A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
21 pág.
Aula 6

Pré-visualização | Página 6 de 7

c) A eliminação de ácaros ocorre mediante 
processo exotérmico. 
d) Massas iguais de vapor de água, a 
100ºC e a 120ºC, contêm as mesmas 
quantidades de energia. 
e) O valor absoluto do calor molar de 
vaporização da água líquida é igual ao 
valor absoluto do calor molar de liquefação 
da água, nas mesmas condições. 
 
2. Numa sauna a vapor, o calor envolvido 
na condensação do vapor d’água é, em 
parte, responsável pelo aquecimento da 
superfície da pele das pessoas que estão 
em seu interior, de acordo com o diagrama 
abaixo: 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
 
- 18 - 
De acordo com as informações fornecidas, 
o que ocorrerá na transformação de 1 mol 
de água vaporizada em 1 mol de água 
líquida? 
a) liberação de 44 kJ; 
b) absorção de 44 kJ; 
c) liberação de 527,6 kJ; 
d) absorção de 527,6 kJ; 
e) nenhuma das respostas anteriores. 
 
3. Considere a reação de fotossíntese e a 
reação de combustão da glicose, 
representadas a seguir: 
6CO2(g) + 6H2O(l) → C6H12O6(s) + 6O2(g) 
C6H12O6(s) + 6O2(g) → 6CO2(g) + 6H2O(l) 
Sabendo que a energia envolvida na 
combustão de 1mol de glicose é de 2,8 . 
106 J, ao sintetizar 0,5mol de glicose, a 
planta: 
a) libera 1,4 . 106 J d) absorve 2,8 . 106 J 
b) libera 2,8 . 106 J e) absorve 5,6 . 106 J 
c) absorve 1,4 . 106 J 
 
4. A fabricação do diamante pode ser feita 
comprimindo grafita a uma temperatura 
elevada empregando catalisadores 
metálicos como tântalo e cobalto. 
Analisando os dados obtidos 
experimentalmente em calorímetros: 
C(grafite) + O2(g) → CO2(g) ΔH = -393,5KJ/mol 
C(diamante) + O2(g) → CO2(g) ΔH = -
395,6KJ/mol 
a) A formação de CO2 é sempre 
endotérmica. 
b) A conversão da forma grafita na forma 
diamante é exotérmica. 
c) A forma alotrópica estável do carbono 
nas condições da experiência é a grafita. 
d) A variação de entalpia da transformação 
do carbono grafita em carbono diamante 
nas condições da experiência é ΔH = 
2,1KJ/mol. 
e) A forma alotrópica grafita é o agente 
oxidante e o diamante é o agente redutor 
das reações de combustão. 
 
5. O peróxido de hidrogênio (H2O2) é um 
composto de uso comum devido a suas 
propriedades alvejantes e antissépticas. 
Esse composto, cuja solução aquosa e 
conhecida no comercio como “água 
oxigenada”, e preparado por um processo 
cuja equação global é: 
H2(g) + O2(g) H2O2(l) 
 
Considere os valores de entalpias 
fornecidos para as seguintes reações: 
 
H2O(l) + ½ O2(g) H2O2(l) 
ΔH° = +98,0 kJ.mol-1 
 
H2(g) + ½ O2(g) H2O2(l) 
ΔH° = -572,0 kJ.mol-1 
 
O valor da entalpia padrão de formação do 
peróxido de hidrogênio líquido e: 
a) - 474 kJ mol-1 c) - 188 kJ mol-1 
b) - 376 kJ mol-1 d) + 188 kJ mol-1 
 
6. O carbeto de tungstênio, WC, é uma 
substância muito dura e, por esta razão, é 
utilizada na fabricação de vários tipos de 
ferramentas. A variação de entalpia da 
reação de formação do carbeto de 
tungstênio a partir dos elementos Cgrafite e 
W(s) é difícil de ser medida diretamente, 
pois a reação ocorre a 1.400ºC. No 
entanto, pode-se medir com facilidade os 
calores de combustão dos elementos 
Cgrafite, W(s) e do carbeto de tungstênio, 
WC(s): 
 
2W(s) + 3O2(g) → 2WO3(s) ΔH = –1.680,6 kJ 
Cgrafite + O2(g) → CO2(g) ΔH = –393,5 kJ 
2WC(s) + 5O2(g)→2CO2(g)+2WO3(s) ΔH = –
2.391,6 kJ 
 
Pode-se, então, calcular o valor da 
entalpia da reação abaixo e concluir se a 
mesma é endotérmica ou exotérmica: 
W(s) + Cgrafite → WC(s) ΔH = ? 
A qual alternativa correspondem o valor de 
ΔH e o tipo de reação? 
 
