Aula Nota 10 (Parte 1) - Doug Lemov
183 pág.

Aula Nota 10 (Parte 1) - Doug Lemov


DisciplinaPedagogia54.979 materiais488.799 seguidores
Pré-visualização50 páginas
AULA NOTA 10
Doug Lemov
er
) LIVRO MAIS VENDIDO SOBRE EDUCAÇÃO
NOS ESTADOS UNIDOS EM 2010!
As TÉCNICAS FUNCIONAM PARA TODOS OS QUE
QUEREM PASSAR CONHECIMENTO.
Lemov acredita que o melhor caminho para melhorar o de-
sempenho do aluno é melhorar a qualidade dos professores que
já estão exercendo ó magistério. (...) Ele está interessado em
oferecer aos professores o que define como um incentivo tão
poderoso quanto dirrheiro: a chance de melhorar".
THE NEW YORK TIMES
"Artistas, atletas, músicos, cirurgiões e profissionais de mil
outras áreas só atingem a grandeza por meio de sua atenção
aos detalhes da técnica que utilizam. Seu refinamento constante
desta técnica renova perpetuamente sua paixão pela profissão e
lhes permite buscar o ápice do bom desempenho, a habilidade
de fazer a maior diferença possível. Esse foco na técnica e seu
constante refinamento também é o que leva os professores à
excelência.
O caminho para o sucesso é encarar o ensino como arte,
ou seja, uma atividade difícil, que requer refinamento e discerni-
mento em sua prática, uma dedicação artesanal e um cuidado-
so desenvolvimento .da técnica para dominá-la. Esse caminho
é diferente para cada professor. As técnicas desenvolvidas por
professores exemplares e descritas neste livro podem pertencer
a qualquer docente que incorpore o conceito de refiná-las de
forma cuidadosa e constante. Só com esta abordagem, associa-
da à sabedoria dos professores reunida neste livro, será possível
mudar a equação da oportunidade em nossas escolas e fechar
.o fosso da desigualdade em escala. Adaptadas, refinadas, me-
lhoradas e, talvez em alguns casos, ignoradas (porque nem tudo
neste livro pode ser adequado para você), estas técnicas podem
transformar sua sala de aula."
AULA NOTA 10
Esta obra foi patrocinada pela
fundação
lemann
www.fundacaolemann.org.br
www.lideresemgestaoescolar.org.br
AULA NOTA 10
49 técnicas para ser um professor
campeão de audiência
Doug Lemov
Tradução: Leda Beck
Consultoria e revisão técnica: Guiomar Namo de Mello e Paula Louzano
Da
Boa
Prosa
fundação
lemann
Do original Teach like a champion
Copyright © 2010 by John Willey & Sons, Inc. Todos os direitos reservados. Tradução publicada de acordo com
o contrato entre as partes.
Copyright © da parte 2 by Uncommon Schools e Doug Lemov
Copyright © 2011 Editora Livros de Safra Ltda - Selo Da Boa Prosa
Nenhuma parte desta publicação poderá ser reproduzida por qualquer meio ou forma sem a prévia autorização
da Editora Livros de Safra.
A violação dos direitos autorais é crime estabelecido na Lei n. 9.610/98 e punido pelo artigo 184 do Código Penal.
Capa: equipe Livros de Safra
Ilustração da capa : Novaes
Dados Internacionais de Catalogação na Publicação (CIP)
(Câmara Brasileira do Livro, SP, Brasil)
Doug Lemov, 1967
Aula nota 10: 49 técnicas para ser um professor campeão de audiência/ Doug Lemov.; tradução de Leda Beck;
consultoria e revisão técnica Guiomar Namo de Mello e Paula Louzano. - São Paulo: Da Boa Prosa:
Fundação Lemann, 2011.
Título original: Teach like a champion.
1. Eficácia no ensino 2. Rendimento escolar
L Título.
São Paulo: Da Boa Prosa, 2011
10-13456 CDD-371.3
índices para catálogo sistemático:
1. Professores eficientes: Eficácia no ensino:
Educação 371.3
Da
Boa
Prosa
livros de
umseloda:
Livros de Safra
tel5511 3094-2511
www.livrosdesafra.com.br
Para Mike e Penny Lemov,
meus primeiros professores
Agradecimentos
Meu amigo e colega Norman Atkins gosta de projetos audaciosos. Ele fundou
a escola North Star Academy de Newark, a escola charter mais bem-sucedida
de Nova Jersey e provavelmente uma das melhores escolas do país, e a Un-
common Schools, rede de dezesseis (até agora!) escolas charter preparatórias
para a faculdade em regiões carentes de Nova York e Nova Jersey. Fundou a
Teacher U, programa de formação de professores na cidade de Nova York que
reinventou o processo de capacitação docente, concentrando-se naquilo que
obtém resultados reais em salas de aula reais. Somando tudo, até que foi uma
boa década de trabalho.
