Economia do Setor Público   Capítulo 5 Finanças Públicas, Democracia e Accountability
27 pág.

Economia do Setor Público Capítulo 5 Finanças Públicas, Democracia e Accountability


Disciplina<strong>edc</strong>3 materiais2 seguidores
Pré-visualização2 páginas
Economia do Setor PúblicoEconomia do Setor PúblicoEconomia do Setor PúblicoEconomia do Setor Público
Aula 3
Prof. Dr. Christian Velloso Kuhn
27/03/2017
PautaPautaPautaPauta
1. Revisão aula 4 
2. Finanças públicas, democracia e accountability (BIDERMAN, 2005, 
Cap. 5) 
3. Síntese da aula 
4. Questionário Capítulo 5 
5. Estudo de Caso: Lei das Estatais
1. Revisão da Aula 41. Revisão da Aula 41. Revisão da Aula 41. Revisão da Aula 4
Capítulo 5 Capítulo 5 Capítulo 5 Capítulo 5 ---- Finanças públicas,Finanças públicas,Finanças públicas,Finanças públicas,
democracia e democracia e democracia e democracia e accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Fernando Luiz Abrucio
&
Maria Rita Loureiro
BIDERMAN (2005)
IntroduçãoIntroduçãoIntroduçãoIntrodução
\u2022O capítulo examina:
\u2022 Conceitos básicos de: democracia; accountability; orçamento, 
restrição orçamentária; tribunais de conta; Comissões 
Parlamentares de Inquérito (CPI).
\u2022 Impactos da democracia e da accountability sobre as finanças 
públicas.
\u2022 Os instrumentos de accountability e a experiência brasileira.
Conceitos básicosConceitos básicosConceitos básicosConceitos básicos
Três Ideais da Democracia
1. O governo deve emanar da vontade 
popular, que se torna a principal fonte da 
soberania.
2. Prestar contas ao povo, responsabilizando-
se perante ele, pelos atos ou omissões.
3. O Estado deve ser regido por regras que 
delimitem seu campo de atuação em prol 
da defesa de direitos básicos dos cidadãos.
Conceitos básicosConceitos básicosConceitos básicosConceitos básicos Accountability
\u2022 É a responsabilização política 
ininterrupta do Poder Público 
em relação à sociedade.
\u2022 Três formas de 
accountability:
1. Processo eleitoral.
2. Controle institucional durante 
os mandatos.
3. Regras estatais 
intertemporais.
Conceitos básicosConceitos básicosConceitos básicosConceitos básicos
Accountability
\u2022 Vertical: os cidadãos controlam os 
governantes (mediante o voto em 
representantes), com formas de 
democracia semidireta (como plebiscitos) 
ou ainda pela utilização do controle social 
exemplificado pelos conselhos de usuários 
de serviços públicos.
\u2022 Horizontal: se efetiva mediante a 
fiscalização mútua entre os Poderes
(checks and balances) ou por meio de 
outras agências governamentais, tais como 
os tribunais de contas brasileiros.
Conceitos básicosConceitos básicosConceitos básicosConceitos básicos Orçamento e restrição orçamentária
\u2022 O orçamento é um instrumento através 
do qual os governantes selecionam 
prioridades, decidem como gastar os 
recursos extraídos da sociedade e 
como distribuí-los entre diferentes 
grupos sociais, conforme seu peso ou 
força política.
\u2022 A restrição orçamentária é um 
instrumento institucional que cria 
restrições ou limites efetivos de 
controle do orçamento e 
endividamento público.
Conceitos básicosConceitos básicosConceitos básicosConceitos básicos
Tribunais de Contas
\u2022 Órgãos de controle financeiro do 
Estado vinculados à própria 
estrutura estatal ou como 
auditorias independentes.
\u2022 No Brasil, tem status 
constitucional de órgão auxiliar 
do Legislativo, no exercício de 
suas funções de fiscalização do 
Executivo.
Conceitos básicosConceitos básicosConceitos básicosConceitos básicos Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI)
\u2022 Instrumento institucional de que dispõe o 
Legislativo brasileiro para fiscalizar o 
Executivo e organismos estatais.
