A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
46 pág.
Seminário   Litosfera I

Pré-visualização | Página 2 de 3

sua 
finalidade, ou seja, em qual praga será utilizado, 
quanto a origem e de acordo com sua estrutura 
química. 
 
Pesticidas: Origem 
 
 Podem ser originados de compostos orgânicos ou 
inorgânicos 
 Origem orgânica: 
Sintéticos: São produtos à base de carbamatos 
(nitrogenados), clorados, fosforados, e clorofosforados e 
constituem a maior classe de pesticidas utilizados, com 
a maior atividade fisiológica. 
Natural: À base de nicotina, piretrina, sabadina e 
rotenona. 
 
Pesticidas: Origem 
 
 Podem ser originados de compostos orgânicos ou 
inorgânicos 
 Origem inorgânica: 
Os pesticidas inorgânicos e organometálicos são 
constituídos à base de arsênio, tálio, bário, nitrogênio, 
fósforo, cádmio, ferro, selênio, chumbo, cobre, mercúrio 
e zinco. 
Pesticidas: Classificação em finalidade 
 Quadro 1 – Pesticidas e seus alvos 
Tipo de pesticida Organismo alvo 
Acaricida Ácaros 
Algicida Algas 
Bactericida Bactérias 
Desinfectante Micro-organismos 
Fungicida Fungos 
Herbicida Plantas 
Inseticida Insetos 
Larvicida Larvas de insetos 
Moluscicida Caracóis, lesmas 
Nematicida Nematoides 
BAIRD; CANN, 2011, p. 438. 
Pesticidas: Classificação em estrutura 
química 
 
Podem ser: 
 Organoclorados (possuem Cl na estrutura); 
 Organofosforados (derivados do ácido fosfórico, 
tiofosfórico ou ditiofosfórico); 
 Carbamatos (derivados ácido carbâmico); 
 Triazinas; 
 Piretróides; 
 Cloroacetamidas. 
 
Pesticidas: Motivação para uso 
 
 Controle de doenças transmitidas por insetos ou 
roedores, como malária e febre amarela; 
 Prevenção de insetos que atacam as culturas de 
alimentos durante o crescimento, colheita e 
estocagem; 
 Presença incomoda de insetos no cotidiano. 
Fonte: Inseticidas. Disponível em: <http://
www.freedom.inf.br/revista/hc60/imagens
/sazonal_household/saz_hh_1.jpg>. 
Fonte: Inseticidas. Disponível em: <http://media.to
cadoverde.com.br/media/catalog/product/cache/1
/small_image/280x/9df78eab33525d08d6e5fb8d27
136e95/f/i/file_24.png>. 
Fonte: Pesticidas. Disponível em: <https://www.infoescola.com/wp
-content/uploads/2011/09/pesticida.jpg>. 
Pesticidas 
 
 Atualmente, existem mais de 600 tipos de pesticidas 
utilizados mundialmente na agricultura, sendo os 
herbicidas, os mais empregados em larga escala. 
 Na América do Norte os mais utilizados são os 
fungicidas, herbicidas e inseticidas, envolvendo 
metade do uso de pesticidas na agricultura. 
 Mundialmente ambos alcançam 85 %. 
 
 
Herbicidas 
 
 
 
 Conceito: São compostos químicos que destroem 
plantas. 
 Principais herbicidas: triazinas, piretróides, cloroacet
amidas, glicosato e fenóxi. 
 Pode ocasionar a erradicação de plantas quando 
muito concentradas. 
 Exemplo: Atrazina (triazina) 
 
 
 
Fonte: Atrazina. Disponível em: <http://digilander.libero.it/Imprinted_Polymers/molecole/atrazina.jpg>. 
Principais Problemas Causados por 
Pesticidas 
 
 Contaminação do Solo 
 Efeitos: 
• Afetam as suas propriedades físico-químicas, 
tornando-o infértil e contaminando-o. 
• Absorção pelas raízes das plantas; 
• Matando, inclusive, microrganismos que interagem 
com as raízes e colaboram com o crescimento das 
mesmas. 
Principais Problemas Causados por 
Pesticidas 
 
 Contaminação do Ambiente Aquático 
 Efeitos: 
• Morte de plantas sensíveis aos herbicidas; 
• Bioacumulação. 
 
