A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
ESTÁGIO SUPERVISIONADO EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS  TERE

Pré-visualização | Página 1 de 5

CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL
UNINTER
TERESINHA MARIA DE MORAES RU: 1260510
MARLISE CRISTINA PAULUS KLEMENT RU: 1321427
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS – UTA EDUCAÇÃO E TRABALHO
SANTA HELENA – PARANÁ
2018
CENTRO UNIVERSITÁRIO INTERNACIONAL
UNINTER
TERESINHA MARIA DE MORAES RU: 1260510
MARLISE CRISTINA PAULUS KLEMENT RU: 1321427
RELATÓRIO DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO EDUCAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS – UTA EDUCAÇÃO E TRABALHO
Relatório de Estágio Supervisionado Educação de Jovens e Adultos Apresentado a UTA – Educação e Trabalho, No Curso de Pedagogia Tutor Local Anecler Ascoli – Centro Associado Santa Helena
SANTA HELENA - PARANÁ
2018
SUMÁRIO
INTRODUÇÃO...................................................................................................04
DESENVOLVIMENTO.......................................................................................05
IDENTIFICAÇÕES DA ESCOLA ESTAGIADA
CONCEPÇÃO PEDAGÓGICA DA ESCOLA
DESCRIÇÃO E ANÁLISE REFLEXIVA DAS ATIVIDADES DE ESTÁGIO SUPERVISIONADO
CARACTERIZAÇÕES DOS ESPAÇOS DE OBSERVAÇÃO
CARACTERIZAÇÕES DOS PROFISSIONAIS QUE ATUAM NA ESCOLA ESTAGIADA
DESCRIÇÃO DAS ATIVIDADES DO (A) PEDAGOGO (A)
DESCRIÇÃO E ANÁLISE REFLEXIVA DAS ATIVIDADES DE ESTÁGIO – ENSINO FUNDAMENTAL
O PLANEJAMENTO ESCOLAR........................................................................14 
PLANO DE AULA
CONSIDERAÇÕES FINAIS...............................................................................19
REFERÊNCIAS.................................................................................................21
ANEXOS............................................................................................................22
INTRODUÇÃO
	 Para que possamos ter conhecimento das práticas docentes é preciso fazer o estágio supervisionado, e por meio dele, observar e refletir as práticas pedagógicas. É também através dele que teremos oportunidade de colocar em prática os conhecimentos acadêmicos. O objetivo do estágio é proporcionar ao acadêmico a importância de uma boa interação professor-aluno e vice-versa. 
	A Educação no EJA exige profissionais capacitados, pois atendem jovens e adultos que buscam a escola, pois não puderam por algum motivo acessarem ou permanecerem na escola em idade regular. A maioria deles pertencem a uma classe social com baixo poder aquisitivo, e com freqüência os alunos dessa modalidade possuem baixa auto-estima, muitas vezes reforçada pelas situações do fracasso escolar. Sabemos que o sucesso escolar produz autoconfiança e um grande efeito de segurança na pessoa, enquanto que o fracasso causa grandes estragos na relação consigo mesmo.
	O estágio é um momento muito útil para o estagiário, pois é uma oportunidade de rever e pôr em prática o que aprendeu na teoria. Os métodos utilizados para o bom andamento e aproveitamento deste período em que ocorreu o estágio foram, em primeiro momento, visitar a instituição, consultar com a coordenação quais as disponibilidades da mesma e da professora, receber na sala de aula uma estagiária. E o quanto que esta atividade poderia influenciar na questão do cotidiano da turma do EJA. 
	Tendo um retorno positivo de toda a equipe desta instituição e da turma da qual estivemos presente na sala de aula alcançamos uma experiência positiva, podendo avaliar a postura, métodos e técnicas que a professora utiliza para ministrar seus conteúdos.
