A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
11 pág.
Apol Trabalho Fase C I

Pré-visualização | Página 2 de 3

quando até mesmo a força de trabalho se torna mercadoria, o valor (trabalho abstrato) passa a ser representado pelo dinheiro, uma mercadoria que serve de valor de troca de todas as mercadorias. O dinheiro assume o caráter de capital quando o seu possuidor toma posse dos meios de produção e para acioná-los adquiri a mercadoria força de trabalho.
IV. ( )  As mudanças com a industrialização a partir do século XIX, caracterizada pela introdução de máquinas na produção, revolução científica, Iluminismo e ampliação da divisão do trabalho, não causaram nenhuma mudança no perfil da educação escolarizada.
Agora, marque a sequência correta.
	
	A
	V – F – V – F
	
	B
	F – V – F – V
	
	C
	V – V – V – F
	
	D
	F – F – V – V
	
	E
	F – F – F – V
Questão 4/5 - Educação e Trabalho
Leia o excerto de texto a seguir.
“As tradições clássicas da Sociologia burguesa e da Sociologia marxista compartilham a visão de que o trabalho constitui o fato sociológico fundamental; constroem a sociedade moderna e sua dinâmica central como uma ‘sociedade do trabalho’ [...]. Certamente, todas as sociedades são compelidas a entrar em um ‘metabolismo com a natureza’, através do ‘trabalho’, e a organizar e estabilizar esse metabolismo de forma tal que seu produto garanta a sobrevivência física de seus membros”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: OFFE, Claus. Trabalho: a categoria chave da sociologia? Disponível em: <http://www.anpocs.org.br/portal/publicacoes/rbcs_00_10/rbcs10_01.>. Acesso em: 07 nov. 2017.
De acordo com os conteúdos das aulas e do livro-base Trabalho e Educação: uma perspectiva histórica, o conceito de trabalho está vinculado a uma determinada compreensão da natureza humana. Sabendo disso, responda à seguinte questão: Como essa natureza pode ser definida? Assinale a alternativa correta.
	
	A
	Pode ser definida pelas características biológicas e hereditárias dos seres humanos.
	
	B
	Pode ser definida pela permanente luta dos seres humanos entre si.
	
	C
	Pode ser definida pelo caráter social do trabalho e da educação.
	
	D
	Pode ser definida pela essência emocional e afetiva.
	
	E
	Pode ser definida pelo instinto gregário.
Questão 5/5 - Educação e Trabalho
Leia o fragmento de texto a seguir:
“O sistema educacional, fruto de um processo histórico, configura-se no bojo das relações sociais e de produção, que dividiram e ainda dividem a sociedade em grupos econômicos distintos e, ainda mais, estabelece uma relação entre classes sociais antagônicas”.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: < http://pepsic.bvsalud.org/scielo.php?script=sci_arttext&pid=S1677-98432005000200005>. Acesso em: 17 nov. 2017.
Sobre as relações sociais e a educação, de acordo com o livro-base Trabalho e educação: uma perspectiva histórica, analise as assertivas a seguir e assinale a alternativa correta.
I. No contexto de crise e das consequências por maximização da produtividade capitalista, acentuam-se as perspectivas não críticas das pedagogias e seus respectivos trabalhos didáticos.
                                    Porque:
II. O trabalho alienado ao mundo produtivo corresponde a uma educação emancipadora, voltada para a compreensão da sociedade capitalista e seu movimento.
A respeito dessas assertivas, assinale a opção correta.
	
	A
	As assertivas I e II são proposições que se complementam.
	
	B
	A assertiva I é falsa e a assertiva II é verdadeira.
	
	C
	As duas assertivas são falsas.
	
	D
	A assertiva I é verdadeira e a assertiva II é falsa.
	