Norman realiza projetos com pura força de vontade quando acredita que eles
podem ajudar a eliminar a diferença de desempenho escolar entre alunos pobres e
alunos de classes mais altas. E ele colocou na cabeça que um desses projetos era a
"tipologia": a lista improvisada que eu andava escrevendo sobre o que professores
exemplares faziam nas suas aulas. Tem de ser um livro, aconselhava-me o Norman.
Eu disse "não" de muitas maneiras diferentes. Mas o Norman vivia insistindo. Para
cada desculpa minha, ele sempre tinha uma solução, no geral apresentada com gran-
de exuberância e gesticulação. No final, percebi que seria mais fácil escrever logo o
livro do que resistir à vontade do Norman. E agora que você tem o resultado em
suas mãos, é de bom tom que eu comece por agradecer ao Norman por sua tenaci-
dade e fé.
Dito isto, tendo escrito este livro sobre as técnicas usadas por professores
excelentes, meu ponto de partida tem de ser um grande obrigado a todos esses
brilhantes professores. Parecia certo dar nomes a todos e eu comecei a fazer
uma lista. O desafio foi enorme, porém, e, quando passei dos primeiros 50 no-
mes, me dei conta de que, se eu tivesse de nomear todos os professores com os
quais aprendi ao escrever este livro, o resultado seria a um só tempo incomple-
to e imperdoável. Seja porque eu esqueceria alguns ou porque, em alguns ca-
sos, me sentiria estranho por agradecer a gente que mal conheci. Ironicamente,
alguns dos professores mais influentes neste livro, eu observei anonimamente
do fundo da sala ou mesmo em .vídeo.
Então, talvez com mil perdões, tomei a difícil decisão de estender um grande
obrigado a todos os professores com quem trabalhei, embora eu me sinta cul-
pado pela ingratidão deste gesto. São tantos, especialmente os das Uncommon
Prefácio / Introdução 7
Schools que, ao ensinar turma após turma de alunos a desejar, atingir e rea-
lizar, me ensinaram cada pequena percepção incluída neste livro. Meu mais
profundo obrigado a todos esses campeões de audiência, unindo meu agrade-
cimento ao de seus alunos e seus pais.
O sucesso inspirador que esses professores atingiram deve-se também à li-
derança de seus diretores, que criaram as condições para que eles fossem bem-
sucedidos. Neste caso, devo agradecimentos a Stacey Shells, o diretor-funda-
dor da Rochester Prep, a primeira Uncommon School ao norte do estado de
Nova York, assim como a Paul Powell e David McBride, líderes pedagógicos
com quem tive a sorte de trabalhar e com quem aprendi muito.
Igualmente devo muito à "equipe tipológica" da Uncommon - o pessoal
cujo trabalho é assistir a horas de vídeos sobre professores e transformá-las em
módulos de capacitação docente, os quais garantem o sucesso de professores
iniciantes e o desenvolvimento continuado dos veteranos. Nessa equipe estão
Tracey Koren, Max Tuefferd, Eriça Woolway, John Costello, Melinda Phelps,
Kate Yezzi e, acima de tudo, meu amigo e colega Rob Richard. O Rob, que
dirige o projeto de vídeo tipológico, é meu parceiro indispensável no desenvol-
vimento do material para este livro e uma fonte confiável de recomendações
musicais para varar a noite esboçando e editando livros.
Além disso, meus colegas diretores-executivos na Uncommon - Paul Bam-
brick, John King e Brett Peiser -, o diretor de operações Josh Phillips e o pre-
sidente Evan Rudall contribuíram com valiosos conselhos e percepções sobre
todos os aspectos do trabalho que fazemos, inclusive os conteúdos deste livro.
Sou especialmente grato a John King por sua orientação e pesquisa nos capí-
tulos da Parte Dois sobre leitura.
Este livro e o projeto de capacitação de professores de que é parte não
teriam sido possíveis sem o generoso apoio e a orientação da Corporação Car-
negie de Nova York e da Fundação Família