A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
35 pág.
Asp Antropologicos

Pré-visualização | Página 10 de 12

Dominação tradicional.
	
	Dominação racional legal.
	
	Dominação moral.
	
	Dominação social.
	
	Dominação carismática.
	
	 
	
	 8a Questão
	
	
	
	
	Leia o trecho abaixo.
O desenvolvimento do diploma universitário, das escolas de comércio e engenharia, e o clamor universal pela criação dos certificados educacionais em todos os campos levam à formação de uma camada privilegiada nos escritórios e repartições. Esses certificados apoiam as pretensões de seus portadores, de intermatrimônios com famílias notáveis (...), as pretensões de serem admitidas em círculos que seguem "códigos de honra", pretensões de remuneração "respeitável" ao invés da remuneração pelo trabalho realizado, pretensões de progresso garantido e pensões na velhice e, acima de tudo, pretensões de monopolizar cargos social e economicamente vantajosos. (WEBER, apud RODRIGUES, Alberto Tosi. Sociologia da Educação. Rio de Janeiro: Lamparina, 2011. P. 68.)
 
Pensando na análise de Weber sobre a relação entre sociedade industrial e capitalista e educação, assinale a ÚNICA opção ERRADA.
 
	
	 
	A educação focada no treinamento para o exercício de uma função especifica não é compatível como a realidade do mundo capitalista, pois empresas privadas e o Estado preferem empregar pessoas cultas.
	
	Na sociedade industrial e capitalista, cada vez mais, para estar empregado é necessário ter certificados e diplomas que atestem  a qualificação do indivíduo.
	
	Nas sociedades capitalistas, a educação acaba por reduzir-se a um mero caminho para a obtenção de riqueza material e status social.
	
	Nas sociedades capitalistas, cada vez menos, as pessoas se preocupam em estudar para obter conhecimentos humanísticos e a escolha da profissão é influenciada pelo mercado de trabalho.
	
	Com o advento do capitalismo e sua burocratização, o ensino e a educação especializada adquirem papel importante na formação de quadros técnicos gabaritados para exercerem as funções que lhes são destinadas.
	1a Questão
	
	
	
	Bourdieu considera que cada campo possui hierarquias e disputas, entre dominantes e dominados, por determinados bens simbólicos e consequentemente por posições sociais. O que são os bens simbólicos?
	
	
	A tendência atual que simboliza a formação do docente
	
	Serviço da reprodução e da legitimação da dominação exercida pelas classes dominantesserviço da reprodução e da legitimação da dominação exercida pelas classes dominantes
	 
	A posse, em graus diferenciados, dos capitais cultural, econômico e social, que pertencem a cada campo específico e que determinaria a posição social de cada indivíduo
	
	São os bens duráveis que um indivíduo conquista ao longo da vida
	
	É um sistema de disposições duráveis e transponíveis que, integrando todas as experiências passadas, funciona a cada momento como uma matriz de percepções, de apreciações e de ações
	
Explicação: Bourdieu considera que cada campo possui hierarquias e disputas, entre dominantes e dominados, por determinados bens simbólicos e conseqüentemente por posições sociais. Os capitais cultural, econômico e social, possuem graus de importância diferenciados dentro de cada campo social. A posse, em graus diferenciados, desses capitais, dentro de cada campo específico, determinaria as posições sociais de cada indivíduo. Os indivíduos ganhariam maior prestígio e poder na sociedade em geral ou no campo específico de produção simbólica, na medida em que fossem capazes de produzir, identificar, apreciar e usufruir das produções consideradas superiores.
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	De acordo com Antonio Gramsci, era necessário desfazer a separação entre "intelectuais" e "pessoas simples", porque apenas aqueles tidos como intelectuais ocupavam postos de comando na administração do Estado e na sociedade civil, concentrando mais poder. Para o autor estes intelectuais representavam os interesses daquelas que seriam as classes dominantes. Para defini-los Gramsci elaborou o conceito de:
	
	
	Pensador sistematizador
	
	Líder Carismático
	
	Intelectual tradicional
	
	Intelectual funcionalista
	 
	Intelectual orgânico
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Para Bourdieu (1930-2002), as diversas formas de dominação supõem uma dimensão simbólica, sendo denominadas por ele de violência simbólica. Em relação a esse tipo de violência, marque V para as afirmativas verdadeiras e F para as falsas.
( ) Expressa-se na imposição legítima da cultura dominante; o dominado não se opõe ao seu opressor, pois não se percebe vítima desse processo, considerando a situação natural.
( ) Pode ser exercida por diferentes instituições da sociedade: Estado, escola, igreja, grupos e classes sociais.
( ) O sistema escolar produz resistências à legitimação da violência simbólica pelas classes e grupos dominantes.
( ) O sistema escolar e o Estado são os maiores produtores de violência simbólica. Assinale a sequência correta:
	
	
	F, F, F, V
	
	V, F, V, F
	
	F, V, F, V
	
	V, F, V, V
	 
	V, V, F, V
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	Diversos autores procuram demonstrar que não se pode analisar a cultura e a ideologia, de forma separada, particularmente, quando se trata do processo de dominação nas sociedades capitalistas.
 Em relação a essa questão, analise as afirmativas, a seguir, e marque (V) para as verdadeiras e (F) para as falsas.
 1- Gramsci analisa essa questão com base no conceito de hegemonia, em que a ideologia é um elemento de dominação, através da força pelo Estado, mas também através dos elementos culturais de um povo.
 2- Bourdieu defende que é pela cultura que os dominantes garantem o controle ideológico, utiliza o conceito de violência simbólica para a aceitação de verdades que nem sempre existiram, ou seja, considerar natural determinados fenômenos, independente de serem bons ou ruins.
 3- Simmel desenvolveu o conceito de intensificação da vida nervosa, pois as pessoas nas sociedades modernas estão expostas frequentemente à estímulos, como imagens, cores, luzes, sons , desenvolvendo uma sensibilidade para lidar com outras culturas.
 4- Adorno e Horkheimer desenvolveram o conceito de indústria cultural para analisar a relação entre indivíduo e sociedade e apontaram a possibilidade de homegeneização das pessoas grupos e classes sociais, criando uma subjetividade uniforme, massificada.
 Em relação à análise anterior, a sequência correta é:
	
	 
	V, V, F, V.
	
	V, F, F, F.
	
	F, F, V, F.
	
	V, F, F, V.
	
	F, V, V, F.
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Bourdieu (A economia das trocas simbólicas. São Paulo, Perspectiva, 1976) introduz em sua teoria da reprodução o conceito de capital cultural. Esse conceito é inspirado na teoria sociológica clássica. Sobre capital cultural, é correto afirmar:
	
	
	O conceito de capital cultural é construído a partir do conceito de divisão do trabalho social de Durkheim.
	
	O conceito de capital cultural é construído da leitura de Capitalismo e sociedade rural na Alemanha de Weber.
	 
	O conceito de capital cultural é resultante de uma síntese feita por Bourdieu da sociologia de Marx e de Durkheim.
	
	O conceito de capital cultural é construído a partir do conceito de capital econômico de Marx.
	
	O conceito de capital cultural é construído a partir da Ética protestante e o espírito do capitalismo de Weber.
	
	 
	
	 6a Questão
	
	
	
	
	De acordo com a teoria de Pierre Bourdieu, a escola assume a função de:
	
	 
	Legitimadora e mantenedora dos privilégios sociais e do capital cultural hegemônico.
	
	Instituição neutra perante os diferentes estudantes
	
	Provedora de emancipação social
	
	Promotora de igualdade de oportunidades
	
	Transmissora de valores e julgamentos

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.