadas
	Etiologia: lesão reacional por irritação local ou trauma
	Local: gengiva
		-> prevalência em mandíbula e em mulheres (granuloma M/M)
	Coloração: varia do vermelho (GP) ao vermelho azulado (GPCG)
*Granuloma Central de Celulas Gigantes: é a mesma lesão, porém essa está dentro do osso
		-> granuloma periférica de células gigantes seja. contraparte em tecido mole da lesão central de células gigantes 
	
	Descrição: aumento nodular de base séssil ou pediculada
	Tratamento: remoção cirúrgica conservadora envolvendo a base da lesão, com raspagem vigorosa dos dentes adjacentes
	Prognóstico: bom
				DISTÚRBIOS HEMATOLÓGICOS
LINFOMA DE BURKITT
	Conceito: neoplasia Maligna originada nos linfócitos B, que representa um linfoma indiferenciado
	Etiologia: epstein barr vírus. 
	Localização: ossos gnáticos, com predileção pela mandibula
	Idade: alta prevalecia em crianças.
	Locais: Africa subsaariana e nordeste do brasil
	Sintomatologia: pode ter dor, sensibilidade e parestesia
	Tratamento: responde bem a quimioterapia e em casos mais resistentes a transplante de medula óssea 
MIELOMA MÚLTIPLO
	Conceito: neoplasia maligna relativamente incomum, derivado de plasmocitos,de origem multicentrica dentro do osso 
	Idade: geralmente atinge adultos (60 anos +)
	Gênero: tem predileção por homens
	Etnia: 2x mais frequente em negros
	Sintomatologia: dor na lombar.
	Localização: pode atingir qualquer osso, 30% nos ossos maxilares (gnáticos)
		- fadiga por anemia mielotisica
		- petequias hemorrágicas na pele e na mucosa oral
	Diagnostico definitivo: exames de imagem, exame de sangue e urina pela eletroforese de proteínas.
	Tratamento: quimioterapia + transplante de medula ossea OU talidomia 
	Prognostico: Sombrio
PLASMOCITOMA
	Conceito: proliferação unifocal, monoclonal e neoplasica de plasmocitos que geralmente aparece dentro do osso. Ocorre somente em um osso
	Genero: maior predileção por homem
	Idade: adultos idade media de 55 anos
	Local: na coluna
	Sintomas: aumento do volume e dor	
	Tratamento: radioterapia direcionado ao sítio tumoral 
		- quando acompanhado a longo prazo, a maioria desenvolve mieloma múltiplo 
	Prognóstico: MUITO MELHOR que MM
	
			TUMORES BENIGNOS ORAIS 
NEUROMA TRAUMÁTICO 
	Conceito: é um tumor benigno originario de tecido nervoso, raro em boca que pode se desenvolver com maior freqüência em função de traumas mecânicos
	Aparência clinica: lesão nodular não ulcerada de superfície lisa
	Local: mais comum na região do forame mentual e língua
	Sintomatologia: desde anestesia a dor evidente, podendo ser desde leve sensibilidade ou queimação a dor irradiada
		-> Compressão pelos afastadores bucais, lesão direta por bisturi e tesouras, ou mesmo pela anestesia infiltrativa
		* Única lesão que dói* 
	
	Tratamento: remoção cirúrgica conservadora