A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
18 pág.
A família Tarsonemidae

Pré-visualização | Página 1 de 1

A Família Tarsonemidae 
e as Principais Espécies de 
Importância Agrícola 
Outubro, 2018 
Posição de Tarsonemidae no reino animal: 
 
Filo Arthropoda 
Subfilo Chelicerata 
Classe Arachnida 
Subcasse Acari 
Superordem Acariformes 
Subordem Prostigmata 
Corte Heterostigmata 
Superfamília Tarsonemoidea 
Família Tarsonemidae 
 
 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
44 gêneros 
900 spp. descritas 
 
Estão entre os menores artrópodes com cerca de 200 um. 
 
HÁBITOS 
ALIMENTARES 
Fitófagos 
Fungívoros 
Predadores 
Saprófagos 
Parasitas 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Importância significativa para a agricultura e apicultura no mundo: 
Acarapis woodi (Rennie) – Ácaro da traqueia de abelhas 
Phytonemus pallidus (Banks) – Ácaro-do-enfezamento-do-morangueiro 
Polyphagotarsonemus latus Banks - Ácaro-branco 
Steneotarsonemus furcatus De Leon – Arroz e coco 
Steneotarsonemus spink Smiley - Arroz 
Algodão, batata, beringela, 
café, citros, feijão, mamão, 
maracujá, morango, 
pimentão, uva, entre outros. 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
(Evans et al., 2007) 
Ácaro da traqueia das abelhas – Acarapis woodi 
Outros gêneros que podem ocorrer, aparentemente 
sem causar danos: 
– Daidalotarsonemus; 
– Excelsotarsonemus; 
– Fungitarsonemus; 
– Tarsonemus; 
– Xenotarsonemus; 
– Entre outros 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Características morfológicas distintivas de 
Tarsonemidae: 
Fêmea: 
• Pernas IV cilíndricas e menores que as demais, com apenas 
3 artículos (trocânter, femorogenu e tibiotarso); 
• Seta flageliforme terminal na perna IV 
Phytonemus pallidus 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Características morfológicas distintivas de 
Tarsonemidae: 
Macho: 
• Pernas IV robustas, geralmente em forma de alicate, com 4 
artículos (trocânter, femorogenu, tíbia e tarso). 
Phytonemus pallidus 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Desenvolvimento e reprodução: 
 
Haplo-diplóides 
Partenogênese arrenótoca 
Reprodução sexuada 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Ciclo de Vida 
Fecundidade: 10-40 ovos/fêmea 
Ovo 
Larva 
Pupa 
Adulto 
Longevidade: 1 sem – 1 mês 
Fase imóvel, em que o estágio ninfal se 
desenvolve no interior da cutícula larval. 
2-3 dias 
1-3 dias 
2-3 dias 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Ovo 
Fêmea Macho 
Pupa 
Larva 
Comportamento Reprodutivo 
• Último par de pernas 
• Papilas genitais 
Maximizar a probabilidade da 
fêmea ser fertilizada antes da 
dispersão 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Dispersão 
Mesma 
planta 
Machos carregam 
as pupas 
Órgãos vegetais 
em crescimento 
Movimentação de 
fêmeas adultas 
Entre plantas 
Fêmeas adultas 
fertilizadas 
Caminhamento 
Vento 
Forese 
P. latus em 
Bemisia tabaci 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
P. latus em Bemisia tabasi 
Danos 
Região de 
crescimento das 
plantas 
Estiletes 
curtos 
Plantas severamente 
atacadas têm seu 
crescimento paralisado, 
podendo morrer. 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
• Descoloração e prateamento ou bronzeamento 
P. latus em videira e lima ácida Tahiti 
Steneotarsonemus 
furcatus em arroz 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
• Folhas novas ficam estreitas, rígidas, torcidas e não 
se desenvolvem 
P. latus em mamoeiro 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
• Folhas ou ramos deformados 
 
Phytonemus pallidus em morangueiro 
FamíliaTarsonemidae (Acari: Prostigmata) 
Obrigada

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.