A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
42 pág.
Síncope

Pré-visualização | Página 4 de 4

– 1ª linha
Estes compreendem segurança sobre a natureza benigna da doença, educação em relação à conscientização e possível evitação de gatilhos e situações (por exemplo, desidratação e / ou ambientes) e o reconhecimento precoce de sintomas prodrômicos para se sentar ou deitar e ative manobras de contrapressão sem demora.
Suplementação de sal a uma dose de 120 mmol / dia de cloreto de sódio foi proposto.
Descontinuação / redução da terapia hipotensiva
Manobras físicas de contrapressão
Treinamento de inclinação
Em contraste com essas manobras físicas eficazes, o valor dos agentes farmacológicos é menos preciso.
Evitar cuidadosamente os agentes que diminuam a PA, ou seja, quaisquer agentes anti-hipertensivos, nitratos, diuréticos, antidepressivos neurolépticos, ou drogas dopaminérgicas, é fundamental na prevenção da recorrência de síncope.
Três estudos clínicos e um multicêntrico prospectivo ensaio randomizado avaliou a eficácia de manobras físicas de contrapressão (PCM) das pernas ou braços e mostraram que permitiam ao paciente evitar ou retardar a perda consciência na maioria dos casos
Em pacientes jovens altamente motivados com sintomas vasovagais recorrentes desencadeados por estresse ortostático, a prescrição de períodos progressivamente prolongados de elevação vertical postura (o chamado treinamento de inclinação) tem sido proposta para reduzir a recorrência da síncope. Enquanto alguns estudos sugeriram benefícios modestos com treinamento de inclinação ambulatorial, mais controlado ensaios relataram não signficante e ect
38
Tratamento
forma severa/recorrente
baixo fenotipo BP - prodromos - drogas hipotensivas - cardioinibiçao dominante
de baixo do prodromos ta : sim - nao ou bem curtos
Prodromo sim: manobras contra-pressao (classe 2a) - treinamelto Tilt (classe 2b)
Prodromo nao: manutençao guiada por ILR em casos selecionados (classe 1)
ILR é Gravador de loop implantável – monitor de eventos
Drogas hipotensivas: parar/reduzir drogas hipotensivas (classe 2a)
Cardioinibiçao dominante: marca-passo (classe 2a/2b)
39
Terapia farmacológica
A midodrina e a fludrocortisona são as duas medicações com melhor evidência para corrigir a hipotensão. 
Fludrocortisona 
Corticosteróide
Aumentando a reabsorção renal de sódio e expandindo o volume plasmático
Fludrocortisona não deve ser usada em pacientes com hipertensão ou insuficiência cardíaca
Etilefrina e midodrina
Alfa-agonistas
Vasoconstritor
Os betabloqueadores foram usados no passado mas ensaios clínicos recentes levaram a diretriz a contra indicá-los na síncope reflexa
Os beta-bloqueadores foram presumidos para diminuir o grau de mecanorreceptores ventriculares ativação devido ao seu efeito inotrópico negativo em reflexa síncope
Já na síncope cardiogênica, o tratamento dependerá da doença cardíaca identificada
40
Referências
BRAUNWALD’S HEART DISEASE: A TEXTBOOK OF CARDIOVASCULAR MEDICINE, 10ª ed.
Tratado de Cardiologia SOCESP– 2. ed. – Barueri, SP: Manole, 2009
2018 ESC Guidelines for the diagnosis and management of syncope
2018 ESC Guidelines para o diagnóstico e gestão da síncope | Jornal Europeu do Coração | Oxford Academic

Crie agora seu perfil grátis para visualizar sem restrições.