A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Equipamentos Industriais para a fabricação de Shampoo

Pré-visualização | Página 1 de 1

Equipamentos Industriais para a fabricação de Shampoo
São necessários:
Tanque Principal de aço inoxidável 316 ou fibra (para processos a frio)
Tanque Secundário com capacidade de 1/3 a 1/2 do tanque principal, dotado de agitador tipo turbina e sistema de aquecimento;
Tubulação (linhas) de aço inoxidável 316 ou tubos de PVC;
Cotovelos das linhas (nunca devem formar ângulos de 90ºC);
Sistema de agitação do tanque principal (haste com hélice naval, turbina, âncora com raspadeiras laterais);
Controle de velocidade para 1000 a 2000 rpm;
Sistema de aquecimento e resfriamento (tanque encamisado para passagem de água quente ou fria).
Tanque principal de aço inoxidável 316. Fonte: Soluções Industriais
Cotovelo 45º de Aço Inox 316. Fonte: Aços Positano.
Tubulação de Aço Inox 316. Fonte: Aços Positano.
Haste com Hélice Naval. Fonte: Bombetec.
Tanque Encamisado. Fonte: Fabricação de Equipamentos em aço inox.
Processo Tradicional
Os componentes devem ser acondicionados de acordo com a solubilidade, estado físico, ponto de fusão, compatibilidade, facilidade de evaporação ou de formação de espuma para otimizar o processo em tempo e custo.
Esquematização das fases:
Fonte: Universidade de Brasília – UNB/ Manual de Cosméticos.
Processo:
Adicionar toda a água no tanque principal e incorporar os componentes da fase 1. Após, homogeneizar.
Inserir um a um todos os componentes da fase 2 na ordem indicada. Homogeneizar.
Misturar todos os componentes da fase 3 no tanque secundário de acordo com a ordem indicada e agitar até a completa dissolução.
Transferir toda a mistura contida no tanque secundário para o tanque primário.
Recolher amostras para testes de viscosidade, densidade e verificação de PH. Corrigir, se necessário.
Se todos os parâmetros estiverem corretos de acordo com o Controle de Qualidade, envasar e rotular o produto.
Observação: existem distintos processos de fabricação. O processo quente é utilizado quando há presença de 
espessantes
 sólidos ou componentes de difícil solubilização a frio. A preparação de suspensões de ativos insolúveis, tais como 
piritionato
 de zinco e sulfeto de selênio, também exige a utilização de uma técnica diferente.
Fluxograma da Produção de Shampoo