Relações Étnico Raciais no Brasil I
7 pág.

Relações Étnico Raciais no Brasil I

Pré-visualização2 páginas
Pergunta 1
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	d.
as diferenças regionais apresentadas no gráfico não mostram relação com a condição social e econômica dos afrodescendentes no Brasil.
	Respostas:
	a.
a distribuição racial nas diversas regiões brasileiras se dá de maneira desigual, concentrando-se pretos e pardos nas regiões mais pobres do país.
	
	b. 
nas regiões Norte e Nordeste os brancos estão em minoria, com 23,6% e 28,8%, respectivamente.
	
	c.
a região Nordeste é a que apresenta o maior número de pretos e a região Sul o menor número de pardos em relação ao restante do país.
	
	d.
as diferenças regionais apresentadas no gráfico não mostram relação com a condição social e econômica dos afrodescendentes no Brasil.
	
	e. 
pode-se afirmar que a região Centro-Oeste é a mais próxima da média da população brasileira no quesito distribuição racial.
	Feedback da resposta:
	Resposta: d
Comentário: Existe uma relação direta entre a distribuição racial brasileira e a pobreza ou riqueza das diversas regiões do país, em uma lógica que coloca nas regiões mais pobres, Norte e Nordeste, a maior concentração de pretos e pardos e, inversamente, os brancos em maioria nas regiões mais ricas, a saber, Sul e Sudeste.
	
	
	
Pergunta 2
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	(Adaptado do Enem) Cada um dos argumentos a seguir nos mostra a perspectiva daqueles que são a favor das cotas para negros nas universidades brasileiras. Assinale a única alternativa que é discordante desta opinião.
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	b.
O acesso à universidade deve basear-se em um único critério: o de mérito. Não sendo assim, a qualidade acadêmica pode ficar ameaçada por alunos despreparados. Nesse sentido, a principal luta é a de reivindicar propostas que incluam maiores investimentos na Educação Básica.
	Respostas:
	a.
Na luta por ações afirmativas e pelo Estatuto da Igualdade Racial, defende-se muito mais do que o aumento de vagas para o trabalho e o ensino; defende-se um projeto político contra a opressão e a favor do respeito às diferenças.
	
	b.
O acesso à universidade deve basear-se em um único critério: o de mérito. Não sendo assim, a qualidade acadêmica pode ficar ameaçada por alunos despreparados. Nesse sentido, a principal luta é a de reivindicar propostas que incluam maiores investimentos na Educação Básica.
	
	c.
A cota não tira direitos, mas rediscute a distribuição dos bens escassos da nação até que a distribuição igualitária dos serviços públicos seja alcançada.
	
	d.
A utilização das expressões raça e racismo pelos que defendem o sistema de cotas está relacionada ao entendimento informal e nunca ao purismo biológico; trata-se de um conceito político aplicado ao processo social construído sobre diferenças humanas e, portanto, um construto em que grupos sociais se identificam e são identificados.
	
	e.
As universidades públicas no Brasil sempre operaram em um velado sistema de cotas para brancos afortunados, visto que a metodologia dos vestibulares acaba por beneficiar os alunos egressos das escolas particulares e dos cursinhos caros.
	Feedback da resposta:
	Resposta: b
Comentário: Para aqueles que são contra a reserva de vagas exclusivas para negros nas universidades, o argumento da meritocracia é um dos mais fortes no sentido de que os alunos brancos, por estarem mais preparados para as concorridas provas de vestibular, seriam potencialmente alunos mais competentes nas salas de aula; logo, a entrada de negros nessas vagas antes ocupadas por brancos, traria, para as universidades, uma queda nos padrões de qualidade de ensino, como se o vestibular fosse realmente a maneira mais democrática de oferecer acesso aos bancos universitários.
	
