A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
4 pág.
Apol 4 Contabilidade Avançada

Pré-visualização | Página 1 de 1

Questão 1/5 - Teoria da Contabilidade 
A função primordial da contabilidade, sob o ponto de vista de sua utilidade 
para a sociedade, é permitir ao público interessado o conhecimento 
necessário da situação econômica e financeira de um determinado 
empreendimento 
Marque V (verdadeira) e F (falsa) para as afirmativas abaixo e em 
seguida marque a sequência correta. 
Com relação ao Demonstração de Fluxos de Caixa, obrigatória a partir da 
Lei 11.638/2007 a qual alterou o art. 176 da Lei 6.404/76, é correto afirmar 
que 
( ) A DFC visa a apuração do resultado econômico do exercício 
financeiro, ou seja, demonstra se houve lucro ou prejuízo no período de 
apuração. 
( ) O fluxo das atividades operacionais tem por objetivo demonstrar as 
movimentações ocorridas com o resultado, ou seja, ligadas à produção e à 
entrega de bens e serviços. 
( ) O fluxo das atividades de financiamento demonstra as 
variações relacionadas com o ativo não circulante, mais especificamente 
dos grupos de investimentos e imobilizados. 
( ) O método indireto de elaboração das DFC, é também conhecido como 
método da conciliação. 
Nota: 20.0 
 
A V – F – F – V 
 
B F – V – V – V 
 
C V – F – F – F 
 
D F – V – F – V 
Você acertou! 
Falsa: I - A DFC visa a apuração do resultado econômico do exercício financeiro, ou seja, demonstra se houve lucro ou prejuízo no períod
apuração. 
(refere-se à Demonstração do Resultado do Exercício). III - O fluxo das atividades de financiamento demo
não circulante, mais especificamente dos grupos de investimentos e imobilizados(refere-se a Atividades de Investimentos).
LUZ, Érico Eleutério da. Teoria da Contabilidade, 2015, p. 113, 114 e 117 
 
Questão 2/5 - Contabilidade Avançada 
Na essência da remuneração com ônus de financiamento, está a ideia de 
que o capital próprio deve ser remunerado. Esse capital próprio é 
constituído pelos valores que os sócios desembolsaram — em espécie ou 
em equipamentos, terrenos e outros bens para a subscrição do capital 
social — no momento da criação da empresa. 
Marque (V) para as proposições verdadeiras e (F) para as falsas e, em 
seguida, assinale a sequência correta: 
Com a aprovação da Lei 9.249, de 1995, surge a possibilidade de deduzir 
os juros pagos ou creditados aos acionistas da base de cálculo do Imposto 
de Renda Pessoa Jurídica (IRPJ). Assim, é correto afirmar que: 
( ) se analisada pelo ponto de vista da empresa pagadora, proporcionará 
economia tributária. 
( ) se analisada pelo ponto de vista dos acionistas recebedores, 
proporcionará economia tributária. 
( ) se analisada pelo ponto de vista da empresa, haverá um pagamento 
maior de imposto. 
( ) se analisada pelo ponto de vista dos acionistas recebedores, nem 
sempre há uma economia, pois há um pagamento maior de impostos 
Nota: 20.0 
 
A F — F — V — V 
 
B F — V — V — F 
 
C V — F — F — V 
Você acertou! 
São Falsas 
Se analisada pelo ponto de vista dos acionistas recebedores, proporcionará economia tributária — corre
um pagamento maior de impostos. 
Se analisada pelo ponto de vista da empresa, haverá um pagamento maior de imposto. Correto é haverá uma economia tributária.
MELHEM, M. Contabilidade Avançada — Uma abordagem direta e atualizada, 2011, p. 78. 
 
D V — V — F — F 
 
Questão 3/5 - Contabilidade Avançada 
Na essência da remuneração com ônus de financiamento, está a ideia de 
que o capital próprio deve ser remunerado. Esse capital próprio é 
constituído pelos valores que os sócios desembolsaram — em espécie ou 
em equipamentos, terrenos e outros bens para a subscrição do capital 
social — no momento da criação da empresa. 
Analise as proposições e marque a correta. 
Sobre a economia tributária com a remuneração do capital próprio: a 
contabilização dos juros sobre o capital próprio como despesas financeiras 
é correto afirmar que: 
Nota: 20.0 
 
A aumenta o lucro da empresa, ou seja, diminui o grupo da despesa. 
 
 
B reduz o lucro da empresa, ou seja, diminui o grupo da despesa. 
 
C reduz o lucro da empresa, ou seja, aumenta o grupo da despesa. 
Você acertou! 
A contabilização dos juros sobre o capital próprio como despesas financeiras, Reduz o lucro da empresa, ou seja, aumenta o grupo da despesa.
MELHEM, M. Contabilidade Avançada — Uma abordagem direta e atualizada, 2011, p. 78. 
 
D aumenta o lucro da empresa, ou seja, aumenta o grupo da despesa. 
 
Questão 4/5 - Teoria da Contabilidade 
A função primordial da contabilidade, sob o ponto de vista de sua utilidade 
para a sociedade, é permitir ao público interessado o conhecimento 
necessário da situação econômica e financeira de um determinado 
empreendimento 
“Elaborada a partir do Balanço Patrimonial e da DRE, essa demonstração 
pode ser apresentada pelo método direto e indireto. Por ambos os 
métodos, sua estrutura básica compreende três partes: Atividades 
Operacionais; Atividades de Investimento; e Atividades de Financiamento.” 
Estamos falando da: 
Nota: 20.0 
 
A Demonstração do Valor Adicionado 
 
B Demonstração do Resultado Abrangente 
 
C Demonstração do Fluxo de Caixa 
Você acertou! 
Demonstração do Fluxo de Caixa 
Elaborada a partir do Balanço Patrimonial e da DRE, essa demonstração pode ser apresentada pelo método
sua estrutura básica compreende três partes: Atividades Operacionais; Atividades de Investimento; e Atividades de Financiamen
LUZ, Érico Eleutério da. Teoria da Contabilidade, 2015, p. 113 A 119 
 
D Demonstração das Origens e Aplicações de Recursos 
 
Questão 5/5 - Contabilidade Avançada 
Na essência da remuneração com ônus de financiamento está a ideia de 
que o capital próprio deve ser remunerado. Esse capital próprio é 
constituído pelos valores que os sócios desembolsaram — em espécie ou 
em equipamentos, terrenos e outros bens para a subscrição do capital 
social — no momento da criação da empresa. 
Analise as proposições e marque a correta: 
Sobre a remuneração do Capital Próprio, é correto afirmar que, desde que 
atenda à legislação: 
Nota: 20.0 
 
A gera uma economia tributária com risco. 
 
B gera uma economia tributária sem risco e com vantagens econômicas. 
Você acertou! 
Gera uma economia tributária sem risco e com vantagens econômicas 
MELHEM, M. Contabilidade Avançada — Uma abordagem direta e atualizada, 2011, p. 76. 
 
C gera uma economia tributária sem risco e sem vantagens econômicas. 
 
D gera uma economia tributária com risco e sem vantagens econômicas.