A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
5 pág.
Tabelas de Interpretação de resultados análise solo

Pré-visualização | Página 1 de 1

INTERPRETAÇÃO DOS RESULTADOS DA ANÁLISE QUÍMICA DO SOLO PARA 
CULTURAS ANUAIS 
 
Fonte: SOUSA, D. M. G. de; LOBATO, E. (Ed.). Cerrado: correção do solo e adubação 2. 
ed. Brasília, DF:Embrapa Informação Tecnológica, 2004. 416 p. 
 
(Anexo 6) 
 
Tabela 1. Interpretação dos resultados da análise da matéria orgânica em amostras de 
solos do Cerrado da camada de 0 a 20 cm. 
Textura 
Matéria Orgânica 
Baixa Média Adequada Alta 
.................................. % ................................... 
Arenosa < 0,8 0,8 a 1,0 1,1 a 1,5 > 1,5 
Média < 1,6 1,6 a 2,0 2,1 a 3,0 > 3,0 
Argilosa < 2,4 2,4 a 3,0 3,1 a 4,5 > 4,5 
Muito argilosa < 2,8 2,8 a 3,5 3,6 a 5,2 > 5,2 
OBS.: Caso na análise de solo o valor esteja expresso em carbono (C), basta multiplicar esse valor por 
1,724 para se obter o valor em matéria orgânica. 
 
Tabela 2. Interpretação dos resultados da determinação da Capacidade de troca de 
cátions (CTC) a pH 7 em amostras de solos da camada de 0 a 20 cm. 
Textura 
CTC a pH 7 
Baixa Média Adequada Alta 
................................. cmolc.dm-3 ................................... 
Arenosa < 3,2 3,2 a 4,0 4,1 a 6,0 > 6,0 
Média < 4,8 4,8 a 6,0 6,1 a 9,0 > 9,0 
Argilosa < 7,2 7,2 a 9,0 9,1 a 13,5 > 13,5 
Muito argilosa < 9,6 9,6 a 12,0 12,1 a18,0 > 18,0 
 
Tabela 3. Interpretação dos resultados da análise de Ca e Mg em amostras de solos do 
Cerrado da camada de 0 a 20 cm. 
Interpretação 
Ca Mg 
................................. cmolc.dm-3 ................................. 
Baixo < 1,5 < 0,5 
Adequado 1,5 a 7,0 0,5 a 2,0 
Alto > 7,0 > 2,0 
Obs.: As relações Ca:Mg devem estar no intervalo de 1:1 a um máximo de 10:1,respeitando-se sempre o 
teor mínimo de 0,5 cmolc.dm-3 para o Mg. 
As relações Ca:Mg podem ser interpretadas como estreita (< 2), adequada (2 a 10) e alta (> 10), 
respeitando-se sempre o teor mínimo de 0,5 cmolc.dm-3 para o Mg. 
Tabela 4. Interpretação dos resultados da análise de Ca em amostras de solos de 
Cerrado das camadas abaixo de 20 cm. 
Interpretação 
Ca 
cmolc.dm-3 
Muito baixo < 0,1 
Baixo 0,1 a 0,5 
Adequado > 0,5 
 
 
Tabela 5. Interpretação dos resultados da determinação da saturação por alumínio em 
solos do Cerrado amostrados de 0 a 20 cm camadas mais profundas. 
Interpretação Ca % 
Baixa < 20 
Alta 20 a 60 
Muito alta > 60 
 
 
Tabela 6. Interpretação da análise de solo da camada de 0 a 20 cm, para P extraído pelo 
extrator Mehlich1, de acordo com o teor de argila, para sistemas de sequeiro 
em solos do Cerrado. 
Teor de Argila 
(%) 
Teor de P no solo 
Muito 
baixo 
Baixo Médio Adequado Alto 
................................ mg.dm-3 .................................. 
≤ 15 0 a 6,0 6,0 a 12,0 12,1 a 18,0 18,1 a 25,0 > 25,0 
16 a 35 0 a 5,0 5,1 a 10,0 10,1 a 15,0 15,1 a 20,0 > 20,0 
36 a 60 0 a 3,0 3,1 a 5,0 5,1 a 8,0 8,1 a 12,0 >12,0 
> 60 0 a 2,0 2,1 a 3,0 3,1 a 4,0 4,1 a 6,0 > 6,0 
 
 
Tabela 7. Interpretação da análise de solos da camada de 0 a 20 cm, para P extraído pelo 
extrator Mehlich 1, de acordo com o teor de argila para sistemas irrigados em 
solo do Cerrado. 
Teor de Argila 
(%) 
Teor de P no solo 
Muito 
baixo 
Baixo Médio Adequado Alto 
................................ mg.dm-3 .............................. 
≤ 15 0 a 12,0 12,1 a 18,0 18,1 a 25,0 25,1 a 40,0 > 40,0 
16 a 35 0 a 10,0 10,1 a 15,0 15,1 a 20,0 20,1 a 30,0 > 30,0 
36 a 60 0 a 5,0 5,1 a 8,0 8,1 a 12,0 12,1 a 18,0 > 18,0 
> 60 0 a 3,0 3,1 a 4,0 4,1 a 6,0 6,1 a 9,0 > 9,0 
Tabela 8. Interação da análise do solo da camada de 0 a 20 cm, para P extraído pela 
resina trocador a de íons para sistemas agrícolas de sequeiro e irrigado em 
solos do Cerrado. 
Sistema 
agrícola 
Teor de P no solo 
Muito baixo Baixo Médio Adequado Alto 
............................................. mg.dm-3 .......................................... 
Sequeiro 0 a 5 6 a 8 9 a 14 15 a 20 > 20 
Irrigado 0 a 8 9 a 14 15 a 20 21 a 35 > 35 
 
