A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
7 pág.
Provas de Concursos e do Vestibular.docx SOCIOLOGIA

Pré-visualização | Página 2 de 5

ideia de que, no modo de produção comunista ou comunitarista primitivo, era visível a noção de propriedade privada. 
e) O modo de produção asiático foi o segundo modo de produção a surgir após dissolução do comunismo ou comunitarismo primitivo. 
9. Assinale qual das alternativas abaixo não corresponde aos grupos de referência. 
a) São aqueles cujas expectativas de comportamento os indivíduos levam em conta na condução de suas ações. 
b) Grupos de referência podem ser positivos e negativos. 
c) Grupos de referência positivos são aqueles cujas expectativas de comportamento os indivíduos buscam não atender. 
d) Muitas vezes, os indivíduos vão tomar as referências positivas ao seu comportamento em grupos aos quais não pertencem. 
e) Grupos de referência negativos são aqueles cujas expectativas de comportamento o indivíduo procura, de alguma forma, contestar. 
10. Das instituições abaixo, assinale a única resposta que contém apenas instituições da sociedade civil. 
a) Polícia, governo, administração, tribunais e escolas. 
b) Escolas, igrejas, sindicatos, partidos políticos e famílias. 
c) Sindicatos, partidos políticos, governo e igrejas. 
d) Igrejas, sindicatos, escolas, famílias e administração. 
e) Partidos políticos, igreja, família, escola e governo. 
11. Um grupo social específico, quando exposto a novas experiências históricas, pode modificar certos aspectos de sua cultura. Assinale a única alternativa abaixo que corresponde a esse processo. 
a) Parte integrante da vida social, já que a cultura é um sistema dinâmico. 
b) Decorre, necessariamente, de uma situação de imposição política imposta ao grupo. 
c) Compromete a reprodução do grupo em seus próprios termos. 
d) Descaracterização do grupo porque sua tradição não poderá ser mais mantida. 
e) Corresponde à perda de sua identidade cultural e de sua especificidade. 
12. "... é principalmente através da assimilação de valores, crenças e normas que o indivíduo pode se comportar de maneira socialmente aprovado." 
O texto acima refere-se ao conceito de: 
a) papéis sociais. 
b) normas sociais. 
c) contatos sociais. 
d) controle social. 
e) fato social. 
13. A definição de estratificação social, baseada na hierarquização do indivíduo, segundo seu nível de renda, grau de prestígio social, posse de bens materiais e nível de escolaridade, é própria da influência derivada da teoria sociológica: 
a) materialista histórica. 
b) estruturalista. 
c) do conflito. 
d) positivista. 
e) funcionalista. 
14. "... deslocamento das relações sociais de contextos locais de interação e sua reestruturação através de extensões indefinidas de tempo-espaço". Este trecho retirado do livro Consequências da Modernidade, refere-se a que ideia de Anthony Giddens? 
a) Sistemas abstratos. 
b) Desencaixe. 
c) Reações de adaptação. 
d) Realismo utópico. 
e) Fato social. 
15. "... é a denominação para cada uma das posições que o indivíduo ocupa simultaneamente". Este trecho refere-se a que tipo de status? 
a) Status atribuído. 
b) Status adquirido. 
c) Status específico. 
d) Status principal. 
e) Status geral. 
16. Hipérion: "Já chego lá, respondi. A palavra grandiosa, o uno em si mesmo diverso de Heráclito, só poderia ser encontrada por um grego, pois essa é a essência da beleza e antes de encontrá-la não havia filosofia alguma" 
(HÖLDERLIN, Friedrich. Hipérion ou o eremita na Grécia. Petrópolis: Vozes, 1994, p.99). 
Os pensadores pré-socráticos deram várias soluções ao tentarem explicar a diversidade e a transitoriedade das coisas do universo, reduzindo tudo a um ou mais princípios elementares. 
Identifique se as afirmações abaixo são (V) verdadeiras ou (F) falsas: 
I - "O ar é o princípio do movimento e de todas as mudanças", teria afirmado Anaxágoras, indicando, assim, um princípio material elementar, fundamento de toda a realidade. 
II - Segundo Heráclito, o um é múltiplo e o múltiplo é um. 
