A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
10 pág.
Atividade de revisão prod de suinos

Pré-visualização | Página 1 de 2

Atividade de fixação do curso Produção na Suinocultura 
Aula 1: anatomia e fisiologia reprodutiva
Quanto à anatomia e à fisiologia da reprodução suína, classifique as afirmativas abaixo em Verdadeiro (V) ou Falso (F), e em seguida marque a alternativa correspondente.
I. Os testículos são o órgão onde os espermatozoides são produzidos e têm como acessórios o epidídimo e as glândulas produtoras do plasma seminal e gel.
II. O processo de produção dos espermatozoides até sua ejaculação demora aproximadamente 45 dias e a maturidade sexual do macho ocorre aproximadamente aos 11 meses de idade.
III. O trato reprodutivo das matrizes é composto pelos ovários, útero, cérvix, vagina e vulva.
IV. Os principais hormônios envolvidos na reprodução de machos e fêmeas são os estrógenos, testosterona, FSH e LH.
RESPOSTA: V – V – V -F
Aula 2: trabalhando a reprodução
Classifique as afirmativas abaixo em Verdadeiro (V) ou Falso (F), e em seguida marque a alternativa correspondente.
I. O cumprimento da meta de cobertura permite a estabilidade na venda de leitões da empresa, permitindo organização do fluxo de caixa.
II. O descarte e reposição de matrizes é fundamental e deve ser contínuo.
III. Para o sucesso da IA é fundamental ter diagnóstico de cio adequado, dose inseminante e matrizes de qualidade e a escolha adequada do protocolo de IA.
IV. O manejo de alimentação das matrizes na pré-cobertura, na gestação e na lactação é fundamental para o desempenho reprodutivo.
RESPOSTA: V,V,V,V
Aula 3: formação de marrãs – o caminho produtivo para eficácia reprodutiva 
Assinale a questão que NÃO corresponde a uma correta preparação de marrãs:
a) Nas chegadas à granja as leitoas devem ser medicadas por duas semanas, prevenindo-se problemas sanitários.
b) Parâmetros como idade, cio, peso e espessura de toucinho devem ser utilizados para cobertura das marrãs.
c) A seleção das leitoas deve iniciar já ao nascimento não selecionando aquelas que nascem muito leves.
d) O efeito flushing corresponde ao fornecimento de ração lactação em 4 a 5 tratos diários 14 a 21 dias antes da cobertura.
e) O estímulo das marrãs com o macho pode iniciar-se aos 160 dias (manejo tradicional) ou aos 200 dias (estímulo tardio).
RESPOSTA: letra b (pois a espessura de toucinho não é mais considerada como um parâmetro importante, de acordo com o resultado dos trabalhos atuais, por possuir variação muito grande e não ter relação direta com o cio das fêmeas. No entanto os trabalhos mostram que a idade ideal para a primeira cobertura é dos 210 aos 240 dias de vida, o cio é o terceiro ou quarto e o peso dos 130 aos 150 kg.) 
Aula 4: aula de campo – manejo reprodutivo de fêmeas suínas
A partir dos conhecimentos construídos nesta aula, classifique as afirmativas abaixo em Verdadeiro (V) ou Falso (F) e em seguida marque a alternativa correspondente.
I. O macho para diagnóstico de cio deve ser adulto e com boa libido para estimular corretamente a fêmea e deve existir o contato focinho a focinho.
II. O principal sinal de cio da matriz é agitação dentro da baia quando exposta ao macho.
III. A inseminação artificial precisa ser realizada a qualquer época desde que obedeça aos procedimentos com higienização da pipeta de inseminação.
IV. Os protocolos de inseminação podem ser de uma ou duas doses por dia, enquanto a matriz continuar em cio.
RESPOSTA: V - F - F – V
Aula 5: Inseminação artificial tradicional na suinocultura 
Classifique como verdadeiras (V) ou falsas (F) as afirmativas abaixo, e em seguida marque a alternativa correspondente.
I. As doses devem ter um no máximo, um número de 3 bilhões de espermatozoides, 80-100 ml e, em médias acima de, 3,2 doses/matriz/ciclo na técnica tradicional.
