A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Apol Trabalho Fase C I

Pré-visualização | Página 1 de 3

Questão 1/5 - Educação e Trabalho
Leia o fragmento do texto abaixo.
“Dizer, então, que a educação é um ato político significa dizer que a educação não está divorciada das características da sociedade; ao contrário, ela é determinada pela sociedade na qual está inserida. E, quando a sociedade é dividida em classes cujos interesses são antagônicos, a educação serve a interesses de uma ou de outra das classes fundamentais”.
SAVIANI, Demerval. A pedagogia histórico-crítica, as lutas de classe e a educação escolar. Disponível em: <https://rigs.ufba.br/index.php/revistagerminal/article/view/9697>. Acesso em: 07 nov. 2017.
De acordo com o livro-base Trabalho e Educação: uma perspectiva histórica, práticas de educação e trabalho foram determinantes ao longo da história da humanidade para a produção de diferentes modos de vida. Sobre esses fatos, analise as afirmativas a seguir, assinalando V para as verdadeiras e F para as falsas.
I.   ( ) Na Antiguidade Grega e Romana e da Idade Média, a base técnica artesanal era a mesma.
II. ( ) Algumas características do período feudal foram: lutas entre escravos e homens livres; escassez de conquistas de novos povos; ideologia de igualdade do cristianismo, fortalecimento das relações de servidão; ausência do enfeudamento, presença dos povos bárbaros e pela fraca presença da Igreja e dos princípios do Cristianismo.
III.( ) Nos séculos IX e X, marcado como a era Carolíngia, ocorreu a instituição da escola de palácio, criada pelos reis com o objetivo de formar os indivíduos para a monarquia.
IV. ( ) No século X, os monges se dedicavam à cópia de textos antigos e aos debates teológicos.
Agora, marque a sequência correta.
	
	A
	F – V – V – F
	
	B
	F – V – F – V
	
	C
	V – V – F – F
	
	D
	F – F – V – V
	
	E
	V – F – V – V
Leia o fragmento de texto a seguir:
“Aos que se ocupam da educação escolar, das escolas, da aprendizagem dos estudantes, é requerido que façam opções pedagógicas, ou seja, assumam um posicionamento sobre objetivos e modos de promover o desenvolvimento e a aprendizagem de sujeitos inseridos em contextos socioculturais e institucionais concretos. Os educadores, tanto os que se dedicam à pesquisa quanto os envolvidos diretamente na atividade docente, enfrentam uma realidade educativa imersa em perplexidades, crises, incertezas, pressões sociais e econômicas, relativismo moral, dissoluções de crenças e utopias”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: LIBÂNEO, J. C. As Teorias Pedagógicas Modernas Revisitadas pelo Debate Contemporâneo na Educação. Disponível em: <https://brainly.com.br/tarefa/6853709>. Acesso em: 01 nov. 2017.
Fundamentando-se nos conteúdos das aulas e no livro-base Trabalho e Educação: uma perspectiva histórica, relacione corretamente os princípios educacionais de cada uma das vertentes pedagógicas.
Pedagogia Tecnicista
Pedagogia Tradicional
Pedagogia Escolanovista
Pedagogia Histórico-Crítica
Pedagogia Progressista
(   )  Esta pedagogia tem como princípios que a escola deve se adequar às necessidades individuais dos alunos, os conteúdos são estabelecidos a partir das experiências vividas e o professor assume o papel de auxiliar a criança no processo de aprendizagem. O método é centrado no aluno e a aprendizagem baseada na motivação. De acordo com os estudiosos da relação educação e trabalho no capitalismo, as críticas pontuam no sentido de que os conhecimentos são frágeis e evidencia-se uma valorização dos conhecimentos de senso comum e da pedagogia do aprender a aprender e, nesse sentido, como resultado a escola pública tornou-se ainda mais precária.
(    ) Nesta pedagogia, a proposta é de modelar o comportamento humano por meio de técnicas específicas. Os conteúdos são apresentados numa sequência lógica e a aprendizagem é baseada no empenho. O professor transmite a informação até que o aluno consiga fixa-la. Ela veio para atender a necessidade de formação de mão de obra para o sistema de produtividade. Os métodos e conteúdos são definidos por equipes de secretarias, assessorias e gerentes em busca de operacionalidade.
(    ) Nesta pedagogia, os conteúdos são culturais e universais, aqueles incorporados pela humanidade ao longo da história da sua realidade social. O professor é um mediador entre o saber e o aluno e este atua como participante do processo de aprendizagem. Esta é baseada nas estruturas cognitivas já estruturadas dos alunos. É uma pedagogia que leva em conta os determinantes sociais da educação. Foi proposto numa perspectiva política na medida em que não assumiu o papel de reprodutora do sistema de exploração do capitalismo e nem de defensora dos interesses da classe dominante. Ao contrário, colocou a educação como uma defensora dos interesses da classe oprimida.
(     ) Nesta pedagogia, o papel da escola é o de preparar intelectual e moralmente os alunos para assumirem seu papel na sociedade. A prática pedagógica é massificadora e alienante, as relações são controladas pelas horas de trabalho dentro da escola em que há uma valorização maior da quantidade em detrimento da qualidade de ensino. Os conhecimentos são repassados como verdades absolutas e a relação professor-aluno é caracterizada pelo autoritarismo.
(    ) Esta pedagogia, que tem como um de seus defensores Paulo Freire, tem por finalidade a transformação social. Reivindica o ensino público e gratuito e propõe um relacionamento democrático entre professor e aluno. Coloca a educação numa perspectiva social, política e filosófica e defende que a prática pedagógica precisa estar sempre inserida na prática social. Propõe uma análise crítica da estrutura social e da ideologia dominante, atribuindo aos alunos, o papel de transformadores da sociedade.
 
