Resumo - Carboidratos
6 pág.

Resumo - Carboidratos


DisciplinaBioquímica Aplicada à Odontologia75 materiais271 seguidores
Pré-visualização1 página
CARBOIDRATOS
Os carboidratos são compostos orgânicos com pelo
menos três carbonos, onde todos os carbonos possuem uma
hidroxila, com exceção de 1 que possui carbonila primária
ou secundária. Sua fórmula empírica é [C(H2O)]n.
Alguns aminoácidos, como a glicina e a sacarina
(sendo 200 vezes mais doce que a sacarose, é a substância
que produz o adoçante), são doces, mas não são
carboidratos.
Têm como funções: Fonte de energia (sob forma de
ATP, como a glicose), estrutural (na cobertura da membrana
plasmática, nas especifidades e agregações de tecidos
semelhantes, como no glicocálice, na parede celular dos
vegetais, celulose, e carapaça de crustáceos e insetos,
quitina), reserva de energia (como os polímeros da glicose,
amido e glicogênio) e importância econômica (na forma de
alimentação, amido, e madeira, celulose).
Os carboidratos se dividem nas famílias aldoses e
cetoses, sempre com predominância do isômero D. Além
disso, dividem-se em quatro classes: Monossacarídeos,
dissacarídeos, oligossacarídeos e polissacarídeos.
 Os monossacarídeos são simples, incolores, sólidos
cristalinos, solúveis em água e a maioria é doce. Todos
contêm um ou mais átomos de carbonos assimétricos
(álcool), com exceção da di-hidroxicetona. Podem ser
oxidados por agentes como os íons Fe3+ e Cu2+, em que o
carbono do grupo carbonila é oxidado a carboxila. O teste
de Fehling é um teste qualitativo para a presença de
açúcares redutores, como a frutose, glicose, maltose, lactose
e celobiose.
Principais Monossacarídeos
Nome Fórmula Cadeia Aberta Cadeia Fechada
Ribose C5H10O5
Desoxirribose C5H10O4
Glicose C6H12O6
Frutose C6H12O6
Galactose C6H12O6
Arabinose C5H10O5
Xilose C5H10O5
Ribulose C5H10O5
A ligação glicosídica une covalentemente dois
monossacarídeos de modo a formar um dissacarídeo. É
formada quando um grupo hidroxila de uma molécula reage
com o átomo de carbono anomérico da outra molécula de
açúcar.
Principais Dissacarídeos
Nome Fórmula AçúcaresComponentes
Tipo de
Ligação
Maltose C12H22O11 Glicose + Glicose \u3b1
Sacarose C12H22O11 Glicose + Frutose \u3b1
Lactose C12H22O11 Glicose + Galactose \u3b2
Celobiose C12H22O11 Glicose + Glicose \u3b2
Trealose C12H22O11 Glicose + Glicose \u3b1
Turanose C12H22O11 Glicose + Frutose \u3b1
Os oligossacarídeos são açúcares covalentemente
ligados a proteínas ou lipídeos, formando glicoproteínas ou
glicolipídeos. Os oligossacarídeos do glicocálice presente
nas células endoteliais são responsáveis pelo
reconhecimento celular nas interações dos glóbulos brancos
(linfócitos) com as células da parede dos vasos sanguíneos.
Os antígenos do sistema ABO de grupos sanguíneos são
componentes do glicocálise, fazendo reconhecimento com
as aglutininas específicas no plasma sanguíneo. A interação
espermatozóide-óvulo também depende da presença de
oligossacarídeos.
Os polissacarídeos são macromoléculas de alta
massa molecular e diferem entre si na identidades das suas
unidades monossacarídeas, nos tipos de ligações que os
unem, no comprimento das cadeias e no grau de
ramificações. Os homopolissacarídeos são formados apenas
por um único tipo de monômero, já os
heteropolissacarídeos são formados por dois ou mais tipos
de monômeros.
A celulose, estruturalmente similar ao amido, não
pode ser digerida pelos seres humanos porque possui
ligações glicosídicas do tipo \u3b2, e os seres humanos só
possuem enzimas para digerir/quebrar as ligações \u3b1. A
ligação \u3b2 torna a celulose uma estrutura fibrosa e insolúvel,
o que ajuda na função estrutural deste polissacarídeo.
Principais Polissacarídeos
Nome Fórmula Característica
Amido (C6H10O5)n
Polímero contendo uma mistura de
dois polissacarídeos, polímeros de
glicose, a amilose com ligações \u3b1
(1\u21924) e a amilopectina contendo
ligações \u3b1 (1\u21924) e \u3b1 (1\u21926),
utilizado como reserva energética
nos vegetais, servindo como fonte
de glicose na nossa alimentação e
tem grande importância
econômica (na fabricação de
xaropes, cola, fármacos, etc)
Celulose (C6H10O5)n Polissacarídeo linear formado por
moléculas de D-glicose unidas
através de ligações \u3b2 (1\u21924), um
dos principais constituintes das
paredes celulares das plantas, não
é digerível pelo homem e tem
grande importância econômica
(utilizada na forma de madeira,
algodão, linho, etc)
Glicogênio C6H12O6
Polímero de glicose contendo
ligações glicosídicas do tipo \u3b1
(1\u21924) nas cadeias principais e
ligações \u3b1 (1\u21926) nos pontos de
ramificação, sendo principal
reserva energética nas células
animais
Quitina (C8H13O5)n
Polissacarídeo linear composto por
unidades de N-acetil-D-
glucosamina unidos através de
ligações glicosídicas do tipo \u3b2
(1\u21924), sendo principal
componente da parede celular dos
fungos e do exoesquetelo dos
ártropodes