II. A qualidade das matrizes inseminadas é decisiva sobre o sucesso da IA: devem estar bem nutridas e saudáveis.
III. O flushing é um processo de diminuição do aporte energético que antecede a cobertura, tanto de leitoas como de matrizes desmamadas, e visa a melhora da taxa de fecundação, aumentando o número de nascidos.
IV. O principal sinal de cio da matriz sua é sua imobilidade na presença do macho. Isso é o ponto determinante do início do cio e determina o início do protocolo de inseminação.
RESPOSTA: F - V - F – V
O flushing é o aumento do aporte energético da dieta e o aumento na frequência de alimentação.
Aula 6: IA – avaliação e aplicabilidade de novas tecnologias 
Conforme o que foi estudado nesta aula, classifique as afirmativas abaixo em Verdadeiro (V) ou Falso (F), e em seguida marque a alternativa correspondente:
I. A técnica de IA pós- cervical permite a deposição do sêmen no ambiente uterino, com o auxílio de um cateter que vai aproximadamente 20 cm além da pipeta tradicional.
II. Para a IA pós-cervical, são utilizadas doses menores que um 1,5 bilhão de espermatozoides e 40-60 ml de volume de dose.
III. Quanto ao protocolo de IA, pode ser utilizada uma ou duas doses por dia, enquanto a matriz estiver em cio.
IV. Para protocolos com uma dose por dia, a qualidade do sêmen é fundamental.
RESPOSTA: V - F – V – V
Aula 7: aula de campo – doses inseminantes para IA em suínos 
Quanto à coleta de sêmen e à produção de doses inseminantes, classifique as afirmativas abaixo como Verdadeiro (V) ou Falso (F), e em seguida marque a alternativa correspondente.
I. Previamente à coleta, deve ser realizado o esvaziamento do divertículo prepucial.
II. A coleta é realizada pelo método da mão enluvada e deve ser realizada em copo isotérmico, recoberto por um filtro.
III. Os cuidados durante a coleta são fundamentais para produzir doses com baixa contaminação bacteriana.
IV. Um dos principais cuidados durante a diluição do sêmen deve ser a determinação da concentração espermática.
V. Os choques térmicos são prejudiciais aos espermatozoides.
RESPOSTA: V – V – V – V – V
Aula 8: Controle de qualidade nas centrais de produção de sêmen suíno
Com base nos conhecimentos adquiridos durante a aula, classifique as afirmativas como Verdadeiro (V) ou Falso (F), e em seguida selecione a alternativa correspondente.
I. Uma dose inseminante de qualidade contém o número adequado de espermatozoides, além de células viáveis para o processo de fecundação e baixa contaminação bacteriana.
II. O uso de materiais descartáveis é um dos pontos de controle para reduzir a contaminação bacteriana.
III. A temperatura de todos os materiais que entram em contato com o sêmen deve ser controlada, pois choques térmicos causam a morte dos espermatozoides.
IV. A água utilizada para produzir o diluente deve ser de altíssima qualidade microbiológica e de condutividade.
RESPOSTA: V – V – V – V 
Aula 9: A importância do material genético na produção de suínos 
Quanto ao melhoramento genético de suínos, classifique as afirmativas abaixo em Verdadeiro (V) ou Falso (F), e em seguida marque a alternativa correspondente.
I. As linhagens fêmeas são selecionadas para prolificidade e habilidade materna (facilidade de parto e boa produção de leite).
II. As linhagens machos são selecionadas para ganho de peso, conversão alimentar e qualidade de carcaça.
III. As principais raças utilizadas atualmente são Landrace, Large White, Pietrain e Duroc.
IV. O melhoramento genético que ocorre no topo das pirâmides (granjas núcleo) chega às granjas comerciais através das leitoas e dos machos doadores de sêmen, por isso a reposição dos plantéis é fator chave para o desempenho dos rebanhos.
RESPOSTA: V,V,V,V
Aula 10: Descarte de matrizes e reposição de plantel
Sobre as causas de descarte de matrizes, classifique as afirmativas abaixo em Verdadeiro (V) ou Falso (F), e em seguida marque a alternativa correspondente.
I. Falhas reprodutivas e problemas locomotores.
II. Elevada Idade.
III. Elevada produtividade.
IV. Morte.
V. Doenças puerperais.
VI. Todas as afirmativas anteriores são causas de descarte de matrizes.
RESPOSTA: V,V,F,V,V,F
Aula 11: Manejo nutricional da fêmea