22 - Aula 01. Morfologia reconhecimento, emprego e sentido das classes gramaticais I. padrões gerais de colocação pronominal no português (1)
145 pág.

22 - Aula 01. Morfologia reconhecimento, emprego e sentido das classes gramaticais I. padrões gerais de colocação pronominal no português (1)


DisciplinaMorfologia1.147 materiais7.048 seguidores
Pré-visualização43 páginas
Livro Eletrônico
Aula 01
Português p/ BANESTES (Todos os Cargos) Com videoaulas - Pós-Edital
Professor: Felipe Luccas
07805561788 - Jakeline de Andrade Silva
 
Prof. Felipe Luccas Rosas www.estrategiaconcursos.com.br 1 de 144 
PORTUGUÊS ± BANESTES 
Aula 01 ± Felipe Luccas Rosas 
 
Sumário 
SUBSTANTIVO ...............................................................................................3 
ADJETIVO ................................................................................................... 13 
ADVÉRBIO ................................................................................................... 26 
ARTIGO ...................................................................................................... 35 
Preposições ................................................................................................. 37 
PRONOMES ................................................................................................. 45 
Pronomes Interrogativos ............................................................................... 45 
Pronomes Indefinidos .................................................................................... 46 
PRONOMES POSSESSIVOS............................................................................. 48 
PRONOMES DEMONSTRATIVOS ...................................................................... 49 
PRONOMES RELATIVOS ................................................................................. 56 
Pronomes de tratamento ............................................................................... 63 
Pronomes Pessoais ....................................................................................... 65 
Colocação Pronominal ................................................................................... 69 
NUMERAL .................................................................................................... 73 
INTERJEIÇÃO ............................................................................................... 76 
PALAVRAS ESPECIAIS ................................................................................... 77 
Mais questões comentadas ............................................................................ 85 
Resumo .................................................................................................... 102 
Lista das questões comentadas .................................................................... 113 
Mais questões comentadas .......................................................................... 134 
Gabaritos .................................................................................................. 144 
 
 
$8/$\ufffd\ufffd\ufffd 
025)2/2*,$\ufffd\ufffd
5(&21+(&,0(172\ufffd\ufffd(035(*2\ufffd(\ufffd
6(17,'2\ufffd'$6\ufffd&/$66(6\ufffd
*5$0$7,&$,6\ufffd,\ufffd\ufffd3$'5®(6\ufffd*(5$,6\ufffd
'(\ufffd&2/2&$d­2\ufffd352120,1$/\ufffd12\ufffd
32578*8Ç6 
07805561788 - Jakeline de Andrade Silva
 
Prof. Felipe Luccas Rosas www.estrategiaconcursos.com.br 2 de 144 
PORTUGUÊS ± BANESTES 
Aula 01 ± Felipe Luccas Rosas 
 