III - Conforme Parmênides, os sentidos atestam e conduzem à verdade absoluta do ser, e o discurso se move por teses e antíteses, pois essas são representações do devir. 
IV - Para Demócrito de Abdera, todo cosmo se constitui de átomos, ou seja, partículas indivisíveis e invisíveis que, movendo-se e agregando-se no vácuo, formam todas as coisas. 
V - Heráclito concebe o mundo como eterno devir, isto é, em estado de perene movimento, afinal a única coisa constante é a mudança. 
Assinale a alternativa que contém as assertivas FALSAS: 
a) I e IV. 
b) I e III. 
c) IV e V. 
d) I, II e IV. 
e) II e III. 
17. Leia o trecho a seguir: 
"E que existe o belo em si, e o bom em si, e, do mesmo modo, relativamente a todas as coisas que então postulamos como múltiplas, e, inversamente, postulamos que a cada uma corresponde uma ideia, que é única, e chamamos-lhes a sua essência." (PLATÃO. República. 8.ed. Lisboa: Calouste Gulbenkian, 1996, p.308.) 
Em relação aos pensamentos de Sócrates e Platão e suas respectivas doutrinas, identifique se as afirmações abaixo são (V) verdadeiras ou (F) falsas: 
I - No mito da caverna, Platão faz referência ao contraste parecer e ser, ou seja, aparência e realidade. O pensador também simboliza o processo de emancipação espiritual que o exercício da filosofia é capaz de realizar, libertando o indivíduo das sombras da ignorância e dos preconceitos. 
II - Para Platão, o que é "em si" e permanece sempre da mesma forma é a Ideia, o ser verdadeiro e inteligível. Eis que Platão afirma que o mundo das coisas sensíveis é o único que pode ser conhecido, na medida em que é o único ao qual o homem realmente tem acesso. 
III - As Ideias, diz Platão, estão submetidas a uma transformação contínua. Conhecê-las só é possível porque são representações mentais, sem existência objetiva. Por outro lado, Platão sustenta que há uma realidade que não nasce nem perece e que não pode ser captada pelos sentidos. 
IV - Sócrates, ao afirmar que nada sabia, queria, com isso, sinalizar a necessidade de adotar uma nova atitude diante do conhecimento. O seu método compõe-se de duas partes: a maiêutica e a ironia. Para não ser condenado à morte, Sócrates negou, diante dos juízes, os princípios professados. 
V - Platão confere às ideias uma existência real, e Sócrates procura o conhecimento indagando o homem. 
Assinale a alternativa que contém as afirmativas FALSAS: 
a) I, III e IV. 
b) III e V. 
c) II, IV e V. 
d) I e II. 
e) II, III e IV. 
18. O trecho que segue foi extraído das Confissões, de Santo Agostinho: 
"Quem nos mostrará o Bem? Ouçam a resposta: está gravada dentro de nós a luz do vosso rosto Senhor. Nós não somos a luz que ilumina a todo homem, mas somos iluminados por Vós." 
A partir dos seus conhecimentos sobre as filosofias de Santo Agostinho e Tomás de Aquino, identifique qual das afirmações abaixo está CORRETA: 
a) As cinco vias de Tomás de Aquino são argumentos diretos e evidentes da existência de Deus. Partem de afirmações gerais e racionais sobre a existência, para chegar a conclusões sobre as coisas sensíveis, particulares e verificáveis sobre o mundo natural. 
b) Os argumentos de Santo Agostinho que provam a existência de Deus denotam a influência direta que ele teve do pensamento de Aristóteles, principalmente da Metafísica. 
c) Para Santo Agostinho, a irradiação da luz divina faz com que conheçamos imediatamente as verdades eternas em Deus. Essas verdades eternas e necessárias não estão no interior do homem, porque seu intelecto é mutável e contingente. 
d) Tomás de Aquino construiu uma argumentação para provar a existência de Deus à luz das ideias de Platão e de vários fragmentos da Bíblia. 
e) Para Santo Agostinho, a irradiação da luz divina atua imediatamente sobre o intelecto humano, deixando-o ativo para o conhecimento das verdades eternas. Essas verdades, necessárias e imutáveis, estão no interior do homem. 
19. Durante a Idade Média, a questão dos universais foi um dos grandes problemas debatidos pelos filósofos da época. Realismo, conceitualismo e nominalismo foram as soluções