	
	
Pergunta 3
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Ao ter consciência crítica das relações étnico-raciais no Brasil e suas implicações no contexto escolar, o professor conseguirá:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
todas as alternativas estão corretas.
	Respostas:
	a. 
interpretar e compreender as formas de discriminação no cotidiano escolar.
	
	b. 
avaliar as situações de conflitos interétnicos.
	
	c. 
construir uma prática pedagógica para a promoção da igualdade racial na escola.
	
	d. 
elaborar uma prática pedagógica para a promoção da igualdade racial na comunidade.
	
	e. 
todas as alternativas estão corretas.
	Feedback da resposta:
	Resposta: e
Comentário: A disciplina Relações Étnico-Raciais no Brasil tem por objetivo formar professores com visão crítica desse universo étnico no qual está inserido seu aluno, dessa forma, o professor poderá promover práticas pedagógicas para a igualdade racial.
	
	
	
Pergunta 4
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	As afirmações a seguir apresentam definições adequadas para o termo etnia, exceto:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	e. 
agrupamento de pessoas ou de um setor da população com aspectos físicos comuns.
	Respostas:
	a.
as relações sociais entre sujeitos que consideram ter uma origem comum em contraste com grupos diferentes dentro de uma sociedade abrangente.
	
	b.
um grupo possuidor de algum grau de coerência e solidariedade, composto por pessoas conscientes, pelo menos em forma latente, de terem origens e interesses comuns.
	
	c. 
carrega conteúdos significativos, definidos pelo sujeito a partir de suas experiências subjetivas, ou seja, suas práticas cotidianas.
	
	d. 
a atribuição étnica pode ser endógena, que parte do próprio sujeito, ou exógena, quando é atribuída por outros grupos.
	
	e. 
agrupamento de pessoas ou de um setor da população com aspectos físicos comuns.
	Feedback da resposta:
	Resposta: e
Comentário: O termo etnia não diz respeito apenas a um agrupamento de pessoas ou setor da população, mas a uma agregação consciente de pessoas unidas ou proximamente relacionadas por experiências compartilhadas. Também não importam os aspectos físicos comuns, mas a origem e os interesses comuns.
	
	
	
Pergunta 5
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Com relação à abordagem do termo raça sob uma perspectiva política, podemos dizer que:
	
	
	
	
		Resposta Selecionada:
	a.
se trata do uso que a comunidade afrodescendente faz desse termo na luta por seus direitos e contra toda forma de discriminação e racismo.
	Respostas:
	a.
se trata do uso que a comunidade afrodescendente faz desse termo na luta por seus direitos e contra toda forma de discriminação e racismo.
	
	b. 
diz respeito aos aspectos físicos, à aparência exterior herdada e transmitida hereditariamente pelos grupos sociais.
	
	c. 
diz respeito às cotas separadas para os afrodescendentes a partir da aprovação do Estatuto da Igualdade Racial no Brasil.
	
	d.
segundo o que estudamos em nossa disciplina, não podemos utilizar o termo raça em hipótese alguma, pois raças humanas não existem.
	
	e. 
quando utilizamos o termo raça, estamos sendo racistas.
	Feedback da resposta:
	Resposta: a
Comentário: A abordagem política do termo raça enfatiza as circunstâncias em que tal conceito é utilizado, se positiva ou negativamente, daí o uso político do termo pelo movimento negro para definir os anseios e as lutas dos negros na sociedade brasileira.
	
	
	
Pergunta 6
0,3 em 0,3 pontos
	
	
	
	Entre as bases legais para o estudo das relações étnico-raciais na formação de professores, assim como no contexto curricular das escolas da educação básica, estão:
I. Lei 10.639/03, que inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática \u201chistória e cultura afro-brasileira\u201d.
II. Lei 11.645/08, que inclui no currículo oficial da rede de ensino a obrigatoriedade da temática \u201chistória e cultura afro-brasileira e indígena\u201d.
III. Estatuto da Criança e do Adolescente, Lei 8069/90, que determina, a exemplo da LDB 9394/96, gestão democrática nos estabelecimentos de ensino oficiais.
IV. Declaração