(035(*2\ufffd'$6\ufffd&/$66(6\ufffd, 
Considerações Iniciais 
Vamos lá pessoal. Não se assustem com o número de páginas!!! O espaçamento está 
farto e há muuitas questões comentadas! Você não deve fazer essa aula de 
uma vez! Divida-a em duas, depois tire um momento só para fazer as 
questões que estão ao final! 
Essa aula é fundamental para entendermos análises sintáticas e semânticas mais 
elaboradas que virão. Se você não entende o uso das classes, fica muito mais difícil 
aprender sintaxe e interpretar textos. Aqui, estudaremos oito das dez classes de 
palavras existentes. Além disso, praticaremos muito! Vale a pena estudá-las numa 
mesma aula pois as classes trabalham juntas e precisamos ver esse assunto de forma 
sistemática, com diversos aspectos interligados, incluindo aspectos semânticos e 
sintáticos. 
Todos prontos? Olho no contracheque! 
Atualmente, as palavras da língua portuguesa são classificadas dentro de dez classes 
gramaticais, conforme reconhecidas pela maioria dos gramáticos: substantivo, 
adjetivo, advérbio, verbo, conjunção, interjeição, preposição, artigo, numeral e 
pronome. 
Uma palavra é enquadrada numa classe pelas suas características, embora existam 
muitas palavras que não são enquadradas nas classes tradicionais, pois não funcionam 
exatamente como nenhuma delas. As palavras denotativas parecem advérbios, mas 
não fazem o que o advérbio faz, isto é, não modificam verbo, adjetivos ou outro 
advérbio. 
Algumas classes são variáveis, seguem regras de concordância, ou seja, flexionam-se 
em número e gênero, como o substantivo, o adjetivo, o pronome, o numeral, o verbo. 
Outras permanecem invariáveis, sem flexão, sem concordância, como advérbios, 
conjunções, preposições. Observe: ³-RmR\ufffd p\ufffd ERQLWR\ufffd\ufffd -RDQD\ufffd p feia e seus filhos são 
PHGLDQRV´\ufffd\ufffd³-RmR\ufffdDQGD\ufffdDSUHVVDGDPHQWH\ufffdH\ufffd-RDQD\ufffd\ufffdOHQWDPHQWH´. Na primeira sentença 
há concordância de gênero e número. ,VVR\ufffd SRUTXH\ufffd ³ERQLWR´\ufffd p\ufffd DGMHWLYR\ufffd\ufffd ³VHXV´\ufffd p\ufffd
SURQRPH\ufffd H\ufffd ³ILOKRV´\ufffd p\ufffd VXEVWDQWLYR\ufffd\ufffd WRGDV\ufffd FODVVHV\ufffd YDULiYHLV\ufffd\ufffd 1R\ufffd VHJXQGR\ufffd\ufffd R\ufffd Wermo 
³OHQWDPHQWH´\ufffdQmR\ufffdYDULD\ufffd\ufffdSRUTXH\ufffdp\ufffdDGYpUELR\ufffd\ufffdXPD\ufffdFODVVH\ufffdLQYDULiYHO\ufffd 
Também veremos que há uma estreita relação entre a classe da palavra e sua função 
VLQWiWLFD\ufffd\ufffd 3RU\ufffd H[HPSOR\ufffd\ufffd D\ufffd SDODYUD\ufffd ³KRMH´\ufffd p\ufffd XP\ufffd DGYpUELR\ufffd GH\ufffd WHPSR\ufffd\ufffd GD\ufffd FODVVH\ufffd GRV\ufffd
advérbios. Qual é sua função sintática? É expressão de uma circunstância de tempo, 
XP\ufffdDGMXQWR\ufffdDGYHUELDO\ufffdGH\ufffdWHPSR\ufffd\ufffd-i\ufffdD\ufffdSDODYUD\ufffd³HOH´\ufffdSHUWHQFH\ufffdj\ufffdFODVVH\ufffdGRV\ufffdSURQRPHV\ufffd\ufffd
PDV\ufffd SRGH\ufffd WHU\ufffd YiULDV\ufffd IXQo}HV\ufffd VLQWiWLFDV\ufffd\ufffd GHSHQGHQGR\ufffd GR\ufffd FRQWH[WR\ufffd\ufffd 1D\ufffd IUDVH\ufffd ³HOH\ufffd p\ufffd
ERQLWR´\ufffd\ufffd³HOH´\ufffdp\ufffdVXMHLWR\ufffd\ufffd1D\ufffd)UDVH\ufffd³&RQWHL\ufffdD\ufffdHOH´\ufffd\ufffdWHP\ufffdIXQomR\ufffdVLQWiWLFD\ufffdGH\ufffdREMHWR\ufffdLQGLUHWR\ufffd\ufffd
-i\ufffdQD\ufffd IUDVH\ufffd ³HOD\ufffdQD\ufffdYHUGDGH\ufffdp\ufffdHOH´\ufffd\ufffd WHUi\ufffd IXQomR\ufffdVLQWiWLFD\ufffdGH\ufffdSUHGLFDWLYR\ufffdGR\ufffd VXMHLWR\ufffd\ufffd
Trarei detalhes sobre isso...=) 
Muitas vezes um conjunto de palavras equivale a uma classe gramatical, podendo 
substituir essa palavra sem prejuízo à correção ou ao sentido. Esses conjuntos são 
chamados de locuções e serão classificadas de acordo com a classe que substituem. 
3RU\ufffd H[HPSOR\ufffd\ufffd SRGHPRV\ufffd WHU\ufffd XPD\ufffdSHVVRD\ufffd ³FRUDMRVD´\ufffd \ufffdDGMHWLYR\ufffd\ufffd RX\ufffd XPD\ufffdSHVVRD\ufffd ³FRP\ufffd
FRUDJHP´\ufffd\ufffdORFXomR adjetiva). Observe que um conjunto de duas palavras, usada para 
qualificar o substantivo, substituiu perfeitamente o adjetivo que realizaria essa função. 
 
07805561788 - Jakeline de Andrade Silva
 
Prof. Felipe Luccas Rosas www.estrategiaconcursos.com.br 3 de 144 
PORTUGUÊS ± BANESTES 
Aula 01 ± Felipe Luccas Rosas 
 
SUBSTANTIVO 
O substantivo é a classe que dá nome a seres, coisas, sentimentos, qualidades, ações 
(homem, gato, carro, mesa, beleza, inteligência, estudo...). Em suma, é o nome das 
coisas em geral, é a palavra que nomeia tudo o que percebemos. É uma classe 
variável, pois se flexiona em gênero, número e grau: um gato, dois gatos, três 
gatas, quatro gatinhas, cinco gatonas... 
 
Classificação dos substantivos: 
Relembremos rapidamente as classificações dos substantivos. 
Primitivo: Dá origem a outros substantivos, não traz afixos -prefixo ou sufixo- (Ex: 
Pedra, Mulher, Felicidade) 
Derivado: Deriva de uma palavra primitiva, traz afixos (Ex: Pedreiro, Mulherão, 
Infelicidade) 
Simples: Tem um radical, uma palavra (Ex: Homem, Pombo, Arco) 
Composto: Tem mais de um radical, mais de uma palavra (Ex: Homem-bomba, Pombo-
correio, Arco-íris) 
Comum: Designa uma espécie ou um ser qualquer representativo de uma espécie (Ex: 
Mulher, Cidade, Cigarro) 
Próprio: Designa um indivíduo específico da espécie (Ex: Maria, Paris, Malboro) 
Concreto: Designa um ser que existe por si só, de existência autônoma e concreta, seja 
material, espiritual, real ou imaginário. (Ex: Pedra, Menino, Carro, Deus, Fada) 
Abstrato: Designa ação, estado, sentimento,