 Contaminação de Alimentos 
 Efeitos: 
• Intoxicação por concentrações elevadas; 
• Bioacumulação. 
Principais Problemas Causados por 
Pesticidas 
 
 Saúde Humana 
 Efeitos: 
• Intoxicação por concentrações elevadas; 
• Bioacumulação; 
• Mutações gênicas; 
• Aberrações cromossômicas; 
• Câncer; 
• Doenças mentais; 
• Disfunções na reprodutividade humana. 
Biocumulação 
 
 Conceito: acúmulo de um ou mais elementos-traço 
nos tecidos de um organismo, como resultado do 
consumo de todas as rotas ou fontes disponíveis de 
alimento. 
 Dividida em: Bioconcentração e Biomagnificação. 
 Bioconcentração: acúmulo gradual de substâncias 
químicas nos tecidos dos organismos vivos ao longo 
do tempo. 
 Biomagnificação: resultando de uma sequência de 
bioacumulação que aumenta significativamente ao 
longo de uma cadeia alimentar. 
Recuperação de solos contaminados 
Estudo de Caso 
Caso de Santo Amaro da Purificação 
 No recôncavo baiano, cerca de 70 quilômetros da 
capital Salvador, está localizada a pacata cidade de 
Santo Amaro da Purificação, que nos anos 60 serviu 
como base de operação para uma empresa 
francesa de produção de lingotes de chumbo, a 
Penarroya Oxydes. 
 A Penarroya Oxydes operou na aquela região por 33 
anos, até seu fechamento em 1993, produzindo 
cerca de 900 mil toneladas de barras de chumbo, 
cujo o material residual dessa produção foi 
descartado de maneira inadequada, contaminando o 
solo e arredores da região onde se localizava a f
abrica. 
Caso de Santo Amaro da Purificação 
 Ocorreu também a contaminação da população por 
chumbo, sendo parte dos contaminados ex- 
-funcionários da empresa, que eram expostos ao 
material sem qualquer tipo de proteção, que deveria 
ser fornecida por parte da Penarroya Oxides, 
enquanto a outra parcela da comunidade de Santo 
Amaro da Purificação, foi contaminada pelo fato de 
que parte dos resíduos da produção de chumbo, 
foram utilizados na pavimentação das ruas da cidade 
 Vale ressaltar que a contaminação por chumbo pode 
causar alteração do sistema nervoso, mal funcionam
ento dos rins, provoca anemia, impotência e até 
perda de memória. 
 
 
Fonte: Instalações da Cobrac. Foto Leopoldo Silva. Disponível em: <https://www12.senado.leg.br
/noticias/materias/2011/05/26/contaminacao-de-santo-amaro-muito-estudo-pouca-acao>. 
Fonte: Praça da Purificação, Santo Amaro da Purificação, BA (Foto: Laís Lima / Portal a Ponte). Disponível em: <
http://noblat.oglobo.globo.com/artigos/noticia/2016/07/lava-jato-e-santo-amaro-da-purificacao.html>. 
Fonte:: Disponível em: <http://g1.globo.com/bahia/noticia/2014/04/mineradora-e-condenada-por-contaminacao-de-santo-amaro.html>. 
Solução para o caso de Santo Amaro 
 Ao tratar de revitalização de solos contaminados por 
chumbo, dois processo ganham destaque, pelo seu 
baixo custo, eficiência e praticidade, são eles a Fitor- 
remediação e Vermicompostagem. 
 A fitorremediação consiste em plantar nas áreas 
afetadas espécies hiperacumuladoras que são 
altamente especializadas em acumular ou tolerar 
concentrações elevadas de metais no solo, as raízes 
dessas plantas são profundas e densas, o que 
permite uma absorção de 88 % de chumbo presente 
em uma concentração 400 ɱmol.Lˉ¹ no solo. 
Solução para o caso de Santo Amaro 
 A vermicompostagem consiste no uso húmus e 
minhocas para retirar do solo os metais pesados, 
além de impedir processos como a lixiviação em que 
a chuva carrega para substancias para o lençol 
freático. De acordo com o pesquisador Leandro 
Antunes Mendes do Instituto de Química de São 
Carlos (IQSC), uma composição de 25% húmus e 
minhocas foi capaz de revitalizar completamente um 
solo com 75 % de presença de chumbo. 
Referências bibliográficas 
• BAIRD, C.; CANN, M. Química ambiental. 4. Ed. Porto Alegre: Bookman, 2011. 
• BARBOSA, V. 4 casos trágicos de contaminação de solo. 2011. Disponível em: <https://exame.abri
l. com.br/mundo/4-casos-chocantes-de-contaminacao-de-solo-no-pais/>.