 
Tabela 9. Interação da análise de solo do Cerrado, da camada de 0 a 20 cm, para pH 
H2O, pH CaCl2 e saturação por bases. 
Interpretação pH H2O pH CaCl2 
Saturação por bases 
% 
Baixo (a) ≤ 5,1 ≤ 4,4 ≤ 20 
Médio (a) 5,2 a 5,5 4,5 a 4,8 21 a 35 
Adequado (a) 5,6 a 6,3 4,9 a 5,5 36 a 60 
Alto (a) 6,4 a 6,6 5,6 a 5,8 61 a 70 
Muito alto (a) ≥ 6,7 ≥ 5,9 ≥ 71 
 
 
Tabela 10. Interação da análise de solo do Cerrado, da camada de 0 a 20 cm, a pH H2O 
6,0 para B, Cu, Mn e Zn. 
Interpretação B1 Cu2 Mn2 Zn2 
................................................... mg.dm-3 ................................................. 
Baixo < 0,2 < 0,4 < 1,9 < 1,0 
Médio 0,3 a 0,5 0,5 a 0,8 2,0 a 0,8 1,1 a 1,6 
Alto > 0,5 > 0,8 > 0,8 > 1,6 
1 Extraído com água quente; 2 Extraído com extrator Mehlich 1 
 
 
Tabela 11. Interpretação da análise de enxofre em solos do Cerrado, considerando-se a 
média aritmética dos teores nas profundidades de 0 a 20 e 20 a 40 cm. 
Interpretação 
S1 
mg.dm-3 
Baixo ≤ 4 
Médio 5 a 9 
Alto ≥ 10 
1 Extraído com Ca(H2PO4)2 0,01 mol.L-1 em água (relação solo:solução extratora de 1:2,5). 
S = (teor na camada de 0 a 20 + teor na camada de 20 a 40 cm)/2. 
 
 
 
Tabela 12. Interpretação da análise de solo do Cerrado, da camada de 0 a 20 cm, para K 
extraído pelo extrator de Mehlich 1. 
Interpretação 
Teor de K no solo 
mg.dm-3 
Solo com CTC a pH 7 menor que 4 cmolc.dm-3 
Baixo ≤ 15 
Médio 16 a 30 
Adequado 31 a 40 
Alto > 40 
Solo com CTC a pH 7 igual ou maior que 4 cmolc.dm-3 
Baixo ≤ 25 
Médio 26 a 50 
Adequado 51 a 80 
Alto > 80 
Obs.: Para expressar o teor de potássio em cmolc.dm-3 basta multiplicar o valor em mg.dm-3 por 0,00256. 
 
 
Tabela 13. Interpretação da análise de solo do Cerrado da camada de 0 a 20 cm, para K 
extraído pelo extrator de Mehlich 1, em função da saturação na CTC a pH 7. 
Interpretação 
Saturação por K na CTC a pH 7 
% 
Baixa < 1 
Média 1 a 2 
Adequada 2 a 3 
Alta > 3 
 
 
Tabela 14. Interpretação da análise de solo do Cerrado em função das relações entre o 
Ca, Mg e K. 
Interpretação Ca+Mg/K Ca/K Mg/K 
Baixa < 10 < 7 < 2 
Média 10 a 19 7 a 14 2 a 4 
Adequada 20 a 30 15 a 25 5 a 15 
Alta > 30 > 25 > 15 
Obs.: Respeitar os teores mínimos de 1,5 cmolc.dm-3 para o Ca; 0,5 cmolc.dm-3 para o Mg de 0,10 cmolc.dm-3 
para o K. 
 
Tabela 15. Relações mais frequentes entre alguns parâmetros analíticos de solos do 
Cerrado, úteis para avaliação da coerência dos resultados de análise do solo. 
Argila Matéria orgânica CTC a pH 7 
...................................... % ........................................... cmolc.dm-3 
10,0 a 15,0 0,8 a 1,5 3 a 6 
15,1 a 35,0 1,2 a 3,0 5 a 9 
35,1 a 45,0 2,4 a 4,5 7 a 13 
45,1 a 70,0 3,0 a 5,0 9 a 18 
 
 
Tabela 16. Relação entre alguns parâmetros analíticos de solos do Cerrado, úteis para 
avaliação da coerência dos resultados de análises de solo. 
Sat. por base Sat. por alumínio 
PH H2O PH CaCl2 
........................... % ............................. 
< 15 > 40 < 5,0 < 4,3 
16 a 30 15 a 40 5,0 a 5,4 4,3 a 4,7 
31 a 45 0 a 15 5,4 a 5,8 4,7 a 5,0 
46 a 60 0 5,9 a 6,3 5,1 a 5,5 
61 a 75 0 6,4 a 6,8 5,6 a 6,0

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.