	E
	As duas assertivas são verdadeiras.
Questão 1/5 - Políticas Públicas Para Educação de Jovens e Adultos
Leia o fragmento de texto a seguir: 
“A criação do Mobral mobilizou o país por meio da campanha ‘Você também é responsável’, que estimulava a participação da sociedade no novo projeto de educação. [...] Sua tarefa era executar o processo de alfabetização de adultos desde o recrutamento de professores até a construção de salas de aula e distribuição de material didático. [...] O Mobral durou 15 anos - foi extinto em 25 de novembro de 1985 pelo presidente José Sarney - e se transformou num dos maiores fracassos educacionais da história do Brasil.
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: SACONI, Rose. Mobral, fracasso do Brasil grande. <http://brasil.estadao.com.br/noticias/geral,mobral-fracasso-do-brasil-grande-imp-,606613>. Acesso em 17 fev. 2017.
De acordo com os conteúdos no livro-base Educação de jovens e adultos sobre as características do Movimento Brasileiro de Alfabetização - Mobral, analise as afirmativas a seguir e assinale V para as afirmativas verdadeiras, e F para as afirmativas falsas.
	I. ( ) O Mobral tinha independência institucional e financeira face aos sistemas regulares de ensino e aos demais programas de educação de adultos.
	II. ( ) O Mobral era estruturado como uma organização operacional descentralizada, apoiada em comissões municipais incumbidas de promover a realização da campanha de alfabetização nas comunidades.
	III. ( ) O Mobral primava pelo resultado do seu principal e único objetivo, qual seja, o de desenvolver uma educação de base como processo de “conscientização” das camadas populares, para a valorização plena do homem e consciência crítica da realidade, visando sua transformação.
	IV. ( ) O Mobral centralizava as orientações do processo educativo.
Agora, assinale a alternativa que apresenta a sequência correta:
	
	A
	V – F – V – F
	
	B
	V – F – V – V
	
	C
	F – V – V – F
	
	D
	V – V – F – V
	
	E
	F – V – F – F
Questão 2/5 - Políticas Públicas Para Educação de Jovens e Adultos
Leia o seguinte fragmento de texto:  
“[A alfabetização] possibilita uma leitura crítica da realidade, constitui-se como um importante instrumento de resgate da cidadania e reforça o engajamento do cidadão nos movimentos sociais que lutam pela melhoria da qualidade de vida e pela transformação social”. 
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: FREIRE, Paulo. Educação na cidade. São Paulo: Cortez, 1991. p. 68. 
De acordo com os conteúdos do livro-base Educação de jovens e adultos sobre o ensino para o público adulto, analise as afirmativas que caracterizam corretamente a concepção de alfabetização defendida por Paulo Freire como sendo um ato de conhecimento:
I. Escolha de conteúdos mediante uma investigação de palavras e temas geradores, os quais são extraídos da problematização da prática de vida dos educandos.
II. O importante não é transmitir conteúdos específicos, mas despertar uma nova forma de relação com a experiência vivida pelo educando.
III. Memorização dos códigos alfabéticos para aprender a ler e a escrever.
IV. Imposição de palavras para possibilitar a leitura de mundo.
Estão corretas apenas as afirmativas:
	
	A
	III e IV.
	
	B
	I e II.
	
	C
	II e IV.
	
	D
	II e III.
	
	E
	I e IV.
Questão 3/5 - Políticas Públicas Para Educação de Jovens e Adultos
Leia o seguinte fragmento de um artigo:  
“Moacir Gadotti acredita que a criação de um novo termo para designar o que Paulo Freire já obtinha em sua alfabetização é, assim como Emília Ferreiro defende, um ‘retrocesso conceitual’, uma supervalorização do que poderia ser chamada ‘cultura escrita’, desvalorizando a visão de Freire, pois alfabetização passa a ser simplesmente codificação e decodificação, mas, na realidade, em Paulo Freire se ultrapassa esta definição, sua visão é como leitura do mundo que precede a da palavra, visão crítica e que traz transformação”.  
Após esta avaliação, caso queira ler o texto integralmente, ele está disponível em: ARAÚJO, Edmilsa Santana De. Alfabetização e letramento na visão de Paulo Freire. Disponível em: <http://www.editorarealize.com.br/revistas/fiped/trabalhos/Trabalho_Comunicacao_oral_idinscrito__0721f167b554939018b948ecd8443cdf.pdf>.

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.