Agora, selecione a sequência correta.
	
	A
	5 – 3 – 2 – 4 – 1
	
	B
	3 – 1 – 4 – 2 – 5
	
	C
	5 – 4 – 3 – 1 – 2
	
	D
	1 – 3 – 2 – 5 – 4
	
	E
	3 – 2 – 1 – 5 – 4
Questão 3/5 - Educação e Trabalho
Atente par ao excerto de texto a seguir.
“Este modo de produção, o Capitalista, sucedeu o antigo modo e produção feudal, de maneira praticamente absoluta tomou conta das relações de produção, afirmando-se entre o século XVIII e o século XIX, pois de princípio, somente o Socialismo significava uma espécie de contrária a ele, porém, ultimamente nenhuma outra forma de produção concorre com ele, estando presente de forma absoluta, tanto em sociedades desenvolvidas quanto nas sociedades subdesenvolvidas. [...] Então, o capitalista, com uma quantia pequena, em relação ao retorno que terá, compra mercadorias, investindo em instrumentos e objetos de produção e assim, consegue colocar no mercado o produto industrializado por um preço alto, recebendo um lucro absurdo. Esse lucro é obtido através da força humana do proletariado, que a vende e produz objetos exacerbadamente, para dar lucro ao capitalista.”
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: NETTO, José Paulo. Economia Política: uma introdução crítica. São Paulo: Cortez, 2006. p. 26. 
De acordo com o excerto de texto e os conteúdos do livro-base Trabalho e Educação: uma perspectiva histórica, o atual modo de produção de vida capitalista é composto nas relações entre o trabalho assalariado e o capital para a produção de bens. Analise as afirmativas seguintes sobre esses fatos, assinalando V para as verdadeiras e F para as falsas.
I.  ( ) Os produtos e mercadorias pertencem ao capitalista, que lucra com a mais-valia, que vem da diferença entre o valor do produto e o valor do capital envolvido no processo de produção.
II. ( )  O capitalismo tem como características principais: atividades industriais como principal fonte de negócio e lucros, concentração de renda nas mãos da burguesia industrial, que são os grandes donos de indústrias e grande desigualdade social, pois os lucros ficam quase que totalmente com os donos de indústrias.
III.( ) À medida que a produção e o intercâmbio de mercadorias se desenvolvem,