 
 
7. O fosgênio (COCl2) ou diclorometanona 
é um gás tóxico que foi utilizado na 
 
- 19 - 
Primeira Guerra Mundial como arma 
química do tipo sufocante. 
Utilizando os dados a seguir, calcule o ΔH 
de formação do gás fosgênio, em kJ/mol, e 
assinale a alternativa CORRETA. 
 
 
a) -1004 c) – 409 e) +1891 
b) +1004 d) - 1891 
 
8. Com base nos dados da tabela: 
 
 
 
pode-se estimar que o ΔH da reação 
representada por: 
 
H2 (g) + Cl2 (g) → 2HCl (g), dado 
 
em kJ por mol de HCl(g), é igual a: 
a) –92,5 c) –247 e) +92,5 
b) –185 d) +185 
 
9. Uma das etapas envolvidas na 
produção do álcool combustível é a 
fermentação. A equação que apresenta 
esta transformação é: 
 
 enzima 
C6H12O6 → 2 C2H5OH + 2 CO2 
 
Conhecendo-se os calores de formação da 
glicose, do gás carbônico e do álcool, 
respectivamente, –302, –94 e –66 
kcal/mol, podese afirmar que a 
fermentação ocorre com: 
a) liberação de 18 kcal/mol; 
b) absorção de 18 kcal/mol; 
c) liberação de 142 kcal/mol; 
d) absorção de 142 kcal/mol; 
e) variação energética nula 
 
10. Como é possível notar através de uma 
análise do gráfico, o cristal de KCl tem 
energia mais baixa do que os átomos 
isolados de potássio, K(g) e cloro, Cl(g), e 
mesmo em relação às substâncias 
simples, gás cloro, Cl2(g) e potássio 
metálico, K(s). Observando os valores das 
variações de entalpia de cada etapa do 
ciclo, ΔH, marque a opção que apresenta 
o valor CORRETO para o ΔH 
correspondente à formação do KCl(s). 
 
a) -717 kJ mol-1 d) +280 kJ mol-1 
b) -349 kJ mol-1 e) -177 kJ mol-1 
c) -437 kJ mol-1 
 
11. Muitos especialistas em energia 
acreditam que os alcoóis vão crescer em 
importância em um futuro próximo. 
Realmente, alcoóis como metanol e etanol 
têm encontrado alguns nichos para uso 
doméstico como combustível há muitas 
décadas e, recentemente, vêm obtendo 
uma aceitação cada vez maior como 
aditivos, ou mesmo como substitutos para 
gasolina em veículos. Algumas das 
propriedades físicas desses combustíveis 
são mostradas no quadro seguinte. 
 
 
- 20 - 
 
 
Dados : Massa molares em g/mol: H = 1,0; 
C =12,0; O = 16,0. 
Considere que, em pequenos volumes, o 
custo de produção de ambos os alcoóis 
seja o mesmo. Dessa forma, do ponto de 
vista econômico, é mais vantajoso utilizar: 
a) metanol, pois sua combustão completa 
fornece aproximadamente 22,7 kJ de 
energia por litro de combustível queimado. 
b) etanol, pois sua combustão completa 
fornece aproximadamente 29,7 kJ de 
energia por litro de combustível queimado. 
c) metanol, pois sua combustão completa 
fornece aproximadamente 17,9 MJ de 
energia por litro de combustível queimado. 
d) etanol, pois sua combustão completa 
fornece aproximadamente 23,5 MJ de 
energia por litro de combustível queimado. 
e) etanol, pois sua combustão completa 
fornece aproximadamente 33,7 MJ de 
energia por litro de combustível queimado. 
 
12. O processo de aquecimento baseado 
em energia solar consiste na utilização de 
um produto denominado sal de Glauber, 
representado por Na2SO4 . 10H2O, que se 
transforma segundo as equações abaixo: 
 
 
 
Considere, na equação relativa à noite, 
que o calor liberado seja de 20 kcal/mol de 
Na2SO4.10H2O, para um rendimento 
hipotético de 100% da reação. 
Para aquecer uma casa cujo consumo é 
de 10.000 kcal durante uma noite, a massa 
de sal de Glauber que deverá ser utilizada, 
em kg, corresponde a: 
a) 161 
b) 101 
c) 71 
d) 51 
 
13. Uma solução de ácido clorídrico pode 
ser neutralizada utilizando-se hidróxido de 
sódio. A partir da tabela de ΔH de 
formação, calcule a variação de entalpia 
dessa reação de neutralização. 
 
 
 
14. (PISM II) A equação química a seguir 
representa a formação de enxofre a partir 
de gases vulcânicos. 
a) Escreva a equação química balanceada 
que representa a reação entre o SO2 e a 
água bem como o nome da substância 
formada. 
b) Sabendo-se que o ΔHformação das 
espécies envolvidas nessa reação são -
296,8 kJ/mol para o SO2(g), -20,60 kJ/mol 
para o H2S(g), -285,8 kJ/mol 
para H2O(l) e 0,00 kJ/mol para o S(s), 
calcule o valor do ΔH da reação de 
formação do enxofre a 25°C. 
c) Com o valor de ΔH obtido 
anteriormente,