\u2022 Podem ser formadas em qualquer uma 
das duas casas legislativas, ou por ambas 
em conjunto.
\u2022 Para sua formação, exige-se o apoio de 
pelo menos um terço dos membros da 
Câmara ou do Senado, havendo limites a 
essas atividades de investigação para 
evitar possível paralisia da função 
legislativa do Parlamento.
\u2022 A Constituição de 1988 deu poderes às 
CPIs equivalentes ao das autoridades 
judiciárias e determinou que seus 
relatórios sejam encaminhados ao 
Ministério Público para julgamento de 
responsabilidade civil ou penal dos 
envolvidos.
Democracia e Democracia e Democracia e Democracia e accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Democracia e eficiência 
econômica: o governo de 
técnicos e seus impactos na 
Accountability
\u2022 O melhor é separar as esferas 
técnica e política e deixar as 
decisões:
\u2022 para a burocracia: Keynes e 
Schumpeter.
\u2022 para ser tomadas via mecanismos 
de mercado: Buchanan e Teoria de 
Escolha Pública.
Democracia e Democracia e Democracia e Democracia e accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
A \u201cburocratização da política\u201d e 
a \u201cpolitização da burocracia\u201d
\u2022 Duas falácias:
1. Ao transferir assuntos 
técnicos à burocracia, se 
reduz ou elimina os 
controles democráticos.
2. A política democrática é um 
mero jogo eleitoral.
Democracia e Democracia e Democracia e Democracia e accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Accountability democrática
Democracia e Democracia e Democracia e Democracia e accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Accountability democrática
Democracia e Democracia e Democracia e Democracia e accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Accountability democrática
Democracia e Democracia e Democracia e Democracia e accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Accountability democrática
Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Financiamento de campanhas eleitorais
\u2022 Cresce o financiamento público das 
campanhas com exigências rigorosas de 
prestação de contas.
\u2022 Repasse de recursos privados a partidos e 
não a candidatos.
\u2022 Quatro avanços:
\u2022 Horário Eleitoral Gratuito;
\u2022 Reforço dos tribunais e das leis;
\u2022 Desde 1993 declaração detalhada dos 
gastos.
\u2022 Fim do financiamento empresarial de 
campanha eleitoral
Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Processo orçamentário e prestação de contas 
por parte do Poder Executivo
\u2022 O artigo 165 da nova Constituição indica que, 
por iniciativa do Executivo, devem se 
estabelecer o Plano Plurianual (PPA) as Leis 
de Diretrizes Orçamentárias (LDO) e as Leis 
Orçamentárias Anuais (LOA).
\u2022 Os projetos referentes ao PPA, LDO e LOA são 
apreciados em conjunto, pelas duas casas do 
Congresso Nacional, por meio de uma 
Comissão Mista de Orçamento (CMO).
Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Mecanismos de restrição orçamentária e 
accountability: a Lei de Responsabilidade Fiscal 
(LDF)
\u2022 Visa a prevenir déficits imoderados e reiterados;
\u2022 Limita a dívida pública em níveis prudentes;
\u2022 Preserva o patrimônio líquido;
\u2022 Limita o gasto público continuado; e,
\u2022 Estabelece uma administração prudente dos 
riscos fiscais e oferecer amplo acesso das 
informações sobre as contas públicas à 
sociedade.
Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Mecanismos de restrição 
orçamentária e accountability: a 
Lei de Responsabilidade Fiscal 
(LDF)
\u2022 Dois tipos de punição:
\u2022 Administrativa - limitando a ação do 
governante quando não cumprir
adequadamente as regras;
\u2022 Político-jurídica - punir no âmbito 
político, com retirada de direitos
políticos ou o próprio cargo do 
governante, procurando também 
estabelecer penas cíveis e criminais
aos que desrespeitarem a LDF.
Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de Instrumentos de accountabilityaccountabilityaccountabilityaccountability
Tribunais de Contas
\u2022 Orientações básicas:
\u2022 Controlar os recursos públicos