Comunicação e Expressão ATIVIDADE TELEAULA II
3 pág.

Comunicação e Expressão ATIVIDADE TELEAULA II

Pré-visualização1 página
Comunicação e Expressão
	Teste
	ATIVIDADE TELEAULA II
	Iniciado
	25/09/18 14:50
	Enviado
	25/09/18 14:52
	Status
	Completada
	Resultado da tentativa
	0 em 0 pontos  
	Tempo decorrido
	1 minuto
	Autoteste
	O aluno responde e o resultado do aluno não é visível ao professor.
	Resultados exibidos
	Todas as respostas, Respostas enviadas, Respostas corretas, Comentários, Perguntas respondidas incorretamente
Pergunta 1
0 em 0 pontos
	
	
	
	 
A alternativa que apresenta uma incorreção é:
	
	
	
	
	Resposta Selecionada:
e. 
A letra \u201ch\u201d sempre representa um fonema.
Respostas:
a. 
O fonema está diretamente ligado ao som da fala.
b. 
As letras são representações gráficas dos fonemas.
c. 
A palavra \u201ctosse\u201d possui quatro fonemas.
d. 
Uma única letra pode representar fonemas diferentes.
e. 
A letra \u201ch\u201d sempre representa um fonema.
Feedback da resposta:
Resposta: e)
	
	
	
Pergunta 2
0 em 0 pontos
	
	
	
	Observe a tirinha e as afirmativas a seguir.
 
João e Maria são o governo.
As migalhas são a verba para saúde e educação.
Os passarinhos que bicam as migalhas são aqueles políticos.
Há metáforas em:
	
	
	
	
	Resposta Selecionada:
e. 
I, II e III.
Respostas:
a. 
I e II, apenas.
b. 
II e III, apenas.
c. 
I e III, apenas.
d. 
II, apenas.
e. 
I, II e III.
Feedback da resposta:
Resposta: e)
	
	
	
Pergunta 3
0 em 0 pontos
	
	
	
	Quando vou a São Paulo, ando na rua ou vou ao mercado, apuro o ouvido; não espero só o sotaque geral dos nordestinos, onipresentes, mas para conferir a pronúncia de cada um; os paulistas pensam que todo nordestino fala igual; contudo as variações são mais numerosas que as notas de uma escala musical. Pernambuco, Paraíba, Rio Grande do Norte, Ceará, Piauí têm no falar de seus nativos muito mais variantes do que se imagina. E a gente se goza uns dos outros, imita o vizinho, e todo mundo ri, porque parece impossível que um praiano de beira-mar não chegue sequer perto de um sertanejo de Quixeramobim. O pessoal do Cariri, então, até se orgulha do falar deles. 
Têm uns tês doces, quase um the; já nós, ásperos sertanejos, fazemos um duro au ou eu de todos os terminais em al ou el \u2013 carnavau, Raqueu... Já os paraibanos trocam o l pelo r. José Américo só me chamava, afetuosamente, de Raquer. 
 
QUEIROZ, R. O Estado de S. Paulo. 09 mai 1998 (fragmento adaptado).
Raquel de Queiroz comenta, em seu texto, um tipo de variação linguística que se percebe no falar de pessoas de diferentes regiões. As características regionais exploradas no texto manifestam-se:
	
	
	
	
	Resposta Selecionada:
a. 
Na fonologia.
Respostas:
a. 
Na fonologia.
b. 
No uso do léxico.
c. 
No grau de formalidade.
d. 
Na organização sintática.
e. 
Na estruturação morfológica.
Feedback da resposta:
Resposta: a)
	
	
	
Pergunta 4
0 em 0 pontos
	
	
	
	Saber quais são os propósitos do texto diz respeito a que tipo de conhecimento interacional?
	
	
	
	
	Resposta Selecionada:
b. 
Ilocucional.
Respostas:
a. 
Comunicacional.
b. 
Ilocucional.
c. 
Metacomunicativo.
d. 
Superestrutural.
e. 
Linguístico.
Feedback da resposta:
Resposta: b)
	
	
	
Terça-feira, 25 de Setembro de 2018 14h52min04s BRT