A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
45 pág.
Psicologia socialq

Pré-visualização | Página 1 de 14

Psicologia social 
	Maria se sentiu mal, com muitas dores abdominais e foi ao posto médico, ficando horas esperando na fila. Depois de mais de cinco horas de espera, ela foi informada que não haveria médico para atendê-la e que ela seria encaminhada em uma ambulância do próprio posto a uma outra unidade de saúde. Ela ficou muito revoltada e agrediu a recepcionista do posto. O caso foi parar na delegacia. Ao correlacionarmos Psicologia Social e os relacionamentos interpessoais na saúde, podemos afirmar que:
		
	
	Os relacionamentos interpessoais são um campo específico da Psicologia organizacional e não podem se correlacionar com a Psicologia Social.
	
	A Psicologia Social Abrange apenas a área da psicologia, envolvendo-se em pesquisas com seres humanos e suas interrelações em espaços confinados.
	
	Os relacionamentos interpessoais são de difícil compreensão para a Psicologia Social e, em função disto, a mesma não trata deste assunto.
	
	A Psicologia Social tem pouco a contribuir, principalmente em casos como o citado no enunciado da questão, pois é limitada e não abrange outras áreas.
	 
	A Psicologia Social tem muito a contribuir oferecendo recursos para melhorar a comunicação e diminuir distâncias entre a equipe de saúde e os pacientes.
	
Explicação:
A partir dos relacionamentos com os outros podemos observar uma grande variedade de fenômenos psicológicos, tais como: cooperação, altruísmo, agressão, competição. Todos estes fenômenos são objeto de estudo da Psicologia Social.
 
Rodrigues, Assmar e Jablonski afirmam:
¿Psicologia Social é o estudo científico da influência recíproca entre as pessoas (interação social) e do processo cognitivo gerado por esta interação (pensamento social)¿ (Rodrigues et al. 2000, p. 13)
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Com relação ao objeto de estudo da Psicologia Social, é ERRADO afirmar que envolva:
		
	
	As conseqüências das interações sociais.
	
	O processo cognitivo pelo qual formamos impressões sobre nós mesmos em relação ao mundo social onde vivemos e sobre o ambiente social ao qual pertencemos.
	
	O convívio e as leis gerais que dirigem o convívio entre as pessoas.
	
	A influência que a presença das pessoas ou que a mera expectativa da presença das pessoas exerce sobre o comportamento humano.
	 
	A sociedade como um todo, já que esta interfere sobre os comportamentos humanos.
	
Explicação:
A psicologia social surgiu para estabelecer uma ponte entre a psicologia e a sociologia. O seu objeto de estudo é o comportamento dos indivíduos quando estão em interação. Ela também pode ser definida como o estudo do condicionamento que os processos mentais impõem à vida social do homem, ao mesmo tempo que as diversas formas da convivência social influem na manifestação concreta dos mesmos.
	
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	A Psicologia Social, enquanto campo de conhecimento científico tem por objeto de estudo, EXCETO:
		
	
	A influência que a mera expectativa da presença das pessoas apresenta sobre os comportamentos humanos.
	 
	O mesmo objeto de estudo da Sociologia.
	
	A influência da presença das pessoas sobre a apresentação de outras pessoas.
	
	A influência recíproca entre pessoas na interação social.
	
	O processo cognitivo gerado pela interação social.
	
Explicação:
O mesmo objeto de estudo da Sociologia. Porque a Psicologia Social estuda o comportamento humano nas realçoes sociais.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	A comunicação está cada dia mais complexa e transformando a informação mais acessível. Com a mídia eletrônica, a forma tradicional se diferencia, por exemplo, do jornal impresso das redes sociais que não se limitam mais, como fonte de pesquisa e noticias. Com base nisto, uma das características da Psicologia Social é entender:
		
	
	a expectativa sobre o mundo social
	
	a maneira do individuo pensar
	 
	a influencia social
	
	a objetividade da situação
	
	a cognição social
	
Explicação:
A Psicologia Social é a ciência que estuda a forma como as pessoas se influenciam e se relacionam entre si. Cabe à Psicologia Social estudar como este convívio acontece e quais são as leis gerais que o dirigem, assim como quais são as consequências deste processo de interação social dentro de uma sociedade com uma cultura, uma história e uma economia própria. Em outras palavras, é uma ciência empírica procurando explicar o comportamento social do ser humano.
	
	
	 
	
	 5a Questão
	
	
	
	
	Um estudante de psicologia está atuando em um CRAS ¿ Centro de Referência da Assistência Social e, antes de oferecer propostas de atuação e projetos a serem desenvolvidos, deseja conhecer a comunidade em que está localizado o CRAS, estudando como se dá o convívio entre as pessoas, quais as principais necessidades, quais são as principais regras de convívio e quais são as consequências do processo de interação social dentro da comunidade. Ele está atuando conforme a:
		
	
	Psicologia Animal
	
	Psicologia Executiva
	
	Psicologia Laboratorial
	 
	Psicologia Social
	
	Psicologia Hospitalar
	
	1a Questão
	
	
	
	Ao atribuir causalidade ao comportamento observado, distinguimos entre fatores pessoais (personalidade, habilidades) e fatores ambientais (situações, pressões sociais). Estes são exemplos de fatores, respectivamente:
		
	 
	Internos e externos.
	 
	Externos e ambientais.
	
	Estáveis.
	
	Inferentes.
	
	Específicos.
	
Explicação:
fatores internos (capacidade, esforço), o que lhes suscita a reação afetiva de orgulho e satisfação; como o eventual fracasso é atribuído à falta de esforço, elas insistem na tarefa e trabalham mais, pois o esforço depende da vontade; procuram tarefas de grau intermediário de dificuldade, porque as
tarefas muito fáceis não lhes dão a sensação de orgulho experimentada em tarefas difíceis; evitam as tarefas de extrema dificuldade, pois estas não lhes permitem o controle de seu sucesso. Os estudos de Weiner e seus colaboradores também mostraram que as pessoas tendem a atribuir seus êxitos mais a fatores internos (capacidade e esforço) que a fatores externos (facilidade da tarefa e sorte).
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 2a Questão
	
	
	
	
	Maria está estudando o modo como as pessoas expressam as emoções através dos olhos, das expressões faciais e gestos. A isso denomina-se:
		
	 
	Comunicação não-verbal
	
	Comunicação antagônica
	
	Comunicação estriônica
	
	Comunicação de reparação
	
	Comunicação paralela
	
Explicação:
Estamos nos referindo à comunicação não verbal que vem desvendar como as pessoas se comunicam. As fontes de informação mais importantes aqui estão representadas pelas expressões faciais, os gestos, a li nguagem corporal e o modo de olhar.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 3a Questão
	
	
	
	
	Normalmente, prestamos enorme atenção ao que o outro fala quando interagimos. Mas, na verdade, as palavras que ouvimos não representam a totalidade do que percebemos no momento. Existe outra fonte de informação muito importante além da fala que, muitas das vezes, percebemos sem tomar plena consciência delas. De acordo com o texto acima, estamos nos referindo a:
		
	
	Comunicação verbal
	
	Atribuição de causalidade
	 
	Comportamento Social
	 
	Comunicação não verbal
	
	Estereótipo
	
Explicação:
A Comunicação não verbal, tem como base a expressão corporal.
	
	
	Gabarito Coment.
	
	 
	
	 4a Questão
	
	
	
	
	A forma como formamos impressões sobre outras pessoas e como fazemos inferências sobre elas, isto é, a percepção social,

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.