A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
14 pág.
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR

Pré-visualização | Página 1 de 1

ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Aspecto anatômico do 1º. MS - 26
Anatomia radiográfica
Situação do 1º. MS no arco dentário
Inclinação em ângulos (graus) para os sentidos:
Planomediosagital,ânguloformado com
oplanomediosagital
Mesiodistal(0º) evestibulopalatino(15º)
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
 
Características radiográficas do 1º. MS - 26, com incidência orto-radial
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Com relação ao irrompimento, entre 6 e 7 anos e término da rizogênese entre 9 e 10 anos.
Observar o achatamento proximal na raiz mésio-vestibular:
 
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Por meio das percentagens, 40% dos primeiros molares superiores possuem 3 raízes, porém, a raiz mésio-vestibular pode se apresentar com 1 (40%) ou 2 (60%) canais, devido o achatamento proximal, similar o que acontece nos segundos pré-molares superiores, segundo a média dos autores - Hess, 1924; Pineda & Kuttler, 1972; De Deus, 1992:
 
 
Vistas vestibular e proximal (mesial) do 1o. MS com 3 raízes e 3 canais (40%)
 
 
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Observar que durante a rizogênese a raiz MV nos molares superiores sofrem achatamento proximal originando 1 ou 2 canais.
A forma e o número dos canais são determinados pelas paredes dentinárias, Hess, 1924.
Vista vestibular
Rizogênese incompleta
MV - 1 Canal
Rizogênese incompleta
MV - 2 Canais
Rizogênese completa e fechamento apical
MV - 2 Canais
Rizogênese incompleta
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Por meio das percentagens, 60% dos primeiros molares superiores possuem 3 raízes, porém, a raiz mésio-vestibular pode se apresentar com 2 (60%) canais, devido o achatamento proximal, podendo começar (cervical) com 1 canal e terminar (apical) com 2 canais independentes, começar (cervical) com 2 canais e terminar (apical) com 1 canal, começar (cervical) com 2 canais, unir-se no terço médio e terminar (apical)  com 2 canais novamente, segundo a média dos autores - Hess, 1924; Pineda & Kuttler, 1972; De Deus, 1992:
Configuração da raizmésio-vestibular em percentuais: 39,3%, 23,7%, 12,8%, 12,2% e 12%, respectivamente
 
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Com relação aos comprimentos em milímetros do 1o. MS, podemos citar, Máximo (25,5mm), médio (21,3mm) e mínimo (18mm), respectivamente.
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
 
Direção da raizmésio-vestibular do 1o. MS:
 
Reta: 21%
Curvatura distal: 78%
Direção da raiz
MV
DV
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Direção da raiz disto-vestibular do 1o. MS:
 
Reta: 54%
Curvatura distal: 17%
Curvatura mesial: 19%
Pseudo baioneta: 9%
Direção da raiz
DV
MV
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Direção da raiz palatina do 1o. MS:
 
Reta: 40%
Curvatura radicular apical vestibular: 55%
 
Direção da raiz
V
P
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Características dos canais nos cortes transversais:
 
Características dos canais nos cortes transversais do 1º. Molar Superior - entrada dos canais:Observara configuração dos canais nas raízesmésio-vestibulares, com 1 e 2 canais:
MV -Mésio-vestibular
MP -Mésio-palatino
3 Canais
4 Canais
MV
DV
P
MP
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Terço apical: Forma elíptica ou circular para todos canais
 
Terço médio: Forma elíptica, alongada de vestibular para palatino e Ovalar ou circular para o DV e Palatino
 
Terço cervical:
   MV - Forma de vírgula para 1 canal e "oitoide" para 2 canais
   DV - Ovalar ou circular
   P   - Ovalar ou circular
Características dos canais nos cortes transversais:
1º.  Molar Superior, nas vistas vestibular e proximal (mesial) e transversais
V 
P 
V 
ANATOMIA INTERNA DENTAL DO PRIMEIRO MOLAR SUPERIOR - 1º. MS
Aspectos radiográficos 
Raiz mésio-vestibular - 1 canal
Raiz mésio-vestibular - 2 canais independentes
Raiz mésio-vestibular - 2 canais independentes no terço cervical unindo-se no terço apical
simuladinho
Julgue os itens abaixo com relação às características do elemento dentário envolvido.
I.l Apresenta três raízes, com um canal nas raízes distovestibular e palatina e dois canais na raiz mésio-vestibular, na maioria dos casos.
II. O canal disto-vestibular possui forma circular ou ligeiramente ovalada, é cônico e sua raiz apresenta curvatura para mesial na maioria dos casos.
III. O canal palatino é ovalado ou circular com maior dimensão no sentido vestíbulo-palatino e sua raiz possui curvatura para vestibular na maioria dos casos.
IV. A raiz mésio-vestibular é achatada no sentido mésio-distal e possui curvatura para distopalatina na maioria dos casos.
V. A entrada do canal mésio-vestibular geralmente encontra-se espacialmente abaixo da cúspide mésio-vestibular.
Estão certos apenas os itens
A: I e III.
B: II e IV.
C: I, III e V.
D: II, IV e V
Resposta: C