 Maria Amélia do Rosário Santoro Franco expõe em sua obra, Pedagogia e Prática Docente (2012) que:
A prática docente é prática pedagógica quando esta se insere na intencionalidade prevista para sua ação. Assim, enfatizo que o professor que sabe qual é o sentido de sua aula para a formação do aluno, que sabe como sua aula integra e expande a formação desse aluno, que tem consciência do significado da própria ação, esse professor dialoga com a necessidade do aluno, insiste na sua aprendizagem acompanha seu interesse, faz questão de produzir aquele aprendizado, pois acredita que este será importante para o aluno. (FRANCO, 2012, p.160)
O estágio que desenvolvemos na sala da (EJA) Educação de Jovens e Adultos, da 3° e 4° etapa do Ensino Fundamental regida pela professora Solange no turno noturno era composto por 15 estudantes, sendo 08 do sexo feminino e 07 do sexo masculino. A turma era mista em idade. Todos conviviam bem, observando com atenção as aulas da professora. Apesar da turma está na terceira e quarta etapa do Ensino Fundamental percebeu-se grandes dificuldades principalmente na alfabetização – letramento, como também na alfabetização matemática.
DESENVOLVIMENTO
IDENTIFICAÇÕES DA ESCOLA ESTAGIADA
 A efetivação do estágio sucedeu-se na Escola Municipal Tancredo Neves, situada na Rua Paraná n° 2521, Bairro Vila Rica, CEP 85892-000, localizada na cidade de Santa Helena, no estado do Paraná. O contato pode ser feito com a escola através do telefone (45) 3268-2270 e pelo e-mail etancredo@gmail.com. Essa instituição é dependente administrativa do município de Santa Helena, tendo seu núcleo regional de educação localizado em Toledo. Oferece a Educação de Jovens e Adultos (EJA) no período noturno.
O estágio foi realizado durante o período de 13 de março de 2018 a 28 de março de 2018, no período noturno, sendo observada a turma da 3° e 4° etapas do EJA na sala a professora Solange Teresinha Seibel ministrava as aulas.
CONCEPÇÃO PEDAGÓGICA DA ESCOLA
	Foram disponibilizadas algumas informações do projeto Político Pedagógico da administração escolar. A instituição proporciona oportunidade de concluir a formação básica por intermédio da Educação de Jovens e Adultos – EJA, focando atenção especial na educação inclusiva, atendendo o público alvo com deficiência visual, auditiva, física, intelectual, etc., capacitando e valorizando o ser humano a se adaptar no convívio social. A escola trabalha no conceito sócio interacionista, ou seja, contribuir para a melhoria das condições educacionais da população, garantindo uma educação de qualidade aos alunos. 
É centrada no ensino e aprendizagem em construção, são dois fatores que a escola trabalha dentro do Projeto Político Pedagógico: Perceber e entender os desafios da realidade escolar, julgando valores e atitudes de respeito pela diversidade de idéias, visando à democratização da cultura. O enfoque do Projeto Político Pedagógico é propiciar a estruturação contínua do conhecimento para a especialização e aprimoramento das práticas docentes, e assegurar que o planejamento didático atenda às necessidades e os objetivos da aprendizagem.
	Os objetivos do projeto são: relacionar as intenções do projeto curricular com os planos de ensino e planos de aula dos professores; reflexão e observação referente às estratégias e metodologias objetivando o trabalho e as expectativas da aprendizagem equivalentes a cada ano do ciclo incluindo a educação inclusiva e o público-alvo da Educação de Jovens e Adultos; aperfeiçoar as práticas docentes visando alcançar as metas e o escopo da aprendizagem a cada ano e ciclo; potencializar o pensamento prático – reflexivo, atribuindo novo sentido na relação entre aprendizagem e o ensino. 
As metas são intensificar em todas as áreas de conhecimento, situações de aprendizagens apropriadas e significativas no ano do ciclo. Alcançar o nível esperado da proficiência dos alunos do ensino fundamental, educação inclusiva e a EJA tendo como parâmetros comparados aos resultados das metas do Índice de Desenvolvimento da Educação Básica – Ideb.
Com base neste contexto, esta proposta pedagógica fundamenta-se em pressupostos e concepções que compreendidos irão nortear a prática pedagógica:
- Sociedade: é organizada e fundamentada em classes e pela luta de classes, apresenta-se hegemonicamente sob a forma capitalista, cujo centro é o capital e o lucro, nesta perspectiva é primordial que a escola busque um processo de aprendizagem que leve o aluno a questionar e atuar consciente e