Buscar

Assis Filipe Tonetto Dinat Relatório Parcial 2018 III

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 3, do total de 6 páginas

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Faça como milhares de estudantes: teste grátis o Passei Direto

Esse e outros conteúdos desbloqueados

16 milhões de materiais de várias disciplinas

Impressão de materiais

Agora você pode testar o

Passei Direto grátis

Você viu 6, do total de 6 páginas

Prévia do material em texto

ANHANGUERA EDUCACIONAL
SÃO BORJA
CURSO DE TECNOLOGIA EM LOGÍSTIVA
ASSIS FILIPE TONETTO DINAT – RA: 5904380162
PROINTER III – RELATÓRIO PARCIAL
SÃO BORJA
2018
ASSIS FILIPE TONETTO DINAT – RA: 5904380162
PROINTER III – RELATÓRIO PARCIAL
Projeto Interdisciplinar apresentado ao Curso de Tecnologia em Logística da Universidade Anhanguera como requisito parcial à obtenção de nota para aprovação da disciplina de Projeto Interdisciplinar aplicado aos cursos de Tecnologia I.
Tutora Eletrônica: Ana Claudia Tsukamoto
SÃO BORJA
2018
1 INTRODUÇÃO
	
A maneira do PPCP (Planejamento, Programação e Controle da Produção) proporciona a empresa ter mais organização na produção e na flexibilidade com os produtos, sendo assim havendo diversos tipos de planejamentos, um implementando o outro.
Empresas de logística seguem o ritmo natural do mercado e preocupam-se cada vez mais em atender bem seus clientes, sincronizando entregas com linhas de montagem, mantendo a segurança e qualidade dos produtos transportados e reduzindo seus custos para ampliar seus mercados, tendo como opções os Transportes Multimodais e Intermodais, cada uma contendo suas particularidades.
2 DESENVOLVIMENTO 
A logística é uma etapa dentro do processo de Cadeia de Suprimentos. Está relacionada com o movimento físico do produto da empresa até o cliente, preocupada com o prazo de entrega. Por esses motivos são operações conectadas e dependentes.
Basicamente, a gestão da Cadeia de Suprimentos é responsável pelos métodos e sistemas operacionais ligados ao produto, direta ou indiretamente. Por exemplo, cumpre as tarefas de compras, depósitos, inventários – da produção até a pesquisa de satisfação do cliente.
Com o PPCP, a empresa é capaz de tomar decisões para harmonizar a produção e vendas, a fim de gerenciar seu sistema produtivo com foco no atendimento das necessidades e expectativas dos consumidores, considerando os planos estabelecidos em níveis estratégicos, tático e operacional. O PPCP podem ser dividas em 4 principais tópicos:
Planejamento Estratégico da Produção: estabelece-se um plano de produção de longo prazo a partir da previsão de vendas e da disponibilidade de recursos financeiros e produtivos, buscando maximizar os resultados das operações e minimizar os riscos nas tomadas de decisão;
Planejamento-Mestre da Produção: a partir do desmembramento do plano de produção em planos mais específicos, de médio prazo, de produtos finais, estabelece-se um plano-mestre de produção, que direciona as fases de programação e execução das atividades operacionais, formalizando as decisões tomadas com relação á necessidade de produtos finais em cada período;
Programação da Produção: com base no plano-mestre da produção e nos controles de estoque, estabelece-se quando e quanto comprar e produzir no curto prazo, dimensionando as ordens de compra, montagem ou fabricação de acordo com a estratégia de administração dos estoques, de sequenciamento e de emissão e liberação das ordens;
Acompanhamento e Controle da Produção: visa garantir que o programa de produção seja executado conforme o planejado, por meio de coleta e análise de dados, a fim de identificar desvios o mais rápido possível, para que sejam tomadas medidas corretivas com foco no cumprimento do programa de produção.
A empresa implantando esse tipo de sistema de forma correta tem como foco uma eficiência maior no processo de produtividade. Estabelece níveis adequados de matérias primas, produtos em processos e acabados, acionando a gestão de estoques, para a compra das necessidades quando necessário, auxiliando no planejamento e utilização das instalações da fabrica de acordo com a demanda do mercado e a capacidade dos equipamentos. Disponibiliza matéria-prima de acordo com a programação e liberação da produção, assim diminuindo os custos tornando a empresa mais competitiva, além de melhorar sua imagem e reduzir o estoque em processo aumentando a flexibilidade, tendo então uma melhoria na qualidade e no controle de gerenciamento.
Uma das ferramentas utilizadas para isso são os sistemas multimodais e intermodais. Ambos apostam no uso de diferentes modais de transportes, utilizando-se de meios terrestres, aquáticos e aéreos ao longo de seu processo.
	Os Transportes Multimodais utilizam dois ou mais modos de transportes de bens, utilizando de um único contrato de transporte emitido por um Operador de Transporte Multimodal, que assume total responsabilidade pela origem ao destino. Nas multimodais a variedade dos meios de transporte utilizados é pouca, porem o Operador de Transporte Multimodal geralmente organiza todo o trânsito de mercadorias, inclusive mudanças de modal, em nome de um cliente com quem firmou contrato.
	Nos Transportes Intermodais a cada mudança de meio ou modal de transporte, um contrato diferente entra em vigor para acompanhar a carga, geralmente, usa-se o termo para definir operações que utilizem mais de um tipo de meio de transporte para cumprir seu trajeto até o destino.
	.
3 CONSIDERAÇÕES FINAIS
Toda empresa precisa ter planejamento para produzir de um modo eficiente e otimizado para garantir sua sustentabilidade e seu crescimento no mercado. E é esse o papel do PPCP (Planejamento, Programação e Controle da Produção), fundamental para o sucesso de qualquer empresa. Muitas empresas não colocaram em pratica esse sistema, pois muitas vezes há desordem tanto na produção quanto no estoque.
Não tendo conhecimento das maneiras que são entregues as matérias primas para a produção, às empresas ficam desorientadas quando atrasa ou quando acontecem acidentes com os produtos, assim então ficam sem saber se estão ou não com direito de reclamações.
Há dois tipos de sistemas de transportes, os Multimodais e os Intermodais, apesar dos dois sistemas serem muito parecidos, a vantagem de contratar um Sistema Multimodal é a redução de burocracia e a da sua preocupação com o transporte da carga, pois com a presença do Operador de Transporte Multimodal, há a responsabilidade total pelo transporte do inicio ao fim, ambos os conceitos passaram a existir para cobrir uma necessidade grande do mercado, já que em cada local há uma dificuldade diferente em questão de disponibilidade de transporte

Outros materiais