A maior rede de estudos do Brasil

Grátis
15 pág.
Fundamentos e Metodologia da Educação de Jovens e Adultos

Pré-visualização | Página 6 de 7

adultos, orientados pela proposta de Paulo Freire, por todo Brasil. Contando, em grande parte, com educadores populares, a preparação do plano, com forte engajamento de estudantes, sindicatos e diversos grupos estimulados pela efervescência política da época, foi interrompida, alguns meses depois, pelo Golpe Militar. Partindo desse pressuposto, analise as asserções que referenciam esse momento histórico. A resposta correta é: I
	
Parte superior do formulário
Questão 10
Na tentativa de reduzir as taxas de analfabetismo foi lançado, no ano 2000, o Programa Brasil Alfabetizado, organizado em edições anuais, cada uma com duração de aproximadamente sete meses. Os educadores são contratados por meio do sistema de bolsas e não mantêm vínculos empregatícios. Em grande parte, as pessoas contratadas são educadores populares e não professores. Por quê? A resposta correta é: Porque não é exigida uma formação específica para atuar no programa. Questão 2 Na primeira Constituição Brasileira (1824) encontramos registros sobre a instrução primária gratuita para todos os cidadãos; no entanto, sabe-se que, durante um longo período da história do Brasil, essa educação foi destinada somente às elites, uma pequena parcela da população. Qual foi a principal consequência disso? A resposta correta é: Pouco a pouco, foi aumentando o percentual de pessoas não alfabetizadas..
 
Parte superior do formulário
Parte superior do formulário
Questão 8
Na primeira Constituição Brasileira (1824) encontramos registros sobre a instrução primária gratuita para todos os cidadãos; no entanto, sabe-se que, durante um longo período da história do Brasil, essa educação foi destinada somente às elites, uma pequena parcela da população. Fazendo uma análise do contexto social, político e educacional da época, conclui-se que a educação não chegava a todos os rincões e a todas as classes. Em consequência disso, assinale a alternativa que corresponde à forma como a educação brasileira se desenrolou:
A Revolução de 1930 deu início ao processo de reformulação da função do setor público no Brasil, quando então a sociedade brasileira passou por grandes transformações decorrentes do processo de industrialização, alterando maneiras de viver e de aprender devido a essa nova forma de sociedade contemporânea. Não houve aumento de alfabetização como se poderia supor, ao contrário, o acesso não foi facilitado e, ao precisar entrar no mercado de trabalho industrial, a escola ficou em segundo plano, desde os operários até o Poder Público, que em última análise é quem deveria ofertar e estimular o acesso.
A resposta correta é: Foi aumentando o percentual de pessoas não alfabetizadas. De acordo com o censo do ano de 1920, havia um índice de 72% da população, com idade acima de cinco anos, que nunca havia ido à escola..
Questão 9
Na tentativa de reduzir as taxas de analfabetismo, foi lançado no ano 2000, o Programa Brasil Alfabetizado, organizado em edições anuais, cada uma com duração de aproximadamente sete meses. Os educadores são contratados por meio do sistema de bolsas e não mantêm vínculos empregatícios. Em grande parte, as pessoas contratadas são educadores populares e não professores, pois não é exigida uma formação específica para atuar no Programa. Com base na 
Na tentativa de reduzir as taxas de analfabetismo, foi lançado, no ano 2000, o Programa Brasil Alfabetizado, organizado em edições anuais, cada uma com duração de aproximadamente sete meses. Os educadores são contratados por meio do sistema de bolsas e não mantêm vínculos empregatícios. Em grande parte, as pessoas contratadas são educadores populares e não professores, pois não é exigida uma formação específica para atuar no Programa. A gestão do Programa Brasil Alfabetizado é descentralizada, cada instituição parceira é responsável pela gestão de recursos, bem como pela seleção e acompanhamento dos educadores, que, por sua vez, são responsáveis pela composição das turmas. Contudo, há a necessidade de prestação de contas, e os dados do Programa são acompanhados pelo MEC através de um “mapa do analfabetismo”, em que os dados cadastrais de alfabetizandos, educadores e dos locais de alfabetização são compilados em um sistema eletrônico aberto para consulta dos parceiros e da comunidade.
A resposta correta é: I, II e IV são corretas..
Parte superior do formulário
Questão 10
No que se refere ao perfil dos educandos da EJA, (FREIRE, 1996) diz que “Ensinar não é transferir conhecimento, mas criar as possibilidades para sua produção e construção.” Com essa fala, Freire nos leva a refletir sobre as ações que contribuem para que a aprendizagem de fato ocorra. Daí a importância de que os aspectos pedagógicos utilizados na EJA considerem, além das questões estruturais e de organização, o perfil socioeconômico dos educandos e assegurem as devidas inter-relações entre as teorias e os aspectos didático-metodológicos do processo de Educação de Jovens e Adultos. Para compreender o perfil dos educandos da EJA, faz-se necessário:A resposta correta é: Fazer uma retrospectiva histórica do Brasil e contextualizar por que essas pessoas não tiveram acesso à escolarização. Requer, também, conhecer suas histórias de vida e culturas, entendendo-os como sujeitos que possuem diferentes experiências de vida e que não tiveram acesso à escola devido a diversos fatores de ordem econômica, social, política, geográfica e cultural..
Questão 3
No Brasil, a primeira Campanha de Educação de Adultos, inspirada nos princípios do método Laubach, consistiu em um processo que contemplava desde a alfabetização intensiva, com duração de três meses, passando pelo curso primário, que era dividido em dois períodos de sete meses, e culminando na etapa final, denominada ação em profundidade, voltada à capacitação profissional e ao desenvolvimento comunitário. Em um curto período de tempo, foram criadas várias escolas supletivas, mobilizando esforços das esferas administrativas e de diversos profissionais e voluntários. Além disso, foi criado, pela primeira vez, um material didático específico para o ensino da leitura e da escrita para os adultos lançando o primeiro guia de leitura. Nesse sentido é correto afirmar que:
O Primeiro guia de leitura, distribuído pelo ministério em larga escala para as escolas supletivas do país, orientava o ensino pelo método silábico. Consistia no uso de uma cartilha padronizada, com lições de ênfase na organização fonética das palavras. As lições partiam de palavras-chave selecionadas e organizadas segundo as características fonéticas. A função dessas palavras era remeter aos padrões silábicos, como foco de estudo. As sílabas deveriam ser memorizadas e remontadas para formar outras palavras. As primeiras lições também continham pequenas frases montadas com as mesmas sílabas. Nas lições finais, as frases compunham pequenos textos contendo orientações sobre preservação da saúde, técnicas simples de trabalho e mensagens de moral e civismo (RIBEIRO, 1997, p. 29). A educação de adultos desenvolveu-se a partir de atividades de alfabetização, que forneciam, além dos códigos linguísticos, os valores culturais que permitiam a participação social, pois essa alfabetização era orientada para integrar os adultos iletrados ao meio em que viviam, ensinando-lhes, fundamentalmente, a leitura, a escrita e o cálculo matemático. O educador, em grande parte, era leigo, e o ensino resumia-se nas orientações da cartilha.
A resposta correta é: III,IV..
Questão 7
No Brasil, a primeira Campanha de Educação de Adultos, inspirada nos princípios