Questionário unidade III Direito constitucinal
3 pág.

Questionário unidade III Direito constitucinal


Disciplina<strong>direito Constitucionalii</strong>6 materiais5 seguidores
Pré-visualização3 páginas
Curso
	DIREITO CONSTITUCIONAL

	Teste
	QUESTIONÁRIO UNIDADE III

	Iniciado
	24/10/18 14:24

	Enviado
	24/10/18 14:29

	Status
	Completada

	Resultado da tentativa
	4 em 4 pontos  

	Tempo decorrido
	4 minutos

	Resultados exibidos
	Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários, Perguntas respondidas incorretamente

Pergunta 1
0,4 em 0,4 pontos
	
	

	
	A Assistência Social é uma das políticas sociais que compõe o tripé da Seguridade Social. Ela é uma política não contributiva, o que significa que:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	d. 
Será prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social.

	Respostas:
	a. 
Não será prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social.

	
	b. 
Será prestada apenas aos idosos que dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social.

	
	c. 
Será prestada a quem dela necessitar, porém exige a contribuição mínima de 180 meses.

	
	d. 
Será prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social.

	
	e. 
Não é uma política social de direito.

	Feedback da resposta:
	Resposta: D
Comentário: a Assistência Social está regulada pelo artigo 203, da Constituição Federal, que estabelece que será prestada a quem dela necessitar, independentemente de contribuição à seguridade social, tendo por objetivos: a proteção à família, à maternidade, à infância, à adolescência e à velhice; o amparo às crianças e aos adolescentes carentes, a promoção da integração ao mercado de trabalho, a habilitação e a reabilitação das pessoas portadoras de deficiência e a promoção de sua integração a vida comunitária e a garantia de um saláriomínimo de benefício mensal à pessoa portadora de deficiência e ao idoso que comprovarem não possuir meios de prover a própria manutenção ou de tê-la provida por sua família, conforme dispuser a lei.

	
	
	

Pergunta 2
0,4 em 0,4 pontos
	
	

	
	A Constituição Federal brasileira dispõe, em seu artigo 2°, que são poderes do Estado, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Essa divisão dos poderes é antiga e foi proposta por Montesquieu (16891755), filósofo, político e escritor francês com o objetivo de:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	a.
Ao contrário do absolutismo, em que o poder era centralizado, o Estado deveria se organizar em três poderes para, com isso, garantir que todos atuassem de forma harmônica e nenhum dos poderes prevalecesse sobre os demais.

	Respostas:
	a.
Ao contrário do absolutismo, em que o poder era centralizado, o Estado deveria se organizar em três poderes para, com isso, garantir que todos atuassem de forma harmônica e nenhum dos poderes prevalecesse sobre os demais.

	
	b.
Ao contrário do absolutismo, em que o poder era centralizado, o Estado deveria se organizar em um poder, garantindo a concentração de poder.

	
	c.
Ao contrário do absolutismo, em que o poder era centralizado, o Estado deveria se organizar em três poderes para, com isso, garantir que o poder continuasse na mão de uma minoria.

	
	d.
Ao contrário da democracia, em que o poder era centralizado, o Estado deveria se organizar em um poder, garantindo a concentração de poder.

	
	e.
Ao contrário da democracia, em que o poder era centralizado, o Estado deveria se organizar em três poderes para, com isso, garantir que todos atuassem de forma harmônica e nenhum dos poderes prevalecesse sobre os demais.

	Feedback da resposta:
	Resposta: A
Comentário: a Constituição Federal brasileira dispõe, em seu artigo 2°, que são poderes do Estado, independentes e harmônicos entre si, o Legislativo, o Executivo e o Judiciário. Essa tripartição de poderes é antiga e foi proposta por Montesquieu (16891755), filósofo, político e escritor francês que era contrário ao absolutismo e defendia que o Estado deveria se organizar em três poderes para, com isso, garantir que todos atuassem de forma harmônica e nenhum dos poderes prevalecesse sobre os demais.

	
	
	

Pergunta 3
0,4 em 0,4 pontos
	
	

	
	De acordo com a Constituição Federal de 1988, a organização político-administrativa da República Federativa do Brasil compreende:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	e. 
A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, sendo todos autônomos, nos termos dessa Constituição.

	Respostas:
	a. 
Os Municípios, sendo autônomos, nos termos dessa Constituição.

	
	b. 
Apenas o Distrito Federal e os Municípios, sendo todos autônomos, nos termos dessa Constituição.

	
	c. 
Apenas a União e os Estados, sendo que nenhum tem autonomia, nos termos dessa Constituição.

	
	d. 
A União e os Estados apenas, sendo todos autônomos, nos termos dessa Constituição.

	
	e. 
A União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, sendo todos autônomos, nos termos dessa Constituição.

	Feedback da resposta:
	Resposta: E
Comentário: o artigo 18, da Constituição Federal brasileira, define que a organização políticoadministrativa da República Federativa do Brasil compreende a União, os Estados, o Distrito Federal e os Municípios, todos autônomos, nos termos desta Constituição.

	
	
	

Pergunta 4
0,4 em 0,4 pontos
	
	

	
	No que se refere à Seguridade Social é correto afirmar que:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	c.
Compreende o conjunto integrado das ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade, destinado a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social; logo, não pode ser confundido com previdência social.

	Respostas:
	a. 
Compreende o conjunto integrado das ações de iniciativa dos poderes públicos, destinado a assegurar os direitos relativos à saúde.

	
	b.
Compreende o conjunto integrado das ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade, destinado a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social, porém pode ser definido apenas como previdência social.

	
	c.
Compreende o conjunto integrado das ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade, destinado a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social; logo, não pode ser confundido com previdência social.

	
	d.
Compreende o conjunto integrado das ações de iniciativa dos poderes da sociedade, destinado a assegurar os direitos relativos à previdência social.

	
	e.
Compreende o conjunto integrado das ações de iniciativa dos poderes da sociedade, destinado a assegurar os direitos relativos à assistência social.

	Feedback da resposta:
	Resposta: C
Comentário: a seguridade social é tratada nos artigos 194 a 204 e compreende o conjunto integrado das ações de iniciativa dos poderes públicos e da sociedade, destinado a assegurar os direitos relativos à saúde, à previdência e à assistência social. A Seguridade Social se compõe de três espécies de atuação governamental: saúde, previdência social e assistência social. Por isso, não se pode confundir seguridade social com previdência social.

	
	
	

Pergunta 5
0,4 em 0,4 pontos
	
	

	
	No que se refere à administração pública federal, estadual, municipal e do Distrito Federal, o artigo 37, da CF, apresenta que estes deverão se reger pelos princípios da legalidade, da impessoalidade, da moralidade, da publicidade e da eficiência. Defina o princípio da legalidade:
	
	
	

	
		Resposta Selecionada:
	d.
Legalidade: significa que os agentes públicos devem atuar sempre em conformidade com a lei. Não é permitido deixar de atuar quando a lei assim determina e somente podem atuar quando expressa previsão legal.

	Respostas:
	a.
Publicidade: significa que o administrador público deve sempre publicar, ou seja, divulgar, dar conhecimento a todos, dos atos e das decisões adotados por ele, dever legalmente atribuído.

	
	b.
Eficiência: significa que o administrador público deve agir com presteza,